Menu

Segunda etapa do Revalida 2023/2 ocorre neste fim de semana

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Neste sábado e domingo, 2 e 3 de dezembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicará a 2ª etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2023/2.


A prova de habilidades clínicas será realizada em dois períodos, para grupos distintos, em dois dias de aplicação. Os participantes percorrerão um conjunto de dez estações, sendo realizadas cinco em cada dia de prova, conforme o período indicado no Cartão de Confirmação de Inscrição.

Publicidade

– Os participantes deverão apresentar-se ao local de aplicação da prova portando jaleco, preferencialmente na cor branca.


Cartão de confirmação – O documento está disponível no Sistema Revalida e apresenta horário e local de aplicação da prova. O cartão também informa o número de inscrição; a indicação de atendimento especializado e de tratamento pelo nome social, caso tenham sido solicitados e aprovados; e as orientações relativas ao exame. Embora não seja obrigatório, o Inep orienta que o participante leve o cartão de confirmação no dia da prova.


Horários – Os portões dos locais de aplicação do primeiro período serão abertos às 11h e fechados às 12h, conforme horários previstos em edital. O grupo do segundo período poderá acessar o ambiente da prova de habilidades clínicas das 15h às 16h. O exame segue o horário de Brasília.


Documentos – Para realizar o exame, é obrigatória a apresentação da via original de documento oficial de identificação com foto, como cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal; identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive no caso de reconhecidos como refugiados; Carteira de Registro Nacional Migratório, prevista na Lei de Migração; Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, de que trata o Decreto n.º 9.277, de 5 de fevereiro de 2018; e identificação fornecida por ordens ou conselhos de classe que por lei tenha validade como documento de identidade.


Além desses, são considerados válidos passaporte, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e Carteira de Trabalho e Previdência Social impressa e expedida após 27 de janeiro de 1997.


– Documentos digitais também serão aceitos: e-Título, CNH Digital e RG Digital, desde que apresentados nos respectivos aplicativos oficiais, não sendo aceitas capturas de tela.


O Revalida é formado por duas etapas (teórica e prática) que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria, além de medicina da família e comunidade (saúde coletiva). O objetivo do exame é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). O ato de apostilamento da revalidação do diploma é atribuição das universidades públicas que aderirem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.


Fonte: Agência Gov


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido