Menu

Delegado acredita que execução de Tanaca pode ter sido por acerto de contas por morte de rival

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira, 24, o delegado Cristiano Bastos da Polícia Civil, revelou que a morte de William Borges Soares, de 29 anos, conhecido no mundo do crime por “Tanaca”, executado a tiros dentro de uma residência na Rua 27 de Julho, no bairro Plácido de Castro, na região da Baixada da Sobral, em Rio Branco, pode ter ligação com uma recente execução de membro de membro de facção rival.


Bastos contou que Tanaca é o principal suspeito da morte de Pedro Silva de Souza, no último dia 16 de novembro dentro de uma residência localizada próxima a umas mangueiras às margens do Rio Acre, no bairro Cidade Nova, na região do Segundo Distrito de Rio Branco. “A vítima estava envolvida em um episódio recente onde um adolescente foi morto e jogado no Rio. Nós já havíamos identificado ele, mas a facção chegou primeiro”, declarou.


O delegado destacou ainda que Antônio Railan Mendonça, 26, e Gleison Roberto do Carmo, 21, outros envolvidos na morte do adolescente, foram feridos e estão em estado de saúde delicado no Pronto-Socorro da capital.

Publicidade

Já acerca da guerra entre facções, o delegado Alcino Júnior contou que nos últimos 5 dias já foram registrados mais de 9 crimes – entre tentativa de homicídio e homicídios consumados.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido