Conecte-se agora

União Brasil, PT e MDB recebem maior quantia do Fundo Eleitoral

Publicado

em

FONTE: Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou a partilha dos R$ 4,9 bilhões do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), o Fundo Eleitoral, destinado às legendas para as Eleições Gerais de 2022. O maior Fundo Eleitoral da história foi dividido entre os 32 partidos políticos registrados no TSE. O União Brasil, PT, MDB são os partidos com maior quantia recebida.

O União Brasil, nascido da fusão entre Democratas e PSL, teve direito a mais de R$ 782 milhões. Já o PT recebeu pouco mais de R$ 503 milhões. O MDB teve direito a R$ 363 milhões. Além disso, o PSD recebeu R$ 349 milhões e o PP aproximadamente R$ 344 milhões. Juntas, essas cinco legendas respondem por 47,24% dos recursos distribuídos.

O Fundo Eleitoral foi criado em 2017. Sua criação se seguiu à proibição do financiamento privado de campanha. Em 2015, o Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu doações de empresas a campanhas políticas, sob a alegação de haver desequilíbrio na disputa política e exercício abusivo do poder econômico.

Para distribuir o Fundo Eleitoral, o TSE utiliza critérios definidos em lei. Dois por cento do total são divididos igualmente por todos os partidos registrados no tribunal.

Além disso, 35% são divididos entre os partidos que tenham pelo menos um representante na Câmara dos Deputados, na proporção do percentual de votos obtidos por eles na última eleição. Outros 48% são divididos entre os partidos na proporção do número de representantes na Câmara e 15% divididos na proporção do número de representantes no Senado.

Os recursos do Fundo Eleitoral não são repassados aos partidos a título de doação. Eles devem ser usados exclusivamente no financiamento das campanhas eleitorais, e as legendas devem prestar contas do uso desses valores à Justiça Eleitoral. A verba repassada só ficará à disposição do partido político depois que ele definir critérios para a distribuição dos valores. Esses critérios devem ser aprovados pela direção executiva nacional do partido e precisam ser divulgados publicamente.

Confira abaixo os dez partidos que mais receberam receitas do Fundo Eleitoral:

– União Brasil: R$ 782.549.751,69

– PT: R$ 503.362.324,00

– MDB: R$ 363.284.702,40

– PSD: R$ 349.916.884,56

– PP: R$ 344.793.369,45

– PSDB: R$ 320.011.672,85

– PL: R$ 288.519.066,50

– PSB: R$ 268.889.585,68

– PDT: R$ 253.425.162,09

– Republicanos: R$ 242.245.577,52

Acre

Homem passa 2 horas preso em elevador da rodoviária

Publicado

em

Um servidor da Rodoviária Internacional de Rio Branco, que não teve o nome revelado, passou por momentos de susto na tarde desta sexta-feira, 12, quando o elevador que existe no local simplesmente travou com o servidor dentro que passou cerca de duas horas para ser resgatado.

De acordo com testemunhas, elevador simplesmente parou de funcionar na hora da descida, deixando o servidor desesperado.

Pessoas que passavam perto ouviram os pedidos de socorro e identificaram que vinha do elevador e acionaram o Corpo de Bombeiros que resgatou o servidor.

O ac24horas entrou em contato com o coordenador da Rodoviária Internacional de Rio Branco, Kiko Lima, que garantiu que o elevador estava em plenas condições de uso. “O elevador não tinha nenhum problema, pelo contrário. O pessoal aqui da RBTrans havia providenciado a manutenção nos últimos dias. A gente vai ver o que ocorreu, mas ele não tinha nenhum problema de falta de manutenção” garantiu.

Uma perícia vai realizada no elevador para descobrir qual a causa do problema mecânico que fez com que o servidor ficasse preso por 2 horas.

Continuar lendo

Acre

Deputado Jenilson Leite declara ter apenas R$ 367 mil em bens

Publicado

em

O médico e deputado estadual Jenilson Leite pediu nesta sexta-feira (12) registro de candidatura ao Senado pelo PSB apontando como suplentes o Coronel Anastácio, ex-comandante da Polícia Militar do Acre no governo de Sebastião Viana, e o ex-vice-governador César Messias.

Jenilson Leite é acreano de Tarauacá e declarou à Justiça Eleitoral possuir bens que chegam a um total de R$ 367.210,29. Do patrimônio, os bens mais valiosos são dois veículos. Não há casa ou apartamento informado na declaração atual.

Jenilson está em seu segundo mandato de deputado estadual. Em 2014, quando elegeu-se pela primeira vez pelo PC do B, seus bens totalizam R$120.000,00 -um carro e bens relacionados com o exercício da atividade autônoma. Em 2018 declarou R$370.000,00, valor um pouco maior que o atual. Assim sendo, considerando que há estabilidade entre a 2ª e 3ª declarações, é possível dizer que desde 2014 o patrimônio de Jenilson cresceu mais de 200%.

O pedido de registro de Jenilson confirma que o PSB seguirá isolado nesta campanha.

Continuar lendo

Acre

Nazaré Araújo informa que perdeu patrimônio nos últimos 4 anos

Publicado

em

A Justiça Eleitoral recebeu de Nazaré Araújo (PT), procuradora do Estado aposentada e ex-vice-governadora do Acre, pedido de registro de candidatura ao Senado pela Federação Brasil da Esperança, que reúne, além do PT, o PV e o PCdoB. Ela declarou ao Tribunal Superior Eleitoral possuir nove bens que somam R$ 3.528.621,02. O mais valioso, de R$ 1.674.905,46, é uma das três casas que diz ser proprietária. Nazaré possui ainda quatro apartamentos, um consórcio não contemplado e um veículo automotor.

Candidata a deputada estadual em 2010, Nazaré declarou à época possuir R$ 498.837,45. Já em 2014, quando elegeu-se vice-governadora, os bens eram mais que o dobro de quatro anos antes: R$ 1.061.344,52.

Em 2018, quando candidatou-se a suplente de senador na chapa de Jorge Viana que não conseguiu a eleição, Nazaré informou possuir R$ 3.925.210,30, valor menor que o atual. No entanto, comparando com 2010, o patrimônio atual é ao menos oito vezes maior que na 1ª campanha.

Sua candidatura tem dois suplentes: Sibá Machado, do PT, e Tião Bruzugu, do PV. Nascida no Rio de Janeiro, Nazaré é filha de José Augusto Araújo, ex-governador do Acre.

Continuar lendo

Acre

Alan Rick será homenageado em formatura de 26 anos do BOPE

Publicado

em

O candidato ao Senado da República pelo União Brasil, o deputado federal Alan Rick, será um dos homenageados na tarde desta sexta-feira, 12, na formatura de aniversário dos 26 anos do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), na capital acreana.

O evento acontece às 16 horas, no Quartel do BOPE e vai condecorar militares e homenagear autoridades civis e militares. O batalhão é uma tropa de elite da polícia, treinada especialmente para o combate em diversas situações e para o resgate de reféns.

“Me sinto orgulhoso de ser homenageado pelo BOPE. A segurança pública é sempre uma prioridade e o combate ao crime passa pela formação e o compromisso de nós, parlamentares, em buscar recursos para fortalecer cada vez mais nossas policiais”, disse Alan Rick.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!