Menu

SESI/AC sedia Meeting Paralímpico Loterias Caixa

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Foi realizado no último sábado, 24 de fevereiro, no complexo do SESI, em Rio Branco, o Meeting Paralímpico Loterias Caixa. A competição teve provas de atletismo, natação e reuniu cerca de 50 atletas da capital e do interior do estado com idade a partir de 7 anos.


O Meeting foi classificatório para a fase nacional das Paralimpíadas Escolares, que acontecerá em setembro, e para as Paralimpíadas Universitárias, que será disputada em novembro, ambas em São Paulo. “Além disso, tivemos atletas de 7 a 10 anos, iniciando aqui suas participações em esportes para pessoas com deficiência”, detalhou Antônio Clodoaldo Melo, chefe da delegação do Meeting em Rio Branco.

Publicidade


O Meeting Paralímpico Loterias Caixa é idealizado e criado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, patrocinado pelas Loterias Caixa e foi realizado em Rio Branco em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte, Ufac, Centro de Referência Paralímpico Brasileiro de Rio Branco e SESI.


“Agradecemos ao SESI, que nos cedeu pista, piscina e todas as dependências necessárias para realizar este evento grandioso. Inclusive, temos estudantes do SESI que fazem parte do nosso Centro de Referência e essa parceria só fortalece o esporte para pessoas com deficiência”, pontuou Clodoaldo.



O coordenador técnico do Centro de Promoção da Saúde do SESI, Deyvid Brito, destaca que a instituição tem investido fortemente para proporcionar, com excelência, serviços de promoção da saúde e da qualidade de vida dos trabalhadores da indústria, seus dependentes e de toda a comunidade acreana. “Temos esse papel social e estamos sempre de portas abertas para a comunidade em geral”, frisou.


Estudantes da Escola SESI em destaque


Estudantes da Escola SESI têm tido resultados importantes em competições paralímpicas. É o caso de Emilly Marcela, de 15 anos, que tem deficiência física em membro inferior, brilhou no ano passado nas Paralimpíadas Escolares, em Brasília, e conquistou três medalhas de ouro no Meeting em Rio Branco, em provas de arremesso de peso, lançamento de disco e lançamento de dardo, obtendo classificação para a fase nacional.



“A Escola SESI tem incentivado bastante tanto eu como outros colegas. Isso é essencial para nós, pessoas com deficiência, para não nos sentirmos inferiores aos demais, e nos motiva para a prática de exercícios físicos”, comentou Emilly.


Outro atleta promissor é Pedro Fontes Marques, de 12 anos, que tem deficiência visual e vem disputando competições de natação. Ele conquistou medalha de ouro nos 50 metros livre e garantiu vaga para a disputa nacional. Seu pai, Gustavo Marques, se diz entusiasmado com a acessibilidade e inclusão que o SESI tem proporcionado ao seu filho. “Vamos seguir em frente e participar agora de competições nacionais”, ressaltou o Gustavo.

Publicidade


Professor de Educação Física da Escola SESI, David Moura afirma que a instituição tem buscado, cada vez mais, estimular e inserir estudantes por meio do esporte. “Temos focado em modalidades olímpicas e paralímpicas para que nossos estudantes se desenvolvam. Temos tido resultados extraordinários e isso nos motiva e nos deixa muito felizes”, acrescentou.


Assessoria Sistema FIEAC


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido