Menu

Lula abandona discurso e chora ao passar palavras à Marina: “temos que ouvi-la”

Presidente Lula se emocionou ao chamar ministra Marina Silva para discursar na COP 28 Foto: Ricardo Stuckert/PR
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) quebrou o protocolo neste sábado, 2, ao passar a palavra para a ministra Marina Silva durante discurso no evento “Florestas: Protegendo a Natureza para o Clima, Vidas e Subsistência”, que ocorre na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP28.


Emocionado ao lado da acreana ministra Marina Silva., Lula disse que tinha um discurso pronto, mas achava ser mais adequado que uma pessoa “que nasceu na floresta” falasse naquele momento – se referindo a história de Marina que nasceu no Seringal no Acre.


“Foram 28 edições da COP para que a floresta viesse falar por si só. Eu não poderia utilizar a palavra se eu tenho no meu governo uma pessoa da floresta. A Marina nasceu na floresta, se alfabetizou aos 16 anos. E eu acho que é justo que, para falar da floresta, em vez de falar um presidente que não é do estado da floresta, a gente tem que ouvi-la”, afirmou Lula, que chorou a contar a história.

Publicidade

Silva usou a palavra e destacou as ações do governo para o meio ambiente que envolve ações em vários ministérios. “A sua diretriz para proteger a floresta é mais que comando e controle, é uma diretriz de desenvolvimento sustentável nas suas 4 dimensões: na dimensão ambiental, na dimensão social, na dimensão econômica e na dimensão cultural”, comentou.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido