Menu

“Não fechamos nenhum candidato para a prefeitura”, diz Duarte

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O presidente do REPUBLICANOS, deputado federal Roberto Duarte, disse ontem ao BLOG que tem gente falando em nome do partido com candidatos a prefeito sem autorização da direção. “Quem pode falar na capital pelo partido sou eu, e em determinados municípios a deputada federal Antônia Lúcia (REPUBLICANOS), com quem estou afinado”, reagiu ontem o parlamentar sobre notícias que dão a sigla no palanque do prefeito Tião Bocalom, na eleição deste ano. Duarte disse que vai abrir conversas com o Bocalom, Alysson Bestene (PP) e Emerson Jarude (NOVO), para definir com quem o REPUBLICANOS marchará na eleição de Rio Branco. “Só não vamos conversar com o candidato Marcus Alexandre, que representa a esquerda”, enfatizou ao BLOG. Duarte também deixou um recado: “O REPUBLICANOS não aceita ficar de fora da chapa majoritária com quem for se aliar. Se isso não for possível, vamos de candidatura própria”, advertiu.


CASA SEM DONO


O deputado federal Roberto Duarte tem razão, o REPUBLICANOS está parecendo Casa de Noca, em que todo mundo manda sem ser o dono da casa. É preciso mesmo pôr ordem.


QUESTÃO DE HONRA


Está certo que o ex-deputado Antônio Pedro deverá ser o candidato a prefeito de Xapuri pelos REPUBLICANOS. A campanha será conduzida pela deputada federal Antônia Lúcia (REPUBLICANOS), para quem é questão de honra eleger Antônio Pedro prefeito. Xapuri será prioridade do partido.


DISPUTA INTERESSANTE


Em Xapuri, deverá acontecer uma das campanhas mais virulentas para a prefeitura desta eleição. De um lado estará a deputada federal Antônia Lúcia (REPUBLICANOS) e do outro seu inimigo pessoal, o deputado Manoel Moraes (PP). Cada um com o seu candidato a prefeito.


GUERRA DE OFENSAS


Recentemente, a deputada federal Antônia Lúcia (REPUBLICANOS) e o deputado Manoel Moraes (PP) trocaram ofensas pessoais pesadas pela mídia, por questões familiares.


NÃO BRIGA PELA VICE


Já ouvi do senador Sérgio Petecão (PSD), que caso seja fechada a aliança de apoio ao candidato a prefeito Alysson Bestene (PP), não vai brigar para indicar o vice da chapa.


VIROU UMA BRINCADEIRA


Essa tão falada aliança entre o senador Sérgio Petecão (PSD) e o governador Gladson Cameli, virou uma brincadeira de crer em Sacy Pererê, Mapinguari e Mula sem Cabeça. E está ficando muito mal para a imagem do Petecão, porque cria a aura para a população de que está, sendo humilhado pelo Gladson.


VAI MATAR DE RAIVA


O governador Gladson voltou a tecer fartos elogios ao presidente Lula, e disse que deixou a barba crescer em sua homenagem. O Gladson ainda vai matar o extremista de direita e bolsonarista radical Márcio Bittar (UB) de raiva, com os elogios ao Lula.


CANDIDATO ESCOLHIDO


O prefeito de Porto Acre, Bené Damasceno (PP) já definiu o candidato para a sua sucessão: é o vereador Máximo da Quadrangular.


NOME COMPETITIVO


Por ter sido um bom prefeito, o médico Rodrigo Damasceno (PP), é que se torna um nome muito competitivo para a prefeitura de Tarauacá.


O QUE DIFERENCIA


A diferença entre os dois declarados candidatos a governador em 2026, senador Alan Rick (UB) e a vice-governadora Mailza Assis (PP), é que o Alan faz política, projeta na mídia seus feitos; já a Mailza é discreta no que realiza. E o Alan ganha folgado da Mailza na divulgação do seu mandato.


DATA DE FILIAÇÃO


Quem quiser ser candidato na eleição deste ano tem de abandonar seus cargos de confiança nos primeiros cinco dias de abril. O prazo é extensivo a novas filiações, como no caso do prefeito Bocalom, que deve ir para o PL do Márcio Bittar (UB) neste prazo.


FAZENDO PROPAGANDA


Isso se aprende no Jardim de Infância da política, quanto mais você fala do seu adversário mais o projeta e esquece de falar da sua candidatura.


EM TRETA


O eleitor não quer saber de treta entre candidatos a prefeito, quer na verdade saber o que cada um pode fazer para resolver os problemas da cidade.


SEM AGENDA


Um dos condutores da campanha do Marcus Alexandre (MDB) a prefeito de Rio Branco revelou ontem ao BLOG, que o seu principal problema é achar espaço na agenda de reuniões, tão grande é o número de convites.


TUDO PODE ACONTECER


Pode até acontecer a perda de mandato de três deputados federais do Acre, no julgamento do próximo dia 8, no STF; mas acho improvável. Pode haver uma modulação para que as mudanças na soma das sobras eleitorais, só ocorram na próxima eleição.


TANTO FAZ, COMO TANTO FEZ


A candidatura do deputado Emerson Jarude (NOVO) a prefeito de Rio Branco, está naquele do tanto fez como tanto faz o resultado, porque se perder permanecerá no mandato.


MOVIMENTO


Há um movimento entre alguns deputados para que o deputado Luiz Gonzaga (PSDB) não venha ser secretário-geral da ALEAC, após o fim do seu mandato na presidência. Ele sabe que existe este fogo de monturo, porque nada fica em segredo no parlamento.


TEM QUE RESOLVER


A deputada federal Socorro Neri (PP) apresentou em reunião no fim de semana em Assis Brasil, o ex-vereador Joelson Pontes, como o único pré-candidato do PP a prefeito de Brasiléia,e ainda pediu uma salva de palmas para ele.


OPINIÃO PESSOAL


Pela minha experiência, pelo que conheço do Gladson, fosse a prefeita Fernanda Hassem não se filiaria ao PP antes dele resolver de forma oficial com quem ficará o comando da sigla, em Brasiléia. É ele quem tem de desfazer de público o nó dessa situação. E, não pode empurrar com a barriga e falar só entre quatro paredes. Tem que reunir o partido e decidir. Ou continua a confusão.


FRASE MARCANTE


“É melhor ser dono de uma moeda do que escravo de duas”. Ditado grego.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.