Conecte-se agora

Acrelândia parou para assistir o final do julgamento de acusados pela morte do vereador Pinté

Publicado

em

Ana Paula, 16 anos, estudante, é uma das mais de cem pessoas que lotam a sala do PETI, localizado ao lado do Fórum de Acrelândia, onde foi montado um telão com áudio e vídeo transmitido direto do Tribunal do Júri. As aulas das escolas municipais foram suspensas e a cada hora que se aproxima do resultado final do julgamento, aumenta o número de pessoas em frente à Comarca.

População lota a sala do PETI, ao lado do Tribunal do Júri

 

Ana Paula disse que espera que seja feita justiça. “Se for provado que eles fizeram o crime, que eles sejam mantidos presos, mas se não for comprovado, que eles sejam soltos”, disse a estudante. Elaine Lopes, acadêmica do curso de letras, espera que a verdade prevaleça durante o julgamento. Ela está do lado de fora do Fórum e vai esperar até a hora da sentença.

Mesmo com uma temperatura aproximada em 40º C dentro da sala de 48m², cada postura mais radical adotada pelas promotoras ou pelos advogados de defesa é comemorada como um gol através dos presentes que em sua maioria, pedem a condenação dos acusados.

Acusação e defesa se enfrentam em réplica e tréplica, a previsão é que a votação dos jurados tenha início às 18 horas.

Jairo Carioca – de Acrelândia, Acre.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas