Conecte-se agora

Rio Acre continua subindo e deve ultrapassar cota de transbordamento

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

Ao contrário das previsões da própria Defesa Civil Municipal, o nível do Rio Acre ultrapassou a cota de alerta nas últimas 24 horas (13,50 m) e deve passar da cota de transbordamento que é de 14 metros na capital acreana.

Na medição das 6 horas da manhã desta quarta-feira, 24, o nível do Rio Acre em Rio Branco era de 13,76 centímetros, ou seja apenas 24 centímetros do volume de água que faz com que o manancial atinja as primeiras famílias dos bairros mais baixos da capital.

Apesar de todo o panorama, a Defesa Civil não acredita em uma nova enchente em Rio Branco como aconteceu no mês de fevereiro.

“Pelo nosso monitoramento e análise de dados que fizemos a nossa expectativa é que o rio até ultrapasse um pouco a cota de transbordamento, mas se estabilize a partir disso e não tenha um aumento muito elevado. As medições das 9 horas e de meio-dia irão nos dar um panorama mais preciso”, afirma Major Falcão, coordenador da Defesa Civil em Rio Branco.

Cotidiano

Adolescente de 16 anos é apreendido vendendo maconha e cocaína em Rio Branco

Publicado

em

Uma ação dos Policiais Militares da Força Tática do 1° Batalhão resultou na apreensão de um adolescente de 16 anos no final da tarde desta terça-feira, 19, acusado de cometer tráfico de drogas na Rua Vista Alegre, situada no Parque das Palmeiras, em Rio Branco.

A guarnição policial estava fazendo um patrulhamento de rotina na região que é conhecida pelo intenso tráfico de drogas, quando visualizou o adolescente em atitude suspeita na rua. Durante abordagem e vistoria pessoal, foi encontrado em posse do adolescente 47 tabletes de maconha, 32 de trouxinhas de cocaína e uma quantia de R$ 240,00 reais, oriundo das vendas dos entorpecentes.

Diante dos fatos, foi dada voz de apreensão e o adolescente de 16 anos, foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os procedimentos cabíveis.

 

Continuar lendo

Cotidiano

Senado aprova auxílio-gás; dois senadores do Acre votaram e Bittar justificou ausência

Publicado

em

Por 76 votos favoráveis e um voto contrário, o Senado aprovou, nesta terça-feira (19), o substitutivo ao projeto de lei que cria subsídio destinado a famílias de baixa renda para a compra de botijões de gás de cozinha. O texto retornará à Câmara dos Deputados.

Com prazo de vigência de cinco anos, o auxílio Gás para os Brasileiros será destinado às famílias inscritas no CadÚnico, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional, ou que tenham entre seus membros, residentes no mesmo domicílio, quem receba o benefício de prestação continuada (BPC), sendo dada preferência às mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência.

No painel de votação, dois senadores do Acre -Mailza Gomes e Sergio Petecão -votaram ´sim´ pela aprovação do projeto. Marcio Bittar justificou ausência por atividade política e cultural.

“Cada família que está no CadÚnico do Bolsa Família vai receber um subsídio que o governo federal vai definir entre 40 e 50 por cento, de acordo com o estado do Brasil em que a população esteja em maior ou menor dificuldade. E isso é muito importante, porque a média dos recursos que são pagos a famílias brasileiras no Bolsa Família é em torno de 200 reais por mês”, explicou o relator do projeto, senador Marcelo Castro.

O subsídio terá como fontes de custeio os royalties devidos à União em função da produção de petróleo, de gás natural e de outros hidrocarbonetos fluidos sob o regime de partilha de produção; parcela da receita de comercialização do excedente em óleo da União; bônus de assinatura nas licitações de áreas para a exploração de petróleo e de gás natural; os dividendos da Petrobras recebidos pela União e outras dotações orçamentárias.

O valor do benefício será equivalente a, no mínimo, 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos, sendo o pagamento do benefício feito preferencialmente à mulher responsável pela família.

De autoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), o projeto de lei (PL) 2.350/2021 tramitou apensado ao PL 1.374/2021, do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), e ao PL 1.507/2021, do senador Paulo Paim (PT-RS). O parecer do senador Marcelo Castro (MDB-PI) foi pela aprovação do PL 1.374/2021 e pela prejudicialidade dos demais.

Fonte: Agência Senado

Continuar lendo

Cotidiano

Acre recebe mais 22 mil doses contra Covid-19 para completar esquema vacinal

Publicado

em

O Estado do Acre segue a campanha de vacinação contra a Covid-19 e nesta terça-feira, 19 de outubro, recebeu mais um lote contendo 22.230 mil doses de imunizantes da Pfizer, enviados pelo Ministério da Saúde, para completar o esquema vacinal dos acreanos.

Em todo Acre, a relação de doses distribuídas e doses aplicadas corresponde a 79,7% e no cenário nacional o estado ocupa a décima segunda colocação entre os que mais vacinaram, com um percentual de 82,37% entre imunizantes distribuídos e aplicados.

Os municípios acreanos com maior percentual de vacinas aplicadas são: Santa Rosa do Purus com 96,1% e Assis Brasil com 95,9% e Manoel Urbano com 95,5%. Em Rio Branco esse percentual atinge 78,9% e na maioria dos demais a média oscila entre 70% e 87%.

Os que continuam com os menores percentuais são Capixaba com 56,3% e Rodrigues Alves com 66,4%, demandando da coordenação do Programa Nacional de Imunização (PNI) uma série de ações pontuais e contínuas, principalmente em caráter de conscientização sobre a importância de se vacinar com as duas doses.

Continuar lendo

Cotidiano

Ator acreano é assassinado a facadas no Rio de Janeiro pelo ex-namorado

Publicado

em

O jovem acreano Jheison Duarte, 32 anos, foi assassinado na noite de segunda-feira, 18, a facadas pelo próprio namorado em seu apartamento, no Rio de Janeiro (RJ).

Jheison Duarte nasceu em Brasiléia, interior do Acre, mas se mudou para o Rio de Janeiro em 2012, com o intuito de atuar em grandes palcos da dramaturgia brasileira.

De acordo com informações da família, o namorado de seu irmão, identificado como Luan, confessou o crime à polícia após o assassinato e revelou onde estava o corpo.

O autor do crime disse ainda em depoimento que não aceitava o término do relacionamento e, por isso, matou o companheiro. Luan foi à delegacia logo após o trágico episódio.

Um familiar do ator está indo para o Rio de Janeiro no intuito de liberar o corpo do seu irmão, que ainda está à disposição do Instituto Médico Legal (IML) do Estado. A família pede ajuda para trazer o corpo de Jheison ao Acre, onde será velado e sepultado pela família.

Os interessados em contribuir com qualquer quantia podem fazer a doação via pix, no e-mail [email protected] [irmã do Jovem].

Com colaboração de Contilnet

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas