Conecte-se agora

Bolsonaro critica Macron por recepção a Lula: ‘Parece provocação’

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, em entrevista à rádio Sociedade da Bahia, que encarou como uma “provocação” a recepção dada pelo presidente da França, Emmanuel Macron, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na semana passada, em Paris. O encontro teve protocolo reservado a chefes de Estado e ocorreu durante viagem de Lula à Europa.

Desafeto de Bolsonaro, Macron promoveu a conversa em um momento em que a relação entre Brasil e França está abalada. O presidente francês é crítico ferrenho da política ambiental do atual governo brasileiro. Ele chegou a vetar qualquer acordo comercial com o Mercosul, falando em ‘crime de ecocídio’ por parte do Brasil.

Questionado se considerava a recepção ao ex-presidente uma provocação, Bolsonaro disse que sim e atacou o presidente francês.

Parece que é uma provocação, sim. Será que o serviço de inteligência dele [Macron] não sabe quem foi o Lula aqui ao longo dos oito anos dele e mais seis de Dilma, o que foi feito no Brasil?”Jair Bolsonaro, presidente

Na sequência, Bolsonaro disse que Macron “sempre foi contra” seu governo por ser um concorrente em relação a exportações agrícolas e “sempre bateu” em sua gestão pelas questões ambientais.

“O que interessa para alguns países do mundo é ter alguém sentado nessa cadeira que eu estou aqui simpático à política deles.”

Bolsonaro disse ainda que Macron teria “um problema” com ele e que os ataques ao Brasil são injustos. “Interessa mais a ele (Macron) ter uma pessoa passiva, corrupta como é o Lula, aliado dele, no futuro do que eu”, completou.

O encontro na França durou uma hora e teve o meio ambiente na pauta. Segundo o ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim, que acompanhou o petista, Lula e Macron não tocaram diretamente em “assuntos internos” do Brasil, como as eleições de 2022.

Ironia a aplausos recebidos por Lula

Na entrevista, Bolsonaro ainda tentou tirar peso dos aplausos recebidos por Lula após pronunciamento no Parlamento Europeu, dizendo que o número de parlamentares não era significativo.

“É a mesma coisa se chegar o Maduro aqui no Brasil, vamos supor… Ele vai ser aplaudido pelo pessoal do PSOL, do PDT, do PCdoB e do PT na Câmara dos Deputados. Não quer dizer que a Câmara apoie isso que está acontecendo na Venezuela. Então, tudo é um jogo político”, opinou.

Bolsonaro e Lula devem se enfrentar pela Presidência da República no ano que vem, e a tensão da disputa eleitoral já tem sido observada em declarações e manifestações públicas de ambos. O concorrente à reeleição, por exemplo, tem feito críticas ao mandatário antecessor em várias oportunidades, sobretudo em entrevistas concedidas a rádios de interior e em conversas com apoiadores que vão ao ar por meio de vídeos publicados no YouTube.

Bolsonaro também passou a elevar as críticas ao PT, partido de Lula, e “à esquerda” desde que se intensificaram as negociações pela PEC dos Precatórios no Congresso. A medida é vital para que o governo consiga tirar do papel o “Auxílio Brasil”, substituto do Bolsa Família, programa de assistência social criado pelo PT. Em 2022, a tendência é que os dois personagens antagônicos travem um duelo pela identidade de ações e medidas de apoio social e transferência de renda.

*Com informações da agência Reuters.

Destaque 6

Paulo Betti compara goleiro do Palmeiras com Bruno e é detonado

Publicado

em

Por

O ator Paulo Betti comparou o goleiro Weverton Pereira da Silva, do Palmeiras, com Bruno Fernandes, ex-goleiro do Flamengo e condenado pelo assassinato de Eliza Samudio. O artista não gostou da “falação sobre Deus” após a conquista do tricampeonato da Libertadores pelo time alviverde. Logo após a grande repercussão negativa, Betti apagou a postagem, mas foi duramente criticado e acusado de intolerância religiosa pelos internautas.

“O discurso do goleiro do Palmeiras depois do jogo, aquela falação sobre Deus quando devia estar comemorando, aquela cena dele rezando antes de começar o jogo, me fez lembrar do goleiro Bruno, que rezava no Maraca e depois ia matar a moça e jogar para os cães. Explica muito o Brasil”, escreveu o ator no Twitter.

Continuar lendo

Destaque 6

Flamengo anuncia saída do técnico Renato Gaúcho

Publicado

em

Por

Renato Gaúcho não é mais técnico do Flamengo. O treinador não resistiu à derrota na final da Libertadores, para o Palmeiras, no último sábado, e teve sua saída definida hoje pelo Rubro-Negro. O clube fez o anúncio em sua conta oficial no Twitter.

O auxiliar Maurício Souza irá comandar a equipe de maneira interina amanhã, contra o Ceará, no Maracanã, e até o restante do Campeonato Brasileiro.

No desembarque da delegação no Rio de Janeiro, ontem (28), o vice de Futebol Marcos Braz já havia indicado que uma reunião hoje poderia definir os próximos passos no departamento.

O cenário já era de pressão antes mesmo da derrota para o Palmeiras, mas o clima ficou ainda mais pesado com o revés no Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. O próprio Renato Gaúcho, após a partida, conversou com o elenco em tom de despedida, ainda no vestiário.

O técnico chegou à Gávea em 10 de julho, para substituir Rogério Ceni. O início foi animador, com goleadas em sequência, mas o rendimento caiu e a situação mudou.

A eliminação na semifinal Copa do Brasil, com derrota para o Athletico-PR em casa, foi um duro golpe. Na arquibancada, a torcida gritou o nome do ex-técnico Jorge Jesus, nos bastidores, Renato entregou o cargo, mas não teve o pedido aceito.

A equipe rubro-negra entra em campo amanhã ainda com chances matemáticas de conquistar o Brasileiro, mas os números são bastante remotos — 0,17%, segundo a Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente, o líder Atlético-MG tem 78 pontos, contra 67 do time da Gávea.

Desde a saída de Jorge Jesus, em julho do ano passado, o Flamengo teve três treinadores: Domènec Torrent, Rogério Ceni e Renato Gaúcho.

Continuar lendo

Destaque 6

Pix Saque e Pix Troco estão disponíveis a partir de hoje (26)

Publicado

em

Estão valendo a partir desta segunda-feira (29) duas novas modalidades do Pix: Saque e Troco. Os usuários poderão fazer saques em locais como padarias, lojas de departamento e supermercados, não apenas em caixas eletrônicos.

Segundo o Banco Central (BC), a oferta dos dois novos produtos da ferramenta aos usuários é opcional, cabendo a decisão final aos estabelecimentos comerciais, às empresas proprietárias de redes de autoatendimento e às instituições financeiras.

O Pix Saque permitirá que os clientes de qualquer instituição participante do sistema realizem saque em um dos pontos que ofertar o serviço.

Estabelecimentos comerciais, redes de caixas eletrônicos compartilhados e participantes do Pix, por meio de seus serviços de autoatendimento próprios, poderão ofertar o serviço. Para ter acesso aos recursos em espécie, o cliente fará um Pix para o agente de saque, em dinâmica similar à de um Pix normal, a partir da leitura de um QR Code ou do aplicativo do prestador do serviço.

No Pix Troco, a dinâmica é praticamente idêntica. A diferença é que o saque de recursos em espécie pode ser feito durante o pagamento de uma compra ao estabelecimento. Nesse caso, o Pix é feito pelo valor total, ou seja, da compra mais o saque. No extrato do cliente aparecerá o valor correspondente ao saque e à compra.

O limite máximo das transações do Pix Saque e do Pix Troco será de R$ 500,00 durante o dia, e de R$ 100,00 no período noturno (das 20h às 6h). De acordo com o BC, haverá, no entanto, liberdade para que os ofertantes dos novos produtos do Pix trabalhem com limites inferiores a esses valores, caso considerem mais adequado aos seus fins.

De acordo com o BC, não haverá cobrança de tarifas para clientes pessoas naturais (pessoas físicas e microempreendedores individuais) por parte da instituição detentora da conta de depósitos ou da conta de pagamento pré-paga para a realização do Pix Saque ou do Pix Troco em até oito transações mensais. A partir da nona transação realizada por mês, as instituições financeiras ou de pagamentos detentoras da conta do usuário pagador podem cobrar uma tarifa pela transação.

O valor da tarifa cobrada é de livre estabelecimento pela instituição e deve ser informado ao usuário pagador antes da etapa de confirmação da transação. “Os usuários nunca poderão ser cobrados diretamente pelos agentes de saque”, destacou a instituição.

O BC explica ainda que os quatro saques tradicionais gratuitos realizados pelo usuário fora do âmbito do Pix Saque e Pix Troco podem ser descontados da franquia de gratuidades (oito por mês). Ou seja, se o usuário realizar um saque da sua conta, sem ser por meio do Pix Saque ou Pix Troco, esse saque poderá ser contabilizado e sua franquia de gratuidades poderá ser reduzida de oito para sete, a critério da instituição.

Para o comércio que disponibilizar o serviço, as operações do Pix Saque e do Pix Troco representarão o recebimento de uma tarifa que pode variar de R$ 0,25 a R$ 0,95 por transação, a depender da negociação com a sua instituição de relacionamento.

Continuar lendo

Destaque 6

Comprovante de vacinação será obrigatório para cidadão acessar órgãos públicos no Acre

Publicado

em

Agora é lei. Para entrar e permanecer em uma repartição pública, o cidadão vai precisar comprovar que foi vacinado contra a Covid-19. O decreto foi publicado pelo governo do estado na edição desta segunda-feira, 29, e determina ainda que os servidores que trabalham nos setores públicos também comprovem a vacinação.

Só estão liberados, os que por razões médicas declaradas em atestado médico, não puderem se vacinar, devendo, alternativamente, ser apresentado teste RT-PCR realizado nas últimas 48h (quarenta e oito horas), ou Teste Rápido para pesquisa de antígeno realizado nas últimas 24h (vinte e quatro horas).

A lei também estabelece que mesmo com a exigência do comprovante de vacinação, é necessário o cumprimento das outras medidas exigidas em protocolos sanitários, como o uso obrigatório de máscaras e a higienização frequente das mãos, além das demais medidas implementadas pelas autoridades de saúde local.

O Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 deve estabelecer nos próximos dias as normas de como funcionária a exigência de comprovação da vacina nos setores públicos, mas o decreto explica que a fiscalização será exercida através dos órgãos Municipais e Estaduais no âmbito de suas competências, observando-se no que couber, a Portaria Interministerial nº 05/2020, dos Ministérios da Justiça e Segurança Pública e da Saúde, cabendo às forças de segurança do Estado do Acre o apoio e a garantia das condições do exercício fiscalizatório, sendo certo que para tal fim, poderão fotografar e filmar o descumprimento das normas, a fim de instruir ato de comunicação ao Ministério Público do Estado do Acre.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas