Conecte-se agora

Gefron apreende quase 50 kg de drogas que estavam escondido em táxi na BR-317

Publicado

em

O Grupo Especial de Fronteira (Gefron), realizou uma vistoria de rotina e conseguiu apreender 44 tijolos contendo cloridrato de cocaína, além de quase 6 quilos de maconha, totalizando, quase 50 quilos de drogas, na BR-317, no interior do Acre, neste sábado, 11.

De acordo com o site O Alto Acre, os militares prenderam o motorista do veículo, o passageiro identificado pelas iniciais J. B. A., de 23 anos, morador do Bairro Três Botequins em Brasiléia. Antes da prisão, o indivíduo tentou fugir pela estrada e entrar no mato, mas foi alcançado e preso.

Em virtude do flagrante, a namorada do motorista acabou sendo levada a delegacia para ser ouvida pelo delegado.

Questionado sobre de quem seria a substância entorpecente, o homem alegou que uma mulher, não identificada, teria guardado a droga no táxi.

Ambos os apreendidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil na região.

Cotidiano

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado em R$ 45 milhões

Publicado

em

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (18) um prêmio acumulado e estimado em R$ 45 milhões.

As seis dezenas do concurso 2.482 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte, localizado na Avenida Paulista, nº 750, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Continuar lendo

Cotidiano

MPAC recebe senador Petecão e discute projeto de lei para assistência a órfãos de feminicídio

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) recebeu nesta terça-feira, 17, a visita do senador Sérgio Petecão, que trouxe o Projeto de Lei, por ele apresentado, para instituir uma política nacional de proteção e atenção integral aos órfãos de feminicídio.

O projeto é decorrente de uma inciativa do MPAC, por meio do Centro de Atendimento à Vítima (CAV).

O parlamentar foi recebido pelo procurador-geral de Justiça Danilo Lovisaro do Nascimento. A coordenadora-geral do Centro de Atendimento à Vítima (CAV), procuradora de Justiça Patrícia de Amorim Rego, também participou.

O procurador-geral agradeceu a iniciativa do senador de levar ao Congresso Nacional uma proposta tão necessária para o Acre e o Brasil.

“Esse projeto de lei apresentado pelo senador é de fundamental importância porque está relacionado à assistência às crianças que estão vulneráveis por conta da violência que sofreram no lar e se tornaram órfãs do feminicídio. Dificilmente elas terão condições apropriadas para seguir na vida se não tiverem um apoio e o projeto busca dar essa assistência no aspecto financeiro, o que seria muito importante para essas crianças”, disse.

A coordenadora do CAV lembrou que o Brasil ocupa a 5ª posição entre os países com maior número de mortes violentas contra mulheres, e que o Acre figura, desde 2018, no topo do ranking nacional, segundo o Fórum Brasileiro de segurança Pública (FBSP).

“Só no estado do Acre são 75 órfãos fruto dessa violência terrível. O Estado falhou com essas mulheres porque não conseguiu protege-la da violência e continua falhando com essas crianças que ficam ainda mais vulnerabilizadas. A aprovação dessa política representaria uma contribuição do Acre para o Brasil”, ressaltou.

O senador Sérgio Petecão recebeu um estudo feito pelo Observatório de Violência de Gênero do MPAC, que traz um diagnóstico do feminicídio no Acre. O parlamentar se comprometeu em garantir que a proposta tramite com celeridade nas comissões técnicas do Senado para ser aprovado o mais breve possível. “Com essa proposta sugerida pelo MPAC, vamos fazer um movimento nacional para dar nossa contribuição através do nosso mandato”, garantiu.

Continuar lendo

Cotidiano

“Não é normal falar para uma criança que ela pode ser menina ou menino”, diz Márcia Bittar

Publicado

em

A pré-candidata ao senado Márcia Bittar reacendeu a polêmica sobre as suas opiniões a respeito de ideologia de gênero em escolas.

Em participação no programa “Entrevista da Tarde” da última segunda-feira (16), apresentado pelo jornalista Antônio Muniz, na TV Rio Branco, ela disse que foi cancelada por suas opiniões, mas que não havia apontado nenhuma escola em nenhum estado.

Desta vez, ela resolveu citar exemplos de lugares onde crianças entre 4 e 12 anos recebem, segundo ela, educação como se fossem tanto meninos quanto meninas, mencionando como exemplo o que ocorre, segundo ela, na Escócia, em Sobral, no Ceará, e em Rondônia. No caso mais próximo do Acre, a questão referida por ela é a linguagem não-binária, tema que polêmica recente.

“Eu falava da ideologia de gênero, que é crianças de 4 a 12 anos receberem uma educação que tanto pode ser menino quanto menina. É muito grave. Na Escócia, agora, já foi aprovado que crianças a partir dos 4 anos podem receber ideologia de gênero onde um dia ela pode chegar João e no outro dia ela pode chegar Maria”, ela diz um trecho da conversa.

Márcia prossegue afirmando que se os pais contestarem isso podem ser processados. De acordo com ela, a mesma situação está ocorrendo na cidade cearense de Sobral.

Em Rondônia, ela cita a linguagem não-binária, onde o ministro Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu, em 2021, uma lei que proibia a linguagem neutra nas escolas.

“Estão querendo mudar, inclusive, mudaram um símbolo da nação que é a língua portuguesa, que é linda, aliás, uma das mais difíceis de se aprender. E lá é a língua binária (sic). Exemplo de língua binária: você vê como não querem determinar o sexo das pessoas. A língua binária (sic) é assim: não são mais alunos, são alunes, não são mais colegas, são colegues, não é mais namorados, é namorades”.

Nesta terça-feira (17), em uma agenda do governo do estado, ela voltou a falar sobre o assunto. Disse que lida bem com as críticas, mas reclamou do cancelamento.

“A crítica é da natureza humana e faz parte da democracia, agora o cancelamento é um jogo sujo porque deturpam o que você fala. Claro que teve algum efeito o que eu falei, mas quem assistiu tudo sabe que não acusei nenhuma escola, mas continuo de olho em tudo e está muito perto da gente, isso está aqui em, Rondônia, a ideologia de gênero”, disse.

Continuar lendo

Cotidiano

Rocha diz que há irregularidades no contrato da VIP e vai representar aos órgãos de controle

Publicado

em

O vice-governador Wherles Rocha usou as redes sociais no final da tarde desta terça-feira, 17, para anunciar que vai fazer uma representação aos órgãos de controle como Tribunal de Contas do Estado e da União, Ministério Público do Estado do Acre, Ministério Público Federal, e as Polícias Civil e Federal, para que o contrato de mais de R$ 9 milhões de reais da Secretaria de Saúde do Acre com a empresa Vip Segurança, de propriedade da família do Coronel Ulysses Araújo, diretor operacional na Secretaria de Segurança Pública, seja investigado.

O contrato firmado no modelo de dispensa de licitação contrata a empresa para prestar serviço de segurança armada nos prédios da Sesacre, inclusive as unidades hospitalares. De acordo com Rocha, existem fortes indícios de irregularidades. “Quero chamar a atenção para a rescisão da empresa que prestava serviço antes, a Protege. Segundo a Procuradora, essa rescisão foi fabricada. O Estado contratou a Protege e simplesmente parou de pagar por 4 meses, forçando a empresa a rescindir o contrato. Logo em seguida, fez um contrato emergencial e aí sim passou a pagar normalmente à empresa VIP”, afirma Rocha.

Rocha afirma ainda que um processo licitatório ficou parado por 4 meses porque a Sesacre não conseguiu fazer um termo de referência. “Não conseguiram fazer o termo de referência, mas no fim do primeiro contrato emergencial, a Sesacre apronta um termo de referência para outro emergencial. Espero que os órgãos de controle façam o seu trabalho que é investigar se há algo ou não de errado. Os indícios foram apontados pela Procuradora do Estado. Essa mesma empresa foi beneficiada com outro contrato no valor de R$ 27 milhões de reais”, diz Rocha.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!