Conecte-se agora

Brasiléia inicia vacinação contra Covid-19 a partir de 40 anos

Publicado

em

A prefeitura de Brasiléia e a equipe da Saúde tem se empenhado para garantir que a vacinação contra a Covid-19 avance no município, seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde.

Nesta quarta-feira, dia 16, inicia uma nova faixa etária de vacinação, das pessoas a partir de 40 anos sem comorbidade, o que aumenta a esperança da população que aguarda ansiosa pela imunização.

Para a prefeita Fernanda Hassem, as pessoas a cada dia estão recebendo doses de esperança e cura.

“A cada faixa etária que avança, aumenta a nossa esperança de dias melhores. A nossa prioridade nesse momento é imunizar a nossa população, cuidar da saúde do nosso povo e estamos trabalhando focados para voltar 100% à normalidade e que a nossa população seja 100% vacinada o quanto antes, por isso temos destinado equipes da Saúde todos os dias para garantir celeridade na vacinação contra a Covid-19. Agradecimento especial à nossa equipe da Saúde municipal, em nome do secretário Joãozinho Melo, que não tem parado um só dia, cada trabalhador e trabalhadora, tem se dedicado a salvar vidas através da vacinação. Não podemos deixar de agradecer também ao governo do Estado por ser um grande parceiro na imunização do povo acreano. A cada dia a esperança aumenta”, disse. 

A vacinação da população a partir dos 40 anos de idade acontecerá em Brasileia, na quadra do Centro Cultural, das 8 às 16h, lembrando que a pessoa deverá está munido do cartão do SUS, comprovante de endereço, CPF e caderneta de vacina.

Vacina cura. Cuide de você e de quem você ama. Vacine-se!

Destaque 7

Jéssica Sales garante apoio para análise de certificação de café

Publicado

em

A parlamentar confirmou para este ano, R$ 1 milhão, destinado a implantação do primeiro laboratório físico-químico de análise de café no estado. O anúncio do investimento, ocorreu durante visita à Universidade Federal do Acre – Campus Floresta, em Cruzeiro do Sul.

De acordo com dados do IBGE, em 2019, o Acre foi considerado o segundo maior produtor de café da região norte, ocupando a quinta posição em produtividade do país e a segunda da região Norte, com destaque para a alta produção no alto Acre. Nesse viés, o Vale do Juruá começa a despontar no cenário econômico no cultivo de grãos.

No município de Mâncio Lima, estima-se que até 2024, os produtores alcancem a marca de 1 milhão de pés de café clonal plantados. Um investimento cada vez mais consolidado, dentro da agricultura familiar empreendedora. Para se ter uma ideia da rentabilidade, uma saca de café no Brasil, varia em média de R$480 a R$550, dependendo da região, qualidade e cotação diária do dólar.

Com a instalação do Laboratório de análise da qualidade do café, pela UFAC, as chances de potencializar a cafeicultura em todo o Acre é ainda maior. Segundo o professor de agronomia, Leonardo Tavella, responsável pela condução do experimento em Cruzeiro do Sul, “os clones demonstraram boa adaptação às condições locais e a partir da correta análise em laboratório, será possível agregar maior qualidade e, consequentemente, maior lucro ao produto, se tornando dessa forma, uma referência em todo o estado, a partir da adoção de manejos corretos para o cultivo do café. Portando, esse apoio da deputada Jéssica chega em momento bastante oportuno para consolidarmos o sucesso dessa cultura no Acre”.

Conhecedora a fundo dos desafios da economia acreana, Jéssica Sales, acredita que, fortalecer a agricultura é o primeiro passo para tornar o Acre um estado forte e independente. Por isso, no orçamento de 2021, a parlamentar indicou cerca de 24 milhões para agricultura.

“Ninguém começa sem ter um incentivo, dos grandes sonhos saem as grandes realizações. Por isso, sou fiel apoiadora da agricultura, porque acredito que os pequenos agricultores podem se tornar grandes produtores e colaborar para o fortalecimento da economia do nosso Estado, sendo capaz de tornar nossa região autossustentável”, garantiu Jéssica Sales, que ao longo dos dois mandatos já destinou mais R$ 65 milhões, para fortalecer a agricultura no Acre.

Continuar lendo

Destaque 7

Rendimento da soja no Acre deve superar média nacional

Publicado

em

Conforme a estimativa de junho do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgada neste mês de julho pelo IBGE, a safra acreana de grãos, cereais e leguminosas deve alcançar o recorde de 131,7 mil toneladas em 2021. Pelo quarto mês consecutivo, há alta na estimativa mensal.

Os destaques são aos aumentos da produção soja, que sobe 133,5%, do milho 2ª safra (133,5%) e do milho 1ª safra (13,4%).

As previsões registram também um crescimento no rendimento médio (quilograma por hectare) desses produtos em relação a 2020: soja (13,8%) e do milho 1ª safra (9,8%).

E o rendimento médio da soja no Acre, que é de 3.602 quilos por hectare, deverá superar em mais de 9% a média Brasil (3.280 kg/ha) em 2021.

Os dados foram trabalhados pela equipe técnica do Observatório do Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre.

Continuar lendo

Destaque 7

Mailza reforça agricultura no Acre com envio de R$ 31 milhões

­­Recursos serão usados na compra de equipamentos agrícolas, caminhões, investimentos agricultura familiar,
melhoria ramais e assistência técnica do produtor em todo o estado

Publicado

em

Comprometida com o fortalecimento da agricultura e geração de renda aos produtores rurais, a senadora Progressista Mailza Gomes tem se destacado no Senado Federal pelo envio de recursos para o setor. Parlamentar municipalista, Mailza já conseguiu viabilizar R$ 31 milhões para agricultura familiar, compra de caminhões, equipamentos agrícolas, melhoria dos ramais e assistência técnica do produtor rural no Acre.

De 2019 a 2021, foi responsável por alocar recursos de Ministérios e emendas individuais e extra parlamentares para atender assim todo o estado.

“O nosso mandato está comprometido em apoiar as ações do governador Gladson Cameli e dos prefeitos do nosso Acre em prol do setor agrícola produtivo, especialmente na fase pós pandemia. E vamos continuar enviando mais recursos”, destacou a senadora nas redes sociais em comemoração ao Dia do Agricultor, celebrado dia 28 de julho.

A parlamentar ressaltou ainda que além da compra dos equipamentos agrícolas, insumos, construções de galpões, desses recursos, R$ 18 milhões serão investidos em ramais para beneficiar diretamente muitas famílias na zona rural.

Continuar lendo

Destaque 7

TCU define porcentagem do Acre no rateio do IPI sobre exportação

Publicado

em

O Tribunal de Contas da União (TCU) oficializou nesta quinta-feira (29) os coeficientes individuais de participação dos Estados e do Distrito Federal nos recursos do IPI Exportação em 2022, medida prevista pela Constituição Federal.

Segundo a decisão normativa 195, o Acre tem direito a 0,016895% do rateio do Imposto Sobre Produtos Industrializados que incide sobre as exportações brasileiras. Para esse rateio, cabe aos Estados 10% do total arrecadado.

O valor atual é de 0,016271%. Ou seja, o TCU elevou levemente a parte que cabe ao Acre para o próximo ano.

Interessados tem trinta dias, a partir da publicação dessa decisão normativa, para apresentar contestação fundamentada, que poderá ser protocolada nas Secretarias do TCU nos Estados.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas