Conecte-se agora

Mailza entra no jogo para ser vice: “porque não ter ela comigo?”, diz governador

Publicado

em

Em entrevista ao ac24horas neste sábado, 30, o governador Gladson Cameli (Progressistas) admitiu que deverá fazer um convite formal para a senadora Mailza Gomes ser sua vice no pleito eleitoral deste ano.

De acordo com o chefe do executivo, Gomes dispõe de critérios técnicos para compor a chapa. “Vou fazer o convite, porque não ter ela comigo? Ela dispõe da minha confiança. Tudo é possível e daqui para a eleição muita água vai rolar”, comentou.

Além disso, Cameli voltou a deixar claro que não abrirá mão da escolha do vice. Em sua opinião, o ‘ungido’ tem que ser de sua extrema confiança. “Eu não abro mão. Não quero ter desgaste pois só eu sei o que venho passando”, encerrou.

Entretanto, a senadora Mailza Gomes pode não aceitar o convite do governador do governador, haja vista que sua candidatura ao senado é tida como ‘irreversível’.

Cotidiano

Ibama nega que agentes estejam sem combustível durante operação em Nova Califórnia

Publicado

em

O Ibama negou por meio de uma nota que os agentes que estão realizando uma operação de combate à exploração ilegal de madeira na região de Nova Califórnia, na divisa entre o Acre e Rondônia estejam impossibilitados de concluir os trabalhos por falta de combustível.

De acordo com o relato de agentes que procuraram o ac24horas nesta quarta-feira, 7, o cartão usado para abastecer as viaturas do IBAMA com combustível foi zerado após o corte do orçamento do órgão realizado pelo governo federal. A mesma situação estaria acontecendo com os veículos do ICMBio que prestam auxílio à operação.

O IBAMA informou que os recursos da Diretoria de Proteção Ambiental não sofreram cortes orçamentários, garantindo assim a permanência das equipes em campo e o cumprimento das ações de fiscalização. Foi informado que as viaturas também funcionam normalmente, uma vez que o combustível está contemplado no mesmo contrato de locação dos veículos.

Continuar lendo

Cotidiano

PL trai Moro e faz investida na Justiça Eleitoral para cassar mandato de senador

Publicado

em

Partido do presidente Jair Bolsonaro, o PL entrou com um pedido na Justiça Eleitoral para cassar o mandato do senador eleito Sérgio Moro (União Brasil-PR). Em um processo sigiloso movido pelo diretório do Paraná, o partido moveu uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral.

O movimento se dá poucos meses depois de Moro ter apoiado publicamente Jair Bolsonaro e até mesmo acompanhado o então candidato à reeleição nos debates televisivos do segundo turno da eleição presidencial. Segundo apurou o Estadão, apesar de patrocinado pelo diretório no Paraná, a ação conta com o aval do presidente nacional Valdemar Costa Neto.

Moro foi eleito senador pelo Paraná com 33,82% dos votos, em uma disputa apertada com o segundo colocado, o deputado federal Paulo Martins (PL), que alcançou 29,12% dos votos. Segundo apurou o Estadão, internamente, a esperança é de que a legenda consiga alijar o ex-juiz da Operação Lava Jato do Senado e ficar com a vaga de Moro.

Continuar lendo

Cotidiano

Dupla utilizava rota pela floresta para fazer tráfico de drogas até a cidade de Rio Branco

Publicado

em

Em trabalho conjunto das polícias Civil e Militar, na manhã desta quarta-feira, 7, foram presos em flagrante dois homens que estavam transportando 12 kg de drogas da região da fronteira para a cidade de Rio Branco em uma motocicleta usando rotas pelo meio da floresta.

De acordo com a Assessoria da Polícia Civil do Acre, a dupla vinha sendo investigada há aproximadamente 3 meses como suspeita de fazer esse tipo de transporte de drogas, usando motocicletas, por ramais que interligam os municípios que fazem fronteira com a Bolívia até a cidade de Rio Branco.

Com os traficantes foram apreendidos 9 kg de skunk é 3 kg de cocaína, totalizando 12 kg de drogas. Os presos de iniciais V.S.S. e E.B.S., ambos de 26 anos e moradores da cidade de Epitaciolândia.

Um dos homens foi preso transportando 12 pacotes de drogas e o segundo traficante foi capturado logo em seguida no centro de Xapuri quando já estava indo ao encontro ao comparsa para dar continuidade na viagem até Rio Branco transportando as drogas.

Os presos foram conduzidos para a Delegacia de Xapuri e depois transferidos para o Complexo Penitenciário Francisco Oliveira Conde, em Rio Branco.

Continuar lendo

Cotidiano

Retirada de palmeiras em canteiros da Via Chico Mendes será Investigada pelo MP

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) decidiu abrir uma investigação para apurar a retirada de palmeiras em canteiros na Via Chico Mendes para a execução do projeto de revitalização da AC–40, na região do Segundo Distrito da capital. O despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta quarta-feira, 7.

O promotor Luis Henrique Corrêa Rolim, reiterou que chegou a Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, informações de possível ocorrência de retirada das palmeiras existentes nos canteiros da Ciclovia da Rodovia AC 40 e Via Chico Mendes, em consequência das obras de revitalização no referido logradouro público pela Prefeitura Municipal de Rio Branco. A derrubada das palmeiras e demolição dos canteiros ocorreram em junho deste ano – e teve inúmeras críticas de parlamentares, incluindo da base governista de Tião Bocalom na Câmara Municipal.

Originalmente, desde a implantação em 2003, foram plantadas na gestão de Jorge Viana, no canteiro central da Via Chico Mendes 250 mudas de palmeira imperial com porte adulto ou quase adulto, com troncos marrons medindo entre 2-3 metros de comprimento. Elas foram plantadas em fileiras intercaladas com jardineiras nas margens do canteiro, que abriga em sua parte central, e por toda a sua extensão, uma ciclovia com pavimentação asfáltica de aproximadamente 2 m de largura.

As mudas plantadas foram adquiridas em viveiros localizados fora do Acre. Considerando o tamanho das mesmas por ocasião do plantio, estima-se, de forma conservadora, que o custo de cada uma, incluindo o frete até Rio Branco, foi de pelo menos R$ 4 mil. A época. Assim, o gasto estimado para o plantio das mudas de palmeiras imperiais na Via Chico Mendes foi de pelo menos R$ 1 milhão.

Contudo, a promotoria destaca que, no termos do art. 4°, da Instrução Normativa n.° 01/2015, é proibido podar, cortar, derrubar, remover, transplantar ou sacrificar árvores de arborização urbana sem prévia autorização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente – SEMEIA.

Rolim enfatizou ainda a abertura de procedimento preparatório – que antecede o inquérito civil, se faz necessário, haja vista que, o presente caso foi objeto da Notícia de Fato n° 01.2022.00001628-5, instaurada há mais de quatro meses, sem que tenham sido finalizadas as apurações; e, ainda, que os elementos de prova até então colhidos apontam a necessidade de aprofundar as investigações. “Resolve instaurar procedimento preparatório para verificar se o projeto de revitalização da Ciclovia da Rodovia AC 40 e Via Chico Mendes demandará retirada das palmeiras existentes no local, avaliando a regularidade da autorização pelo órgão ambiental competente”, diz trecho do documento.

Ao fim, o promotor decidiu expedir ofício à Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMEIA, que, no prazo de 10 (dez) dias úteis, informe acerca da existência de procedimento administrativo autorizando, ou não, a supressão das palmeiras existentes na ciclovia, enviando número do procedimento e cópia dos documentos.

De acordo com o projeto, a obra está estimada em R$ 1.597.598, que são de recursos próprios da prefeitura. O prazo de execução era de 180 dias.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.