Conecte-se agora

Irani de Almeida pede demissão e deixa Rio Branco FC na reta final do primeiro turno

Publicado

em

O Rio Branco FC tem uma baixa para a sequência do campeonato estadual. O treinador Iraní de Almeida pediu demissão do cargo e deixa o clube faltando uma rodada para o término do primeiro turno do Acreano.

A saída de Iraní, como se diz no futebol, é deixando as portas abertas no Estrelão. O motivo da saída repentina é um problema de saúde que passa sua esposa e o treinador, que é natural do Paraná, prefere abdicar da carreira no momento para ficar ao lado de sua mulher.

A diretoria do Rio Branco entendeu que o assunto familiar é prioridade no momento e liberou o treinador sem maiores problemas. O presidente Neto Alencar deve efetivar o ex-atacante Marcelo Brás, hoje auxiliar de Iraní, no comando do clube que vive sua melhor fase na competição.

O Rio Branco, quarto colocado na tabela de classificação, só precisa de uma vitória contra o Atlético na próxima rodada ou que o Vasco não vença o Humaitá no próximo sábado, 4, para se garantir na próxima fase.

Cotidiano

Jorge Viana diz que pesquisa é interessante, mas afirma que não é candidato a nada

Publicado

em

O ex-senador Jorge Viana (PT) usou as redes sociais para comentar as pesquisas do Instituto Real Time Big Data, contratada pela TV Gazeta, divulgada nesta quinta-feira (02).

Nas pesquisas, Jorge Viana figura em segundo lugar para governo com 21%, e, em primeiro lugar na disputa pela vaga ao Senado com 22%.

Para o petista, do ponto de vista político, a pesquisa mostra uma situação nada confortável para quem está no poder.

“Bom, achei a pesquisa mostra uma situação nada confortável para quem está no poder. Vivemos tempos muito difíceis para o nosso povo. Outro dia falei algo que está na Bíblia: quando os líderes são ruins quem paga a conta é o povo. Agradeço pela posição de destaque que as pessoas me colocam, seja para o senado ou para o governo, mas ainda não sou candidato a nada. Quero ajudar, mas só tomarei essa decisão no próximo ano”, escreveu.

Continuar lendo

Cotidiano

Sine oferta quase 20 vagas de empregos nesta sexta-feira; veja como fazer

Publicado

em

O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) nesta sexta-feira, 3, está disponibilizando 17 vagas de emprego em diversas áreas para Rio Branco.

Os candidatos podem verificar se a vaga ainda está disponível através do telefone 0800 647 8182 ou 68 3224-5094.

Para se candidatar a uma das vagas, é necessário estar com o cadastro no Sine atualizado.

Aqueles que não tiverem cadastro na instituição devem levar os seguintes documentos: Carteira de Trabalho, Identidade/CPF, Título de Eleitor, comprovante de escolaridade e de endereço.

 

Continuar lendo

Cotidiano

Plácido de Castro recebe projeto MP na Comunidade neste sábado e domingo

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) realiza nos dias 3 e 4 de dezembro, no município de Plácido de Castro, a 77ª edição do projeto MP na Comunidade. Os atendimentos serão realizados na escola municipal José Valmir, a partir das 8h30min.

Esta será a primeira edição em formato completo realizada pelo MPAC durante a pandemia, e deve seguir todos os protocolos sanitários. Por conta disso, os atendimentos serão divididos em dois dias.

No dia 3 serão ofertados os serviços de emissão de RG, 1ª via gratuita e cobrança de taxa para emissão da 2ª via, de mediação de conflitos, com o projeto Pacificar, fiscalização do Conselho Tutelar, assistência, cadastro e atualização do CadÚnico, atendimento psicossocial do Cras e Creas, palestra e roda de conversa sobre a Lei Maria da Penha, oficina de primeiros socorros e orientação sobre certificado de funcionalidade para comerciantes, orientação sobre solicitação de benefício e aposentadoria, oficina sobre prevenção de gravidez não planejada e na adolescência, exposição militar, orientação de trânsito, divulgação dos serviços do programa Acre pela Vida, atendimento jurídico da Defensoria Pública Estadual, emissão da 1ª e 2ª via do CPF (necessário levar certidão de nascimento, título de eleitor e RG), emissão de 1ª e 2ª via do título de eleitor, doação de mudas.

No dia 4 o MP na Comunidade realizará apenas atendimentos relacionados à saúde, sendo eles: vacinação, atendimento oftalmológico, consulta com clínico geral, PCCU, testes rápidos para HIV e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e atendimento a pessoas com diabetes e hipertensão.

O MP estadual também ofertará os serviços de atendimento e orientação do Centro de Atendimento à Vítima (CAV) e do Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera), orientação jurídica, recebimento de denúncias e mediação de conflitos.

Haverá transporte, ida e volta, para os moradores dos ramais da Rodovia AC-40, quilômetro 58, sentido Plácido de Castro, e na estrada AC-475, do quilômetro 20 Plácido de Castro.

Também haverá ônibus para os moradores da Vila Campinas, saindo do local às 8 horas, nos dias 3 e 4.

Por contada pandemia de Civid-19, é obrigatório o uso de máscara no local.

O projeto

O MP na Comunidade visa promover o acesso à informação sobre direitos fundamentais e serviços essenciais que assegurem a cidadania e acesso à justiça, por meio de um conjunto de serviços especializados prestados diretamente em regiões com altos indicadores de vulnerabilidades e violações de direitos.

O projeto compreende as etapas de mobilização social, realização do inventário situacional, atendimento domiciliar, atendimento ampliado, conhecido como o “Dia D”, e, por fim, a etapa conhecida como “MP volta à comunidade”, com a realização de atividades educativo-preventivas, de mobilizações, articulações judiciais e extrajudiciais.

Com informações da assessoria do MPAC.

Continuar lendo

Cotidiano

Marcas de roupa mundiais estariam relacionadas ao desmatamento na Amazônia

Publicado

em

Adidas, Nike, Zara, Puma, Fila e New Balance são algumas das marcas que estão na lista de marcas mundiais que podem estar relacionadas ao desmatamento na Amazônia, segundo um estudo realizado pela agência ambiental Stand Earth.

De acordo com o estudo são cerca de 400 marcas envolvidas. São produtores de couro, que integram a indústria de sapatos, acessórios e roupas. A informação está sendo repercutida por diversos veículos como Sputnik Brasil e Brasil de Fato, entre outros.

Fundada há quase vinte anos, a Stand Earth é uma organização de defesa que reúne participantes ao redor do mundo para exigir que corporações e governos coloquem as pessoas e o meio ambiente em primeiro lugar.

O relatório, divulgado na última segunda-feira (29), analisou quase 500 mil linhas de dados alfandegários e descobriu que marcas como Coach, LVMH, Prada, H&M, Zara, Adidas, Nike, New Balance, Teva, UGG e Fendi têm múltiplas conexões com uma indústria que sustenta o desmatamento na Amazônia: a pecuária.

O relatório explica que as conexões descobertas não são uma garantia do envolvimento direto das marcas com couro proveniente do desmatamento na Amazônia, mas demonstram que estas empresas estão ao menos sob o risco de contribuir com ele.

Segundo a Stand Earth, a JBS, segunda maior empresa de alimentos do mundo e reconhecida pela estreita relação com o desmatamento no Brasil, é a principal fornecedora de couro da indústria da moda e alimenta a rede de marcas denunciada no estudo.

O levantamento mostra que a empresa brasileira desflorestou 3 milhões de hectares na Amazônia. Desse total, 81% teriam sido feitos ilegalmente. De acordo com o Brasil de Fato, a JBS anunciou em julho passado que pretende zerar o desmatamento ilegal até 2025 para a cadeia de bovinos.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas