Conecte-se agora

Cerca de 158 mil são vítimas do trabalho infantil no Norte, aponta o IBGE

Publicado

em

Pouco mais de 36 mil crianças, com idade entre 10 e 14 anos, trabalham no Estado do Amazonas. Os números da região Norte são os piores do país e equivalem a 9%, com base em dados do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a média nacional, 6% das crianças na faixa-etária pesquisada trabalham. O que representa pouco mais de um milhão entre as 17,1 milhões de pessoas com idade entre 10 e 14 anos. A média da região Norte é a pior do País: 9%, o equivalente a 158 mil crianças.

Dos sete estados da região Norte, quatro deles tiveram a mesma média: 9%, ocupando a segunda colocação entre os estados com maior número de crianças trabalhando. São eles: Amazonas, Acre, Roraima e Pará.

O Amapá teve uma média de 6%, Tocantins 7% e Rondônia, o primeiro no ranking nacional com o maior número de crianças proporcionalmente à população trabalhando, tem 11% das crianças com esta idade no mercado de trabalho informal.

Regiões

Com relação às regiões brasileiras, depois do Norte vem o Nordeste, com 8%; o Sul, com 7%; o Centro-Oeste, com 6%; e por último, o Sudeste, com 4% das suas crianças trabalhando.

ACRITICA.COM

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas