Conecte-se agora

Jurilande Aragão é aclamado como novo presidente da ACISA

Publicado

em

O empresário Jurilande Aragão Silva foi eleito na manhã desta segunda-feira, presidente da Associação Comercial do Acre – ACISA -, para o biênio 2012/2013. Ele encabeçou a chapa “Fazendo Amigos” e foi eleito por aclamação.

Jurilande Aragão Silva, natural de Sobral – Ceará, nascido em 12 de fevereiro de 1954, proprietário da Arras Adm. de Bens e Imóveis Ltda., “atuando desde 1991” no mercado imobiliário de Rio Branco. O novo presidente da ACISA é formado pela Escola Superior de Propagando e Marketing (ESPM) – 1977 à 1981, pós graduado na ESPM 1982 à 1983.

Atualmente Júrilande é Conselheiro do SEBRAE, Vogal da Junta Comercial do Acre e  Membro do COPIAI.

O QUE É A ASSOCIAÇÃO COMERCIAL

Falar da historia da Associação Comercial é falar da história do comércio Acreano. Instalada primeiramente em 1924, só vinte e um anos após o término da Revolução Acreana, que culminou com a incorporação do Território do Acre ao mapa do Brasil. Podemos, sem dúvidas, afirmar que a Associação Comercial da Capital foi fundada com o mesmo espírito pioneiro e empreendedor dos bravos nordestinos que ocuparam estas terras fugindo das inclemências da seca que semeou pobreza e desventura nas terras do outro extremo do país e se estabeleceram aqui, enfrentando outros tipos de inclemências como a mata, as feras, o isolamento geográfico e as doenças tropicais.

Aqueles empresários pioneiros, destemidos e acostumados a enfrentar todo tipo de dificuldades, eram em sua maioria imigrantes libaneses, portugueses e espanhóis, que tinham iniciado suas atividades comerciais como regatões. Isto é, percorriam os rios e igarapés do Acre com seus batelões repletos de mercadorias que eram trocadas por borracha e castanha.

A comercialização não era tão fácil, a luta era contra os seringalistas que tinham estabelecido um sistema de dependência absoluta dos seringueiros com o barracão; os novos comerciantes que, além de vender produtos a preços mais convidativos, traziam novidades que não eram encontradas no barracão do seringal. Era a criatividade promovendo o desenvolvimento comercial no Território do Acre. Com sacrifício, as economias foram investidas na construção de casas comerciais à margem direita do Rio Acre, estas casas comerciais deram origem à Rua do Comércio, atual Rua Senador Eduardo Assmar na gameleira.

Como aconteceu em outros estados da federação, a Associação Comercial no Acre nasceu da necessidade que estes primeiros empresários sentiram em ter uma entidade que representasse os interesses da classe empresarial. Com esse espírito foi criada a Associação Comercial do Acre, uma entidade com objetivo de congregar empresários definidos, em leis federais, estaduais e municipais, quando existentes e na ausência destas, pela tradição; a fim de promover o desenvolvimento sócio-econômico do Estado, coerente com seus princípios e finalidades Lutando por questões tributárias junto aos Governos Estadual e Federal e ajudando a criar e regulamentar a estrutura das operações comerciais das comunidades a que pertencem.

A Associação Comercial do Acre é Reconhecida como Entidade de Utilidade Pública

Na década de quarenta, no final da Segunda Guerra Mundial, uma nova queda no mercado da borracha causa colapso na economia acreana. Novamente os empresários se agrupam ao redor da Associação Comercial para defender seus interesses. Nesta segunda etapa de trabalhos no Acre, encontramos nomes de peso no desenvolvimento Social e Econômico do Estado: Domingos Assmar, Abrahim Isper, Hechem Farhat, Abrahão Fecury, Ismael Beiruth e muitos outros, que novamente sentiram a necessidade de juntar esforços para lutar em defesa dos interesses da classe empresarial.

Graças aos esforços de seus associados, a Associação chega à década de cinqüenta com nova força após a aprovação do Decreto nº 146 de 10 de outubro de 1953, assinado pelo então Governador do Território, Raimundo Pinheiro Filho, que a reconhece como uma Entidade de Utilidade Pública. Este fato importantíssimo fez aumentar o sentimento de união no empresariado acreano. A classe tomou consciência da força que tinha e decidiu, que dali para frente o caminho era lutar unida para ter maior representação e força na defesa dos interesses empresariais.

Mandato dos Ex – presidentes da ACISA

  • José Rodrigues Leite –                                    1928 a 1929;
  • Agostinho Martins –                                         1938 a 1939;
  • José Fecury –                                                   1942 a 1944 / 1944 a 1946;
  • Oswaldo Benjamin de Oliveira –                      1948 a 1950;
  • Jorge Felix Lavocat –                                       1948 a 1951;
  • Eduardo Assmar –                                            1951 a 1952;
  • Abrahim Isper Junior –                                     1952 a 1954 / 1954 a 1956;
  • Mustafá Zacour El-Hindi –                                1967 a 1969;
  • José Ferraz –                                                    1969 a 1970;
  • Siberman Madeira de Holanda –                      1982 a 1983;
  • Francisco Diógenes de Araújo –                       1984 a 1986;
  • George Teixeira Pinheiro –                               1986 a 1987 / 1988 a 1989;
  • José Severiano de Freitas –                             1990 a 1991 / 1992 a 1993;
  • Bruno Cotta Paiva –                                          1994 a 1995 / 1996 a 1997;
  • Luiz Américo Figueiredo –                                1998 a 1999 / 1999 a 2001;
  • Rubenir Nogueira Guerra –                               2002 a 2003 / 2004 a 2005;
  • Adem Araújo da Silva –                                     2006 a 2007 / 2008 a 2009;
  • João Batista Fecury Bezerra –                           2010 a 2011.

COMPETÊNCIAS DO PRESIDENTE

Art. 46 – Ao Presidente da Diretoria Executiva, compete:

 

a)    Representar a Associação ativa e passivamente em juízo ou fora dele, constituindo procuradores com as cláusulas “ad juditia” e “ad negotia”, quando assim julgar necessário;

b)    Tomar “ad referendum” dos órgãos competentes, todas as medidas que, pelo caráter urgente, não possam sofrer retardamento;

c)    Convocar e presidir as reuniões da Diretoria Executiva e Assembléias Gerais;

d)    Convocar o Conselho Fiscal;

e)    Contratar e dispensar empregados, fixando-lhes a devida remuneração;

f)      Administrar a Associação, fazendo cumprir este Estatuto e as deliberações dos órgãos dirigentes;

g)    Nomear os integrantes dos departamentos e comissões que julgar necessários para o bom andamento dos trabalhos;

h)    Proferir o voto de qualidade, além do seu, nas deliberações da Diretoria Executiva em caso de empate;

i)      Admitir, promover, conceder licença, suspender e demitir funcionários da Associação;

j)      Assinar com o Diretor Financeiro, todos os cheques, ordens de pagamento e títulos que impliquem em responsabilidade pecuniária da Associação;

k)    Assinar com o Diretor Secretário as Atas das reuniões da Diretoria Executiva e das Assembléias Gerais;

l)      Assinar com o Diretor responsável da área, todos os contratos, parcerias e outros termos legais que envolvam a participação da Associação;

m)  Requisitar a qualquer órgão da Associação informações que o habilitem a exercer a plenitude do cargo, bem como exercer a supervisão geral das atividades e serviços da mesma;

n)    Apresentar à Assembléia Geral, conforme estabelecido neste Estatuto, em nome da Diretoria Executiva, o parecer do Conselho Fiscal referente às contas do exercício anterior;

  • o)    Nomear os membros da Comissão de Sindicância que possam ser necessárias constituir;

p)    Preencher, na forma prevista no Título IV, Capítulo III, Artigo 39, Parágrafo Quarto, as vagas que se verificarem na Diretoria Executiva;

q)    Constituir comissões especiais e grupos de trabalho;

r)     Rubricar e lavrar juntamente com o Diretor Secretário e Diretor Financeiro, quando for o caso, os termos de abertura e encerramento nos livros da Associação;

s)    Designar, nas datas previstas, os membros para comporem a Comissão Eleitoral da Associação;

t)      Designar os estabelecimentos bancários a que devam ser recolhidos os numerários e valores recebidos a favor da Associação.

 

Parágrafo Único: O Presidente poderá delegar, para fim especial, a qualquer Diretor, uma ou mais de suas atribuições

QUEM É JURILANDE ARAGÃO SILVA

Jurilande Aragão Silva, natural de Sobral – Ceará, nascido em 12 de fevereiro de 1954, proprietário da Arras Adm. de Bens e Imóveis Ltda., “atuando desde 1991” no mercado imobiliário de Rio Branco. Separado, pai de três filhos (Carolina, Jurilande Filho e Juliana).

Formado pela Escola Superior de Propagando e Marketing (ESPM) – 1977 à 1981, pós graduado na ESPM 1982 à 1983.

Atividades profissionais:

  • Comprador                   TECMOR E. MECANICOS LTDA 1975 à 1978 – SP
  • Vendedor Senior          Olivetti do Brasil S.A. 1979 à 1980 – SP
  • Gerente de Produtos    Haspa Crédito Imobiliário S.A. 1981 à 1982 – SP
  • Gerente Regional         Haspa Capitalização S.A. (CE, PI e RN)  1983 à 1984
  • Gerente de Produto     Bradesco S.A. (CE, PI, MA e PA)  1985 à 1987
  • Gerente de Marketing Banacre 1988
  • Diretor Financeiro       Teleacre 1989 à 1991

Esta na diretoria da ACISA, desde 1998, ocupando os seguintes cargos:

  • 1998 à 2001 – Diretor Secretário
  • 2002 à 2005 – Diretor Financeiro
  • 2006 à 2007 – Quarto Vice-Presidente
  • 2008 à 2009 – Terceiro Vice-Presidente
  • 2010 à 2011 – Segundo Vice-Presidente

Representa a ACISA:

  • Conselheiro do SEBRAE
  • Vogal da Junta Comercial
  • Membro do COPIAI

 

ACISA – ELEICÕES BIÊNIO 2012/2013

CHAPA “FAZENDO AMIGOS”

 

Nome

Cargo

Empresa

 Jurilande Aragão Silva Presidente Arras Imóveis Ltda
João Batista Fecury Primeiro vice-presidente C. Fecury & Cia. Ltda
 Adem Araujo Segundo Vice – Presidente A.C.D.A. Imp. e Exp. Ltda
 Geraldo Raimar da Rosa Terceiro Vice – Presidente  Paranorte Ltda
 Rubenir Nogueira Guerra Quarto Vice – Presidente  Barriga Verde Imp. e Exp. Ltda
 Luiz Américo Figueiredo Diretor Secretário  O Boticário
 João Batista de Queiroz Vice – Diretor Secretário  J.B  de Queiroz
 Maria de Nazaré Santos da Cunha Diretor Financeiro Roda Viva Transporte e Logística
 Admir Jácome Ferreira Vice – Diretor Financeiro A. Jácome Ferreira
 Istanrley Gadelha da Rocha Diretor do SPC Moa Viagem e Turismo Ltda
Elvando Albuquerque Ramalho Vice – Diretor do SCPC Noel Veículos Ltda
 Patricia Graciele Dossa Diretora de Promoções e Eventos Madril
 Gerônimo Borges Neto Vice – Diretor de Promoções e Eventos Móveis Gazin
 Raiolando C. de Oliveira Diretor de Indústria  Acreplast
 Adalberto Jose Moreto Vice – Diretor de Indústria  Café Contri
 Oswaldo Xavier Dias Diretor de Comércio e Serviços  Star Motos
 José Pedralino de Oliveira Vice – Diretor de Comércio e Serviços  Maurizete F. Souza – ME
 Aristides Formiguieri Júnior Diretor de Agropecuária  Flor de Maio Ind. e Com. Ltda
 José Eduardo de Moura Leite Vice – Diretor de Agropecuária  Ipê Const. Moura Leite
 Fernando Carvalho Lage Diretor de Turismo Transeguro
 Janete Eroti Franke Vice – Diretora de Turismo  Kampa Viagem Serviços e Eventos Ltda
 Getúlio Pinheiro Junior Diretor de Tecnologia  Geti
 Wladimir Rigo Martins Vice – Diretor de Tecnologia  Rigos Laranja Paulista Ltda.
 Adriana Silva Rabelo Diretora Jurídica  Profissional Liberal
 Élson Lima Galvão Vice – Diretor Jurídico  Profissional Liberal
 Domingos Leão do Amaral Diretor de Responsabilidade Social  Papelaria Escolar
 Manoel Maria Paim Vice – Diretor de Responsabilidade Social  M.M. Paim Repres. e Com.
 Felipe Scurra Guillen Diretor de Relações Internacionais  Santista Distribuições Ltda
 Iris Tavares da Silva Vice – Diretora de Relações Internacionais  I. Tavares Silva
 George Teixeira Pinheiro Primeiro Membro Efetivo do Conselho Fiscal  Irmãos Pinheiro Hotéis e Turismo
 Oscar Edmundo Fruhauf Segundo Membro Efetivo do Conselho Fiscal Água na Boca Ltda
 Síglia de Fátima Monteiro Abrahão Terceiro Membro Efetivo do Conselho Fiscal  Alberto Felício Abrahão Ltda
Celestino Bento de Oliveira Primeiro Membro Suplente do Conselho Fiscal  Rio Branco Pneus Ltda
 Pedro José Pereira das Neves Segundo Membro Suplente do Conselho Fiscal  Ecoacre Ltda
 Francisco Hernandes F. Negreiros Terceiro Membro Suplente do Conselho Fiscal  Líder Auto Posto

 

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas