Conecte-se agora

Edvaldo Magalhães diz que crise no Palácio “só se eleva”

Publicado

em

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) retomou nesta quarta-feira (7) a questão da crise política no Palácio Rio Branco que engloba as desavenças do governador Gladson Cameli, e seu vice, Major Rocha.

“O governador usou hoje a caneta azul para um ´sargentaço´ porque devolveu quatro sargentos numa única canetada: Ismael, Joeldson, Sóstenes e Abraão, este do Corpo de Bombeiros”, observou Edvaldo, informando que o grupo integra a Associação dos Militares do Acre e também é ligado ao vice-governador Major Rocha

Magalhães explica que se fosse em outros tempos, seria perseguição aos integrantes da associação. “São quatro vítimas da entrevista do vice-governador”, disse. “Não tem nada tranquilo: essa fogueira está acesa e a crise só se eleva em seu patamar”.

Apresentando imagem e fazendo ironia, Magalhães citou que a turma do “PT nunca mais” está dando exemplo de probidade.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas