Conecte-se agora

Gilberto Diniz apresenta requerimento para criação da CPI do Proacre

Ray Melo,
da redação de ac24horas
raymelo.ac@gmail.com

O pedido para criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar o desvio de recursos do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Estado do Acre (Proacre), foi apresentado na manhã desta quinta-feira, 15, pelo deputado de oposição, Gilberto Diniz (PTdoB), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

Segundo o parlamentar, a CPI seria para dar continuidade ao trabalho realizado pela Polícia Civil, que teria investigado apenas dois municípios, deixando outros 20, fora do inquérito que constatou o desvio de R$ 1,2 milhão. “Estas provas são mais difíceis de adquirir porque as pessoas têm medo de falar”, disse Gilberto Diniz.

Em seu pronunciamento, o oposicionista destacou que “por trás de tudo isso tem muita gente grande que está se escondendo, mas acredito que o povo acreano é favorável a esta CPI, de um programa que desviou tanto dinheiro público. Isso é um assunto grave. Já está na hora de instaurar esta CPI. A polícia Civil não está mais avançando”, acrescenta.

O deputado quer esclarecimentos de onde o dinheiro do Proacre foi investido e quais os gargalos na distribuição da verba nos 22 municípios do Estado. “Precisamos saber para onde foram os recursos e onde foram aplicados ou mesmo se foram levados pelo ex-governador Binho Marques. Está na hora de fazermos alguma coisa”, justifica Gilberto Diniz.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Acre tem uma morte e 13 novos casos de Covid-19 neste sábado

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre),  registrou 13 casos de infecção por coronavírus neste sábado, 31, sendo 12 confirmados por exames RT-PCR e 1 por critério epidemiológico, fazendo com que o número de infectados salte para 87.141 nas últimas 24 horas.

Uma notificação de óbito foi registrada neste sábado, 31 de julho, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.799 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 238.891 notificações de contaminação pela doença, sendo que 151.708 casos foram descartados e 42 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 83.218 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 31 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

 

Continuar lendo

Acre

Acre evolui, mas segue entre os piores em liberdade econômica

Publicado

em

O Acre segue entre os piores Estados no Índice Mackenzie de Liberdade Econômica Estadual, elaborado pelo Centro Mackenzie de Liberdade Econômica. A economia acreana é a 22ª no ranking, recebendo nota 7,15 e ganhando apenas do Amazonas, Rio Grande do Sul, Piauí e Maranhão.

O IMLEE é produzindo baseando-se em metodologia do Fraser Institute do Canadá. As bases de dados se referem ao ano de 2018.

Vale observar que apesar de manter-se entre os piores há alguns anos, o Acre tem crescido em sua avaliação, saindo de nota 4,29 em 2015 para a atual 7,15. A evolução em termos percentuais é de 26,6%.

Roraima figura em 1º lugar no indicador, com 8,92, e São Paulo com 8,45 pontos. O índice varia de zero (menos liberdade) a dez (mais liberdade) e é uma medida relativa de desempenho dos estados. Apesar de citar o distrito federal na apresentação do estudo, não há a nota da capital do Brasil na avaliação.

Dos três grandes eixos avaliadores, o Acre se sai muito mal em ´Regulamentação e liberdade nos mercados estaduais de trabalho´.

No relatório de 2020 (dados de 2018), o estado de São Paulo continua figurando como um dos que detém maior liberdade econômica, juntamente com Espírito Santo, Pará, Roraima e Rondônia. É interessante notar que o estado com melhor posicionamento no ranking, Roraima, atingiu nota 8,92 – ou seja, bastante elevada em termos da série histórica.

Continuar lendo

Acre

Médica relata ameaças de morte após demissão de vigilantes

Publicado

em

O Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) recebeu dezenas de queixas sobre a falta de segurança no local, devido a falta de pagamento do governo para a empresa Protege, que resultou em uma série de demissões de vigilantes. O caso foi divulgado neste sábado, 31.

Um dos casos foi revelado por uma médica, que não quis se identificar, e que atua na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sobral. Segundo ela, houve ameaça contra a vida. “Fui ameaçada de morte mais de uma vez, aqui, na emergência. Tenho medo de um dia levar um tiro”, desabafou.

De acordo com o sindicato dos médicos, o caso pode acarretar em responsabilização de gestores que ignorarem os relatos. A direção já tomou algumas providências, que serão cobradas da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), em busca da resolução do problema de forma imediata.

“Há anos, o Sindicato vem cobrando melhorias, com uma quantidade maior de seguranças e até a abertura de postos fixos para policiais militares, mas o governo vem ignorando”, alertou o presidente do Sindmed-AC, Guilherme Pulici.

Ítalo Maia, diretor sindical, ressaltou que os relatos geram muita preocupação e representam a possibilidade de existir mortes, como a ocorrida em Sena Madureira, em 2014. “O governo atuará depois que existir alguma morte? Pacientes, acompanhantes e servidores são vítimas de furtos, assaltos, ameaças e agressões, mas o poder público não apresenta resolução”, declarou.

Continuar lendo

Acre

Nicolau Júnior destaca parceria no aniversário de Rodrigues Alves

Publicado

em

Apesar do aniversário de 29 anos de Rodrigues Alves, localizado no Vale do Juruá, ter acontecido na quarta-feira, o ponto alto da celebração foi nesta sexta-feira, 30, com o anúncio de investimentos por parte do Governo do Estado que somam mais de R$ 6 milhões de reais e beneficiam todas os municípios da região.

O encerramento das comemorações aconteceu com uma solenidade na quadra da escola Francisco Braga de Souza, onde o governador Gladson Cameli, junto com os prefeitos Jailson Amorim, de Rodrigues Alves, Isaac Lima, de Mâncio Lima e Zequinha Lima, de Cruzeiro do Sul, assinou convênios, termos de doação e ordens de serviço.

Convidado para o evento o presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Nicolau Júnior (Progressistas), destacou a importância da parceria entre estados e municípios para o desenvolvimento do Acre.

“Continue ajudando dessa forma os municípios. E assim que vamos avançar na melhora da qualidade de vida da nossa população. Precisamos dar as mãos seja governo, prefeituras e nós do Poder Legislativo que não medimos esforços para ajudar nas iniciativas que beneficiam a população”, disse.

Nicolau destacou ainda o fato do governo ter levado todos os secretários à região “isso é muito bom. Os secretários estão aqui vendo se perto as dificuldades dos municípios. Muitas vezes, o secretário não tem conhecimento porque está em Rio Branco. Esse novo modelo de gestão é maravilhoso porque aproxima ainda mais o governo dos municípios”, enfatizou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas