Conecte-se agora

O fim melancólico de um governo

Publicado

em

Não tenho a minima ideia de quem possa ser o governador a partir de janeiro de 2019 e nem tenho coragem ou bola de cristal para opinar quem receberá esse abacaxi chamado Acre nas mãos, mas acredito que o sentimento de boa parte dos acreanos é que essa atual gestão, capitaneada por Sebastião Viana, passe o mais rápido possível, assim como aquelas “friagens do Friale”.

Violência, desemprego e uma penca de coisas aconteceram nesses últimos anos. Tem as boas também. Juro que ainda vou falar disso aqui.

Até concordo com o senador Jorge Viana ao defender seu irmão ao afirmar que Sebastião teria assumido o Estado no pior momento para se governar, mas em se tratando de PT, se o “mano” tivesse dado a volta por cima, dado conta do recado – mesmo com o famigerado “golpe”, ele estaria se sentindo a última bolacha Miragina do pacote. Seria a mais nova Revolução Acreana em 8 anos.

E assim caminha o governo do Acre, sem solução, sem rédeas e com o final melancólico. É triste presenciar um governo se acabando em notas de repúdio e pouca atitude, a não ser com seus adversários. É triste também olhar servidores públicos concursados se submetendo a caprichos do poder, mas vida que segue.

Não vai ter intervenção federal
Não sejamos ingênuos. O Acre não sofrerá nenhuma intervenção federal na área de segurança mesmo a “vítima” do amanhã já estando sentenciada pelo Tribunal do Crime. A cúpula da oposição foi em busca de recursos, de alguma resposta do governo federal, que poderá ou não de fato agir aqui em nosso Estado. Lembrando, é histórico, ajuda na região da fronteira nunca foi prioridade, apesar de milhões em recursos terem sido disponibilizados, mas não se sabe até hoje o que foi feito de fato para reforçar a segurança, principalmente no Acre.

Prosa com o Rocha
Conversei com o deputado federal Major Rocha logo após o término da reunião com Ministro Jungmann. Ele espera algum tipo de ajuda. Ainda não ficou claro o que seria, mas o Serviço de Inteligência já entraria em campo nesta quinta-feira, 12, para juntar informações e nos próximos dias adotar algumas medidas.

Me queimem vivo
Espero sinceramente que a Inteligência de lá não seja como a de cá, que vive de colher fofoca contra adversários. Ou vocês acham, sinceramente, que o delegado virou vice por rezar a Ave Maria ou por ter um sorriso Colgate? Serviços prestados, meus amigos. Serviços prestados…

Fofoca de Bar
Numa roda, em meio a uma partida de sinuca, um grupo de petistas se aproximam e começam a se confessar. Um diz o seguinte: Dos 40 mil votos que Angelim teve em 2014, se ele tiver 20, é muito. Léo de Brito é pesado demais e corre um sério risco apesar de toda a cúpula trabalhar para ele e Sibá Machado parece ter mais habilidade na corrida para retornar a câmara. César Messias também estaria no páreo ainda.

Ainda no Bar
O mesmo grupo, que por sinal era muito eclético, ainda disse o seguinte: a prioridade do PT para estadual é o Zen. “O resto que se lasque”. 

Reunião
Uma reunião para apertar as rédeas de campanha está marcada para os próximos dias. Petistas e aliados da Frente Popular terão a oportunidade de lavar a roupa suja mais uma vez. Nessa “conversa democrática”, os que estão fazendo corpo mole ou de namorico com a oposição serão expostos. Dizem que existem prints de conversas e até vídeos para enquadrar cada um. 

Marcus não está morto
E quem pensa que essa eleição já está garantida para Gladson Cameli é bom já tirando seu cavalinho da chuva. O PT não está morto, muito menos o andarilho tomador de café Marcus Alexandre. Tive a oportunidade de conversar com o pré-candidato recentemente após uma agenda no interior. Eu não conheço candidato mais frio do que ele. Muito astuto e calculista, Marcus só tem a cara de sonso, mas é um expert em fazer política. Ele é daqueles que apanha na cara e ainda sorri. Eu ainda não consegui pegar ele na palavra e olhe que sou bom nisso. O bicho é liso!

Anúncios

Blog do Venicios

Sem vaga no TCE, Ribamar Trindade é exonerado por Gladson após tensões internas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Venicios

Mesmo com repercussão negativa, deputados não desistem dos 100 cargos

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

João Doria reforça convite para Gladson se filiar ao PSDB

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Venicios

Empresário tenta corrigir “falha” do 1º turno com dinheiro e recebe não da equipe de Bocalom

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas