Menu

IPTU 2023 de Rio Branco terá desconto de 20% para quem pagar cota única, diz Bocalom

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, acompanhado de secretários municipais, lançou nesta segunda-feira, 6, o IPTU 2023 e anunciou os descontos que serão oferecidos à população.


De acordo com a prefeitura, são 120 mil carnês que serão entregues nas residências a partir da segunda quinzena deste mês de fevereiro. A expectativa de arrecadação chega a R$ 88 milhões.


O secretário de Finanças, Wilson Leite, falou sobre os descontos que serão oferecidos tanto para quem opta por cota única, como para quem deseja fazer o pagamento de forma parcelada. “O nosso prazo é dia 31 de março, tanto para quem quiser pagar de uma única vez ou para a primeira parcela. Para quem optar por pagar em uma parcela única e não tem dívidas de exercícios anteriores estamos dando 20% de desconto. Para quem tem dívidas e vai pagar de uma vez, o desconto é de 10%. Mesmo quem vai pagar de forma parcelada e não tem débitos, vamos oferecer um desconto de 10%”, disse Leite.

Publicidade

O gestor afirmou ainda que o município estuda o lançamento de um programa de Recuperação Fiscal para este ano. “Para quem tem dívidas de exercícios anteriores, temos o parcelamento em até 36 vezes. O prefeito já autorizou e estamos em fase de estudo de um Refis para este ano”.


Bocalom falou da importância do recurso para a prefeitura. “A população está sempre cobrando que a rua esteja limpa, que se tape um buraco, mas precisa entender que precisa pagar pelo menos o IPTU. O imposto tem a porcentagem do terreno e da construção e a gente pede que as pessoas entendam que os imóveis estão sendo valorizados quando arrumamos a cidade. Apesar da pandemia, a população tem compreendido isso e estamos na nossa gestão tendo aumento no número de pessoas que estão pagando o imposto”, disse.


De acordo com a prefeitura não houve aumento, apenas correção da inflação em torno de 6%. “O que vai acontecer é que algumas pessoas podem receber um valor maior, já que fizemos um levantamento de duas semanas. Se uma pessoa, há 10 anos tinha uma casa e aumentou neste período, vai ter aumento. Quem tiver dúvida, pode procurar a prefeitura para receber as explicações”, afirma Bocalom.


 


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido