Menu

Pesquisar
Close this search box.

Milho de pipoca vencido é apreendido no Cine Araújo de Rio Branco

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Um email enviado a redação do ac24horas informava sobre uma apreensão de produtos vencidos do interior da lanchonete do Cine Araújo, famosa por comercializar pipocas, doces, água e refrigerantes para os clientes do cinema situado no Via Verde Shopping.


A ação deflagrada pela equipe de fiscais da Vigilância Sanitária Municipal foi realizada na noite de ontem, 11, por volta das 19 horas, e recolheu aproximadamente 42 garrafas pet, entre águas e refrigerantes de 600ml, 15 caixas de milho doce e ainda a proibição no fornecimento dos temperos (sal e pimenta) ofertados gratuitamente aos clientes.

Anúncios


Em entrevista ao ac24horas, a gerente do Cine Araújo, Flávia Bassi, explicou que os produtos recolhidos pela Vigilância Sanitária estavam separados e devidamente catalogados para serem reenviados a fábrica fornecedora da pipoca, a POPCORN.


Flávia Bassi destaca que o milho aprendido era para o preparo de pipoca doce, que já não era comercializado na lanchonete. A justificativa para manter o produto vencido no interior da loja, segundo ela, ocorreu por força de uma norma da empresa fornecedora do milho, que impõem ao franqueado o envio dos produtos vencidos.


“Os produtos vencidos não podem ser descartados no lixo comum. O procedimento é enviar pro fabricante para que façam o descarte, até porque todo produto não comercializado é convertido em nova mercadoria para nós. No mesmo depósito tínhamos também refrigerantes pet de 600 ml e de água com amassados e lacres rompidos, que não estavam vencidos, mas não eram aceitos pelos clientes por estarem danificados . Esses, também seriam trocados por outros em perfeitas condições”, explicou a gerente.


A gerente explica que a demora no envio do milho vencido à fabrica se deu em virtude de problemas logísticos. Ela ressalta que o milho recolhido pela vigilância não pode ser descartado de qualquer forma, pois qualquer prejuízo à saúde de quem reaproveitar esses produtos passará a ser de responsabilidade do órgão, pois todos os produtos foram cadastrados pelo código de barra e um relatório da apreensão dos vencidos foram protocolados e enviados a fábrica.


“Nem a vigilância sanitária daqui possui condições de descartar esses produtos da forma correta. Esses produtos que estão sob a responsabilidade deles, precisa ser enviado a Popcorn para que façam o descarte adequado”.


Flávia Bassi conta que após a fiscalização de rotina, realizada anualmente para renovação do alvará de funcionamento, proibiu a empresa de oferecer temperos, como o sal e a pimenta.


“Ontem houve um principio de tumulto, pois muitos clientes reclamaram porque queriam sal e pimenta, mas não poderemos mais fornecer. A determinação foi dada pela Vigilância e será cumprida. Só será permitido uso de temperos em embalagens individuais. Por hora não estaremos fornecendo, por isso, pedimos a compreensão de nossos clientes”, justifica a gerente.


A reportagem do ac24horas tentou inúmeras vezes contato com a Divisão da Vigilância Sanitária Municipal, na pessoa do senhor Romeu Cordeiro Barbosa Neto, porém não obteve êxito. A reportagem ainda ligou inúmeras vezes no celular do gestor, porém ele não atendeu as chamadas, nem retornou.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido