Menu

Secretaria de produção do Acre realiza Primeira Feira da Banana de Tarauacá

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Com o objetivo de proporcionar aos produtores familiares da região de Tarauacá conhecimento sobre o manejo da banana e incentivar a ampliação do mercado para a fruta, a Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) realiza no dia 24 a Primeira Feira da Banana de Tarauacá.


A feira, que terá programação e será montada na frente do Mercado Municipal de Tarauacá, é resultado da parceria entre a Seaprof, instituições financeiras, Fetacre, Embrapa, Caet e associações de produtores.


O evento será aberto com um café da manhã com pratos a base de banana. Haverá também premiação para o produtor que apresentar o maior cacho de banana e palestras proferidas por pesquisadores da Embrapa, técnicos da Fetacre e da Ceasa .

Publicidade

A Embrapa estará oferecendo treinamento sobre melhorias no cultivo da banana e prevenção de pragas. Agentes financeiros também estarão oferecendo atendimento aos produtores sobre linhas de crédito. Encerrando o evento, a Seaprof, em parceria com a Cooperativa de Produtores Rurais de Tarauacá e Ceasa, estará efetuando a compra de 30 toneladas de banana.


Segundo o secretário da Seaprof, Lourival Marques, a abertura da BR-364 possibilitou a ampliação do mercado para a venda da banana do município. “A primeira Feira da Banana não somente irá proporcionar ao produtor maior conhecimento sobre o manejo na produção de banana, como também, através de um ciclo de organização, envolvendo a Seaprof, Fetacre, Embrapa, associações de produtores, cooperativas,  Ceasa de Rio Branco, parceiros da produção, a abertura de mercado para o produto, por um preço justo, e isto, incentivará o plantio. Hoje Tarauacá já fornece cerca de 40 toneladas de bananas para a Ceasa de Rio Branco”, afirmou.


O secretário da Seaprof, Lourival Marques que irá abrir o evento afirma que Tarauacá tem contribuindo muito para o aumento da produção de banana no Estado,  lembrando que o solo é propício para a prática dessa cultura e que o município produz todas as variedades da fruta.


Vanessa Alves (Assessoria Seaprof)


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido