Menu

Antônia Lúcia acusa genro de violentar netas; empresário nega: “toma remédio controlado”

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A deputada federal Antônia Lúcia (Republicanos) fez graves acusações nesta terça-feira, 5, contra o empresário Cristian Moraes, marido de sua filha, Gabriela Câmara, e filho do deputado estadual Manoel Moraes (Progressistas), líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado do Acre.


Antônia Lúcia acusa Cristian de abuso sexual e violência contra as netas, filha de Gabriela de outro relacionamento, com idades de 3 e 7 anos.

Publicidade

Ao ac24horas, a deputada federal contou o caso com detalhes. “Isso tudo começou um dia antes do Dia das Mães deste ano, quando eu as levei para Brasília. Quando cheguei na viagem e levei a minha neta menor no banheiro, eu vi um machucado. O IML fez um exame e comprovou que foi um caso de violência doméstica e minha neta disse que tinha sido o Cristian que a havia machucado. Resolvi fazer um boletim de ocorrência”, disse Antônia Lúcia.


LEIA MAIS: Antonia Lúcia vai às redes sociais e diz para líder do governo: “não me ameace”


Conforme a parlamentar, até o momento a desconfiança era apenas de violência física. Ocorre que, de acordo com Antônia Lúcia, as crianças passaram a relatar que sofriam também abuso sexual. “Eu comecei a conversar com as crianças e a minha neta me contou que quando ia para a piscina no condomínio onde moravam, o Cristian mergulhava na piscina e pegava nas partes íntimas dela. Eu perguntei se ela não contou para a mãe, ela disse que sim, que contou, mas que a mãe a desmentia e disse que quando crescesse ia tomar providências. Falei para a minha neta que ela não precisava crescer não, que ia resolver aquilo naquela mesma hora”, explica.


Antônia Lúcia conta então que após ouvir o relato das netas, retornou a delegacia na capital federal. “Na delegacia, eu fui encaminhada para a psicóloga na área especializada de crianças, foram quatro horas de depoimento separadas e ambas disseram que foram vítimas de violência sexual e que o Cristian não pegava nas partes íntimas delas apenas na piscina, mas também no quarto delas”, diz a parlamentar.


Antônia Lúcia diz ainda que além das duas netas, uma amiguinha que era vizinha do apartamento onde as crianças moravam também teria sido abusada por Cristian. “A amiguinha foi levada pelos pais até a Polícia Civil e a criança, daí de Rio Branco, que não conheço, disse que Cristian também teria abusado dela”.


A deputada federal faz outra séria acusação contra a própria filha. Diz que Gabriela Câmara, atual presidente do Instituto de Terras do Acre (Iteracre), teria acobertado os abusos supostamente praticados por Cristian. “Acobertou e também estou representando contra ela”.


Em relação ao deputado estadual Manoel Moraes, líder do governo, Antônia Lúcia conta que só tornou o caso público porque se sentiu ameaçada pelo parlamentar. “O deputado Manoel Moraes viu que o caso está sendo apurado e que o filho dele vai ser preso porque é um pedófilo e mandou me ameaçar no meu escritório por meio de um advogado que veio conversar comigo e disse que eu soubesse que pelo filho dele ele matava, mandava matar ou morria”, afirma Antônia Lúcia.


“Eu sou inocente e a Antônia Lúcia não está bem da cabeça”, diz Cristian


A reportagem ouviu Cristian Moraes na tarde desta terça-feira, 5. O empresário afirmou ser inocente. “Esse problema começou há seis meses quando Antônia Lúcia pegou as crianças sem ter a guarda das mesmas. No Dia das Mães, ela postou que a criança estava com uma mancha na perna, primeiro acusando a Gabriela. Depois, tentou me incriminar por abuso sexual. Ocorre que a criança desmentiu Antônia Lúcia e disse que era mentira da avó, que eu nunca abusei de ninguém e a própria criança afirmou que tudo foi criado para elas não voltarem para o Acre. Esse processo já foi arquivado e foi provado que a criança se machucou na piscina com a presença do professor de natação”, afirma.


Em relação à denúncia da outra criança, Cristian também negou. “Foi criada essa história para tentar me prejudicar, disseram que foi um fato na piscina, foi ouvido a síndica e os seguranças do prédio e ficou provado que eu nunca estive na área de lazer com essa criança, mais uma mentira que foi criada”, se defendeu.

Publicidade

Cristian diz que acredita que Antônia Lúcia não esteja bem psicologicamente e cita comportamentos recentes da mãe de sua esposa. “Eu acho que ela não tá bem, ela toma remédio controlado. Semana passada, brigou com uma pastora que apoiou ela dizendo que a pastora havia matado o próprio esposo, colocou a própria filha na justiça, ela não está bem. Estou tranquilo, não devo nada e infelizmente, a gente não sabe até onde vai a maldade das pessoas”, explica.


Em nota, Manoel Moraes nega que tenha feito ameaças e diz que Antônia Lúcia destruiu a própria família


Em uma nota divulgada no final da tarde de hoje, o deputado Manoel Moraes negou que tenha feito qualquer tipo de ameaça a Antônia Lúcia. O deputado afirmou que as denúncias são motivadas pela briga pela guarda das filhas de Gabriela e que Antônia Lúcia destruiu a própria família.


Leia a nota abaixo:


Na manhã de hoje, fomos surpreendidos com acusações levianas e infundadas por parte da Deputada Federal Antônia Lúcia. Em respeito aos nossos familiares, amigos e a todo o povo do Acre, esclarecemos os seguintes pontos:


1 – Todas as mentiras apresentadas são decorrentes de uma longa briga familiar envolvendo a Deputada Federal Antônia Lúcia e sua filha Gabriela Câmara, motivada por ferrenha disputa entre ambas pela guarda das duas filhas de Gabriela;


2 – A Deputada Federal Antônia Lúcia já se utilizou anteriormente dos mais diversos tipos de artifícios e subterfúgios para conseguir seu objetivo insano de ficar com a guarda das crianças;


3 – No início desse ano, a desavença se agravou e chegou a patamares inimagináveis por parte da Deputada Federal Antônia Lúcia, que, sem a autorização de Gabriela, tirou as crianças do convívio da mãe, levando-as de forma sorrateira para Brasília;


4 – Quando Gabriela acionou as autoridades para comunicar o fato, a Deputada Federal Antônia Lúcia criou uma narrativa mentirosa de que meu filho teria cometido crimes contra uma das filhas da Gabriela, forjando provas e pagando testemunhas;


5 – O processo corre em segredo de justiça e já há a manifestação do próprio delegado que investigou o caso pelo arquivamento, visto ter vindo à tona todas as fraudes processuais cometidas pela Deputada Federal Antônia Lúcia;


6 – Foi exatamente ao saber do pedido de arquivamento das denúncias, que a Deputada Federal Antônia Lúcia foi aos meios de comunicação e redes sociais, dessa vez para tentar manchar a minha imagem, com acusações infundadas, caluniosas e irresponsáveis;


7 – Nunca ameacei a Deputada Federal Antônia Lúcia, nem sequer tomei partido na disputa envolvendo a guarda das crianças.


8 – Mesmo assim, me vi sendo arrastado para o centro dessa história, por alguém que já destruiu a própria família e que agora busca destruir a minha.


9 – Certos de que somos as verdadeiras vítimas, já acionamos nossa assessoria jurídica para tomar os rumos necessários. Acreditamos na justiça divina e na dos homens, que, inclusive, já começou a ser feita.


Manoel Moraes de Sales


Gabriela Câmara foi procurada pela reportagem, mas não se pronunciou até o momento. O espaço segue à disposição, caso tenha interesse em divulgar sua versão dos fatos.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido