Conecte-se agora

Gladson estará no palanque com Bolsonaro e tentará repassar R$ 15 mil do Fundeb a cada professor do Estado: “presente de Natal”

Governador disse ainda que seguirá no palanque ao lado do presidente Jair Bolsonaro

Publicado

em

Durante entrevista concedida ao programa Boa Conversa, do ac24horas, na noite desta segunda-feira, 22, o governador Gladson Cameli falou pela primeira vez o que vem tentando fazer com os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) que estão parados no estado. Para não perder o dinheiro, Cameli enviará nesta terça-feira, 23, um Projeto de Lei (PL) à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para tentar dividir o montante entre professores e alguns servidores da educação estadual.

Conforme disse aos jornalistas Marcos Venícios e Astério Moreira, esses servidores da educação podem ficar tranquilos que ele irá encaminhar o PL para tentar dar “um presente de natal”. O objetivo é valorizar financeiramente os professores com cerca de R$ 15 mil cada um. Entretanto, Cameli disse que esse valor pode ser alterado, pois a equipe ainda deve verificar o montante exato aos trabalhadores, mas que à priori, seria mesmo os R$ 15 mil.

“Temos que valorizar quem nos ensina a respeitar a constituição. É como se fosse um abono salarial com recurso do Fundeb, que tem que ser gasto obrigatoriamente com a educação e não pode ser usado aleatoriamente. É melhor valorizar o servidor nesse momento”, afirmou ao ac24horas.

Segundo o governador, a intenção é movimentar todo esse recurso que está à disposição e que poderia ser utilizado para outros fins na educação, mas que não haverá tempo. O PL deve ser finalizado e encaminhado aos deputados estaduais nessa terça-feira. “Ele deve ser aprovado e analisado em caráter de urgência. Os professores merecem esse presente de natal. Espero que todos os parlamentares ajudem e não entrem em discussão”.

Palanque com Bolsonaro

Ainda durante a conversa, Cameli revelou que estará no palanque junto com o presidente da República, Jair Bolsonaro, para apoiar a reeleição do militar. Segundo ele, há vários fatores que contribuem para isso. “O presidente nacional do meu partido (Progressistas) é o ministro-chefe da Casa Civil, então só por esse motivo estaria no palanque”, comentou.

Além disso, Cameli diz que foi apoiado pelo presidente em sua gestão. “Tivemos o reequilíbrio das nossas finanças. Estarei, sim, no palanque do presidente, até porque possivelmente o PP vai indicar o vice [presidente]”.

Veja a entrevista:

video

Acre

Portal de entrada do Parque da Maternidade ganha novas cores

Publicado

em

A reforma do Parque da Maternidade, um dos cartões postais de Rio Branco, vem repercutindo nas redes sociais após na tarde desta quinta-feira, 2, o mosaico em tons de azul pintados com uma aparência totalmente diferente da que sempre teve ao longo dos seus quase 20 anos.

As intervenções vêm sendo realizadas desde setembro, a partir do perímetro em frente ao Terminal Urbano e, seguem até o Skate Park.

O Parque da Maternidade foi inaugurado no ano de 2002, na gestão do ex-governador, Jorge Viana (PT), e é um dos pontos turísticos mais importantes da capital. Conta com 7 km de extensão e seu percurso passa pela parte central da cidade.

Continuar lendo

Destaque 6

Acre segue com tendência de crescimento de síndromes respiratórias

Publicado

em

Mantendo o previsto nas duas últimas edições, o novo boletim da Fiocruz divulgado nesta quinta-feira (2) indica que o Acre segue tendência de crescimento nas síndromes respiratórias agudas graves pelas próximas semanas.

A mais nova edição do Boletim InfoGripe é referente à Semana Epidemiológica 47 (de 21 a 27 de novembro), e mostra que 13 das 27 unidades federativas apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG): Além do Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio de Janeiro, Rondônia e São Paulo mostram tendência de crescimento das SRAGs.

Destes, os que mais chamam a atenção são Pará, Ceará e Rio de Janeiro. No dado nacional, embora se mostre como um crescimento leve, podendo ser compatível com cenário de oscilação em torno de valor estável, a análise por faixa etária indica se tratar de aumento em todas as faixas etárias abaixo de 60 anos. A análise foi feita tendo como base os dados inseridos no Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até 22 de novembro.

De acordo com o pesquisador Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe, ”na população com 30 anos ou mais o crescimento é relativamente pequeno, sendo mais expressivo e presente desde novembro em crianças, adolescentes e jovens adultos (20-29 anos)”. No caso das crianças (0-9 anos), os resultados laboratoriais associados a esses casos seguem apontando predomínio de vírus sincicial respiratório (VSR), que acompanha a tendência de aumento de SRAG nessa faixa etária. No caso dos adolescentes (10-19 anos) e jovens adultos (20-29 anos), se mantém majoritariamente associados à Covid-19.

Embora mais da metade das 27 unidades federativas apresentem sinal de crescimento na tendência de longo prazo (últimas seis semanas) até a semana 47, em parte delas o cenário de crescimento recente ainda é compatível com oscilação em torno de um valor estável.

Rio Branco está fora da lista de capitais com tendência de aumento das SRAGs nas próximas semanas.

Continuar lendo

Acre 01

Rutemberg Crispim deixa a comunicação do governo e Nayara Lessa assume interinamente

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 2, o jornalista Rutemberg Crispim entregou uma carta de demissão ao secretário da Casa Civil, Rômulo Grandidier, pedindo desligamento do comando da Secretaria de Comunicação do governo. Alegando problemas pessoais, Crispim deve ter seu decreto de exoneração publicado nós próximos dias.

Como a jornalista Silvania Pinheiro, assessoria do governador e ex-secretária da pasta não sinalizou positivamente com um possível retorno a pasta, quem está sendo cotado para substituir Crispim na Secom é o jornalista Jeferson Dourado, que ué recentemente foi demitido da TV Acre, onde atuou por mais de 25 anos.

Emissários do governador sondaram Jeferson, mas não existe nenhuma conversa oficial ainda sobre ele assumir a pasta.

Quem deve assumir o comando da Secom interinamente enquanto o titular não é escolhido é a jornalista Nayara Lessa.

Continuar lendo

Extra Total

Durante encontro com associações, Gladson garante esforço para conceder reivindicações de militares

Publicado

em

Em encontro realizado na tarde desta quinta-feira (02), na sala de reuniões da Casa Civil, o governador Gladson Cameli reuniu vários representantes do Governo do Estado e representantes de entidades de classes dos policiais militares do Estado do Acre.

O objetivo foi discutir as análises jurídicas da Procuradoria-Geral do Estado, com base na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) das reivindicações feitas pela categoria profissional ao governo, entre elas a base de cálculo para inativos, promoção requerida, adicional de titulação e a possibilidade de apresentação de curso sequencial para a promoção de mudança de quadros, além de adequar o posto e a graduação dos militares aposentados.

O procurador-Geral do Estado, João Paulo Setti e o procurador Cristovam Moura destacaram o total empenho do governador Gladson Cameli para conceder os benefícios solicitados pelos policiais e bombeiros militares, mas ponderaram que o adicional de titulação trata-se de um assunto delicado devido os impeditivos da Lei de Responsabilidade Fiscal uma vez que o governo ultrapassou o limite prudencial de gastos.

“A PGE entende que as reivindicações são possíveis desde que o governo esteja apto dentro do que a legislação determina e o Tribunal de Contas assevere a forma adequada uma vez que o estado já ultrapassou seu limite prudencial, e a lei é clara que no momento atual a administração pública estadual está impedida de atender algumas das solicitações, e no caso da titulação é necessária uma revisão legislativa no momento adequado”, disse João Paulo.

Os procuradores enfatizaram a boa vontade do governador em conceder os benefícios informando a visita institucional feita ao Tribunal de Contas do Estado pelo próprio Gladson Cameli solicitando agilidade na consulta formulada pelo Governo do Estado acerca da possibilidade permitida por Lei para que a concessão do adicional de titulação seja dada aos militares estaduais.

Em sua fala, o governador Gladson Cameli garantiu que continuará sua luta dentro do governo para dar condições de trabalho aos militares, e relatou sua visita ao Tribunal de Contas sobre a consulta do Governo do Estado no âmbito da Corte de Contas acerca do adicional de titulação. “Tenho dedicado todo esforço necessário dentro do que é permitido pela Lei para que as reivindicações da categoria dos profissionais militares sejam atendidas, à exemplo da promoção requerida, alíquota para os militares inativos, e todos os benefícios garantidos pela Lei de Proteção Social”, disse Cameli.

Gladson frisou, ainda que permanece à disposição de todos os servidores do estado, e é grato pela compreensão, respeito e reconhecimento da categoria dos militares do Estado do Acre uma vez que sua função como chefe do Poder Executivo exige responsabilidade e compromisso em resguardar a legislação no que diz respeito a economia do estado.

Secretários destacam avanços para os militares acreanos

O secretário da Casa Civil, Rômulo Grandidier, disse que a titulação poderá ser concedida no momento em que o governo do estado estiver dentro do limite estabelecido por Lei, sendo que esta é uma intenção real do governador Gladson Cameli, que pretende conceder o benefício tão logo as possibilidades sejam permitidas pela LRF. “Uma consulta determinada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, foi protocolada junto ao Tribunal de Contas, demonstrando ao órgão de controle o interesse do governo pela reivindicação dos militares”, informou Grandidier.

 

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Cel. Paulo Cézar Santos falou dos avanços que acontecem atualmente durante o governo Gladson Cameli, destacando investimentos em armamentos, viaturas, fardamento, tecnologia, Lei dos servidores civis, reconhecimento da presunção de inocência para a promoção dos militares, reformas de quartéis, pois são pautas que implicam em valorização dos profissionais militares do Estado.

“Agradecemos a compreensão dos que conhecem que há óbice legal em algumas reivindicações. Precisamos também buscar caminhos para que a nossa Previdência seja saudável, e estão sendo procurados meios para que os policiais militares sejam cada vez mais valorizados”, disse ele.

O secretário de Planejamento de Gestão, Cel. Ricardo Brandão, disse que o Acre tem no governo Gladson Cameli o respeito e a valorização no que tange aos servidores e a estruturação não somente da carreira, mas do trabalho diário das corporações dos militares. “Atualmente temos o orçamento da PM, Bombeiros, e outras categorias que são extremamente respeitadas e admiradas pelo governador Gladson Cameli. As demais reivindicações se não foram atendidas são por impedimentos legais, uma vez que a Lei deve ser cumprida sob risco de penalização dos gestores”, disse Brandão.

Associações enfatizam diálogo com a categoria

O presidente da Associação dos Militares Estaduais (AME), Sargento Kalil fez um pronunciamento durante a reunião agradecendo o tratamento dispensado pelo Governo do Estado uma vez que as entidades de classes reivindicam seus direitos profissionais com responsabilidade. Segundo ele, a defesa de todos os militares é realizada de maneira igualitária pela associação, e enfatizou sua preocupação em não serem transmitidos para os servidores discursos acerca de benefícios que sejam impedidos por Lei.

“Acredito que o Governo do Estado está no caminho certo para atender as reivindicações da nossa categoria. Este diálogo será levado para a Assembleia Geral que acontecerá na próxima segunda-feira”, afirmou ele.

O presidente da Associação de Oficiais da Polícia Militar (ASSOF), Major Prigulin Araújo também agradeceu pela reunião e afirmou reconhecer a boa vontade do Governo do Estado para atender as reivindicações dos servidores estaduais. “Nós enxergamos no governo Gladson Cameli a grande disposição em ajudar a Polícia Militar embora as condições econômicas e legais não permitam. Isso nos leva a crer que as principais pautas da nossa categoria estão sendo prioridade, e é por estas conquistas em prol da nossa categoria que continuaremos lutando com responsabilidade, finalizou Prigulin Araújo.

O Major Bady Casseb, convidado para participar da reunião pelo Governo do Estado, que está atualmente na reserva da Polícia Militar há 26 anos, agradeceu o respeito e a consideração afirmando que os diversos apoios no âmbito do Poder Executivo trarão benefícios e reconhecimento aos policiais militares aposentados do estado do Acre, principalmente os praças, que passarão, a efetivamente, ter graduação conforme sua remuneração. O benefício será estendido também aos oficiais, sendo esta uma luta que se arrasta há vários anos por parte dos oficiais e praças aposentados pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Acre.

Participaram da reunião o presidente da Associação de Oficiais da Polícia Militar (ASSOF), Major Prigulin Araújo e o presidente da Associação dos Militares Estaduais (AME), Sargento Kalil e Sargento Elton. As discussões foram conduzidas pelo secretário da Casa Civil, Rômulo Grandidier; secretário de Justiça e Segurança Pública, Cel. Paulo Cézar Santos, secretário Extraordinário de Governo, Alysson Bestene; secretário Adjunto Extraordinário de Governo, Ítalo Medeiros; secretário de Planejamento de Gestão, Cel. Ricardo Brandão; secretário da Fazenda, Amarísio Freitas; procurador-Geral do Estado, João Paulo Setti; presidente do Acreprevidência, Assis Filho; chefe da Casa Militar, Cel. Amarildo Camargo e o chefe de Gabinete do Governador, Cel. Messias.

Assecom/Acre

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2021 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados