Conecte-se agora

Por crise financeira, Zequinha reduz seu salário, de vice e secretários por tempo indeterminado

A redução abrange os salários do prefeito, vice-prefeito e secretários por tempo indeterminado

Publicado

em

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, decretou Situação de Anormalidade Financeira no município. O Decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 24 e ao lado de seu vice, Henrique Afonso, e dos secretários, Zequinha deu entrevista coletiva onde anunciou a redução de 10% do valor bruto do salário dele, do vice, dos secretários municipais e dos 230 cargos comissionados da prefeitura por tempo indeterminado.

O gestor municipal determinou ainda a contenção de gastos com energia elétrica em todas as secretarias e seus anexos como escolas, postos de saúde e outros setores externos, sem interromper a normalidade da execução dos serviços públicos e proibiu a elevação de gastos de qualquer natureza.

De acordo com o prefeito, o objetivo é economizar para não comprometer a folha de pagamento dos cerca de 4 mil funcionários, pagar fornecedores, não demitir, manter os serviços essenciais e não parar o serviço de infraestrutura nos bairros de Cruzeiro do Sul.

“O Decreto visa o equilíbrio financeiro da prefeitura e a prioridade é manter o pagamento em dia dos servidores e fornecedores e manter os empregos. Vamos reduzir nosso salário do vice, secretários e cargos comissionados e só com os comissionados vamos economizar R$ 300 mil mensalmente”, citou o prefeito lembrando que assim que assumiu reduziu o número de cargos comissionados garantindo economia de R$ 1 milhão por ano.

Dívidas desde 2016

Zequinha Lima afirma ter recebido uma enxurrada de ações e cobranças de dívidas feitas desde 2016, como da Receita Federal e INSS que soma R$ 200 milhões, de precatórios de R$ 5 milhões e de empréstimos, de R$ 300 mil mensais.

“E somado a tudo isso, segundo a Sefaz, os municípios tiveram perda de cerca de R$ 8 milhões este ano. Aqui no município para se ter uma ideia dos R$ 6 milhões de IPTU que deveríamos ter arrecadado no ano passado , só conseguimos R$ 1,5 milhão. E esses serviços essenciais da prefeitura, como coleta de lixo, iluminação e outros, só são executados com recursos próprios. Então precisamos que a sociedade também colabore e pague seus impostos. Esse Decreto é por tempo indeterminado até que a situação econômica do município tenha uma melhora e nós possamos inclusive atender a justa reivindicação de reajuste dos servidores “, afirma.

Quilômetros a menos de asfalto este ano

O vice-prefeito de Cruzeiro do Sul, Henrique Afonso destaca que o município cresceu muito, impulsionando a demanda por serviços públicos. ” A prefeitura precisa acompanhar esse crescimento do município com a oferta de serviços e equilibrar isso com a elevação dos preços e controle das finanças. Vamos fazer esse esforço para chegar em 2023 com a prefeitura saneada “, atestou.

Ano passado, segundo a prefeitura, foram asfaltados 5 quilômetros de ruas em Cruzeiro do Sul com investimento de R$ 1, 4 milhões.

Este ano, de acordo com o prefeito, com os mesmos recursos será possível fazer pouco mais de 3 quilômetros de asfalto devido ao aumento dos preços de material de construção, combustível, asfalto e outros insumos. ” A inflação corroeu o valor dos recursos, mas vamos seguir com o asfaltamento das ruas por meio do Convênio com o governo do Estado assim que o verão se firmar”, concluiu.

Acre 01

Petecão se reúne com empresários da construção civil que reclamam de falta de licitação

Publicado

em

O candidato a governador Sérgio Petecão (PSD) esteve reunido nesta terça-feira, 16, juntamente com o candidato a vice Tota Filho (PSD) e a candidata ao Senado Vanda Milani (PROS), com empresários da construção civil do Vale do Juruá, onde na oportunidade apresentou seu plano de governo.

De acordo com relatos ouvidos pelo candidato, a principal reclamação dos empresários da região é quanto a fuga do capital financeiro do Acre para outros estados da federação, por conta de empresas de fora do estado que passaram a ganhar licitações do governo para execução de obras e oferta de produtos e serviços. “Tem duas empresas só que trabalham no governo, e nós aqui de Cruzeiro do Sul não conseguimos chegar na licitação, porque não existe mais licitação para nós, por causa da carona que tem no estado já junto com as duas empresas”, declarou o presidente da entidade, Cláudio Negreiros.

Petecão disse aos representantes do setor que o relato dos empresários de Cruzeiro do Sul é o mesmo já ouvido pelos candidatos em outras regiões do estado. “Isso só confirma o que já sabíamos. É inadmissível, não tem sentido, que empresas venham de outro estado e tirem as oportunidades das empresas aqui do Juruá”, ressaltou.

Na ocasião, o candidato a vice-governador Tota Filho, que é da região, também se comprometeu em defender a participação das empresas locais nos processos licitatórios do governo, para que elas possam gerar empregos e aquecer a economia local. “Como vimos aqui, o nosso plano de governo já contempla essas demandas e esse encontro foi a confirmação de que nós teremos um governo que realmente atende os interesses da sociedade”, garantiu Filho.

Continuar lendo

Acre 01

Com chance de Mailza ser impugnada, Grandidier e Alysson ressurgem na disputa de vice

Publicado

em

A ação movida pelo Ministério Público Eleitoral do Acre pedindo a impugnação da candidatura da senadora Mailza Gomes (Progressistas), como candidata a vice na chapa de Gladson Cameli, caiu como uma bomba no Palácio Rio Branco. Com isso, nomes que haviam sido descartados antes das convenções como dos ex-secretários Rômulo Grandidier e Alysson Bestene voltam à baila como postulantes a vice de Cameli, caso a justiça entenda que a parlamentar está de fato inelegível.

Nos últimos meses, Grandidier e Bestene travaram uma “guerra fria” dentro do Palácio com o objetivo de convencer o governador de escolher um dos dois para ser vice. A disputa entre os dois acabou dividindo o governo entre apoiadores do ex-chefe da Casa Civil e do ex-secretário de Saúde, porém ambos acabaram derrotados após o nome de Mailza ser confirmado como vice. De lá para cá, Rômulo se tornou coordenador da campanha de Cameli e Alysson trabalhava nos bastidores, já que sabia da possibilidade da impugnação da candidatura de Mailza.

Continuar lendo

Acre 01

Sem JV, Marcus e militância do PT iniciam campanha no Terminal Urbano: “agora é do vera”

Publicado

em

A militância do Partido dos Trabalhadores iniciou na manhã desta terça-feira, 16, a campanha visando a disputa das eleições de 2022. Sem Jorge Viana, candidato ao governo, que se encontra em São Paulo para agenda com o presidenciável Lula, coube ao ex-prefeito de Rio Branco e candidato a vice, Marcus Alexandre, dar o pontapé inicial do adesivaço.

Acompanhado de dezenas de militantes, Marcus distribuiu adesivos, abraços e compartilhou ideias com as pessoas que passavam pela região do Terminal Urbano e Avenida Ceará.

“Campanha começando, mas para a gente nem parece um começo. Por que não é de hoje que a gente se encontra nas ruas e eu quero chegar ainda mais nos municípios. Mas agora é do vera e eu estou com o Jorge para governo, a Nazaré é a nossa Senadora, com o Lula presidente.

Nós nos preparamos, sabemos dos problemas que o Acre sofre e, a partir de hoje, vamos dialogar com as pessoas e apresentar propostas concretas para melhorar a vida de todos os acreanos”, disse Marcus.

A campanha do PT nesta terça inicia nos 22 municípios de forma simultânea, mas em Rio Branco seis pontos terão prioridade no primeiro momento.

Continuar lendo

Acre 01

Confira a agenda dos candidatos ao governo do Acre no primeiro dia de campanha

Publicado

em

Nesta terça-feira, 16, inicia oficialmente o período de campanha para as eleições 2022. Os candidatos ao governo do Acre vão às ruas em busca de conquistar seus eleitores.

As coligações e partidos políticos programaram estratégias e roteiros que envolvem desde a participação em eventos, visitas ao interior, gravação de vídeos, entre outras ações.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, sete candidaturas foram registradas para concorrer ao cargo de governador no estado acreano.

Acompanhe a agenda dos candidatos:

David Hall (AGIR)
– 08h às 11h: Reuniões de campanha nos bairros Sobral, Conjunto Bela Vista e Jardim Alah;
– 13h às 15h: Entrevista na TV Gazeta com um representante do AGIR;
– 16h às 17h30: Live transmitida via Instagram no Centro da cidade para falar sobre projetos e concepções de Governo;
– 19h às 22h: Campanha nos bairros Quinze, Aeroporto Velho e Avenida Ceará.

Gladson Cameli (PP)
O governador e candidato a reeleição pelo Progressistas, está no município de Cruzeiro do sul para participação do Novenário de Nossa Senhora da Glória e tem a previsão de retorno à capital apenas na quinta-feira, 18, onde irá em um caminhada na Baixa da Sobral.
A coordenação da campanha irá realizar gravações de vídeos às 10h e discutirão ações administrativas, às 15h.

Jorge Viana (PT)
O candidato ao governo pelo Partido dos Trabalhadores, está em São Paulo, em agenda com o ex-presidente Lula.
Sua equipe e coordenação prepara uma mobilização nos 22 municípios do Acre, com reuniões, encontros, adesivação e bandeiraços ao longo do dia.

Em Rio Branco, seis pontos serão ocupados, liderados pelo candidato a vice-governador, Marcus Alexandre e pela candidata ao Senado, Nazareth Araújo, em Cruzeiro do Sul.

Mara Rocha (MDB)
– 08h: Realização da Caminhada da Esperança, no Calçadão da Benjamin Constant, em Rio Branco;
– 14h: Gravação do Programa Eleitoral;
– 19h: Reunião com apoiadores, no bairro Bosque.

Márcio Bittar (UNIÃO)
O candidato programa o dia para realizar reuniões com lideranças políticas do Estado.

Sérgio Petecão (PSD)
– 07h: Café da manhã com apoiadores;
– 08h: Mobilização para inauguração do Comitê, reunião com pescadores de Cruzeiro do Sul;
– 12h: Almoço no município de Cruzeiro do Sul;
– 16h: Inauguração do Comitê Com a Força do Povo, em Mâncio Lima;
– 19h: Inauguração do Comitê da coligação Com a Força do Povo, em Cruzeiro do Sul e lançamento da candidatura majoritária.

Professor Nilson (PSOL)
– 10h: Participação no Encontro da Engenharia, Agronomia e Geociências Acreana, junto com outros candidatos ao Governo, no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Acre (CREA – AC).

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.