Conecte-se agora

O poder da empatia

Publicado

em

Empatia. De uns tempos para cá essa palavra entrou no cotidiano brasileiro e não foi por acaso. Podemos traduzi-la, de uma forma ampla e mesmo objetiva, como “a capacidade de uma pessoa se colocar no lugar de outra e, com base na sua própria cultura e experiência de vida, tentar compreender o comportamento ou o jeito de ser dessa outra pessoa”. Me parece que isso nunca foi tão necessário como nos dias de hoje, pois a todo momento alguma coisa, algum fato ou alguma notícia parece nos cobrar a compreensão da importância do diálogo, da tolerância e da mediação de conflitos para o reencontro da Nação brasileira, novamente aflorando o nosso sentimento de identidade, de pertencimento e de humanidade como um só povo.

A continuar se alastrando os sentimentos negativos que varrem o país, só se pode esperar o crescimento acelerado da violência, dos números alarmantes de feminicídios, das situações grotescas provocadas pelo racismo estrutural e pelos preconceitos que atingem as questões de gênero, a população LGBTQ+ e as minorias que, somadas, no final representam a maior parte da população brasileira. Tanto a nível interno quanto no tocante ao cenário internacional, especialmente na área dos direitos humanos, essa triste realidade que parece assombrar o mundo conectado do Século 21, contraditoriamente se agrava pela censura à liberdade de expressão, um dos pilares da democracia, e pelo ataque odioso ao Estado Democrático de Direito.

O que falta de empatia, sobeja na pós-verdade. Álex Grijelmo, autor do livro “La Información del Silencio – Como se Miente Contando Hechos Verdaderos”, alerta que a era da pós-verdade é, na realidade, a era do engano e da mentira. E a novidade associada a esse neologismo consiste na popularização das crenças falsas e na facilidade com que a tecnologia passou a permitir que os boatos prosperem, alcançando cada vez mais pessoas. Esse malfadado movimento iniciado na Itália, foi projetado globalmente pelo movimento trumpista nos Estados Unidos e no processo do Brexit, que culminou com a saída do Reino Unido da União Europeia. Infelizmente, essa “nova política” encontrou guarida em terras brasileiras e tem trazido enormes prejuízos ao País, causando o divisionismo, a intolerância e tantos outros males ao povo brasileiro, como acontece em quaisquer outros países onde conseguiu se instalar.

Mas ainda há tempo de se buscar uma concertação, envolvendo atores da área política, empresarial, sindical, cultural, da academia, dos movimentos sociais. O desafio posto é organizar e viabilizar o “reencontro do Brasil consigo mesmo”, com paz social e o necessário fortalecimento do Estado como agente indutor do desenvolvimento sócio-econômico, com ênfase na redução das desigualdades, no combate à fome e na implementação de um robusto programa de geração de empregos. Isso implica em unir esforços e fortalecer parcerias entre a área pública e a iniciativa privada. Precisamos, além do fomento ao emprego, promover um amplo e consistente programa de capacitação de recursos humanos para as novas modalidades de trabalho na área da tecnologia da informação, também criando novas oportunidades de empregabilidade para a imensa e preocupante massa de mais de 14 milhões e meio de desempregados.

Tudo isso é possível. Se faz com coragem, trabalho e empatia.


Raimundo Angelim escreve todos os sábados no ac24horas.com

Cotidiano

Governo lança obra de R$ 4 milhões no Ramal do Icuriã, em Assis Brasil, nesta segunda

Publicado

em

O governo do Acre lança nesta nesta segunda-feira (2) os serviços de melhoria no Ramal do Icuriã, obra de cerca de R$ 4 milhões para atender um grande número de moradores, incluindo os indígenas da região.

O Ramal do Icuriã abriga quase 30% da população do município de Assis Brasil, segundo levantamento da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o que torna essencial manter o acesso em boas condições.

A população sofre com a más condições do ramal. O frete de quadriciclo, usado para transportar duas pessoas, poder custar R$ 600 de Assis Brasil ao Icuriã.

Continuar lendo

Destaque 2

Cerca de 1,5 toneladas de alimentos vencidos e irregulares são apreendidos no presídio de Senador Guiomard

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre flagrou mais um caso de dinheiro público jogado fora e de negligência com a saúde de reeducandos do sistema prisional. Durante inspeção de rotina no presídio de Senador Guiomard na última sexta-feira, 30, o promotor de justiça Tales Tranin, 4ª Promotoria Criminal de Execução Penal e Fiscalização de Presídio, acompanhado do vice-presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN), Glauber Feitosa, foi avisado pelos detentos de diversas irregularidades que vão desde a comida em pequena quantidade, até a denúncia de que os alimentos servidos em muitos dias são entregues estragados.

O promotor resolveu fazer uma vistoria nos alimentos. A primeira constatação foi a de que realmente a marmita individual está sendo servida com peso abaixo do que o estado paga em contrato. “De posse dessa primeira informação, resolvi abrir uma marmita que chegava para o almoço dos presos e a pesei. Logo de cara eu vi que era pouca comida. Para confirmar, o peso deu 650 gramas e o contrato é que a empresa forneça 800 gramas de comida. Abri outras e confirmei que tinham a mesma quantidade de alimentos”, afirma Tranin.

Como também havia a informação de comida estragada, o promotor de justiça decidiu vistoriar a câmara fria onde ficam os alimentos. Para a surpresa do representante do Ministério Público foi descoberto uma grande quantidade de alimentos estragados e outros acondicionados de forma irregular e também sem data  de validade.

“Para minha surpresa tive que apreender mais de 1,5 toneladas de alimentos. Eram alimentos com a data de validade vencida, outros acondicionados de forma inapropriada e mais produtos sem a data de validade, que por isso nem se sabe quando venceu. Pedi a presença da vigilância sanitária ao local, foi feito o auto de infração e recolhido os alimentos”, afirma Tales.

Foram descobertos diversos alimentos estragados como carne, frango, salsicha, mortadela e  calabresa. Ao longo desta segunda-feira, 3, Tales Tranin deve encaminhar à promotoria de Senador Guiomard e também ao IAPEN para que as providências sejam adotadas.

Continuar lendo

Extra Total

Gladson deve enviar PL para aproveitar cadastros de reserva da PM no Corpo de Bombeiros

Publicado

em

Em meio a um final de semana cheio de polêmicas em torno do chamamento do restante dos aprovados do cadastro de reserva da Polícia Militar, o governador Gladson Cameli (Progressistas) declarou ao ac24horas nesta segunda-feira, 2, que deverá enviar, nos próximos dias, um projeto de lei para a Assembleia Legislativa pedindo o aproveitamento do cadastro de reserva da PM para remanejamento ao Corpo de Bombeiros.

De acordo com o chefe do executivo acreano, o projeto deve contemplar o restante do cadastro de reserva que não foram convocados pelo governo, algo em torno de 175 aprovados no certame. “Vou enviar um projeto para convocar os 175 aprovados do cadastro de reserva da PM para serem aproveitados no Corpo de Bombeiros”, ressaltou.

Cameli explicou que a lei ampara o projeto, haja vista que, o estatuto da Polícia Militar é o mesmo do Corpo de Bombeiros. “O Corpo de Bombeiros está com defasagem, por isso vamos fazer esse remanejamento. Independente do que vai ou não vai, estou dando por encerrado esse assunto. Quero garantir uma coisa, ano que vem a gente vai fazer concurso e isso pode ter certeza”, explicou.

O concurso da Polícia Militar do Acre (PMAC) foi lançado em março de 2017, com 250 vagas para o cargo de soldado combatente no nível médio e técnico.

A convocação dos aprovados, de forma imediata, foi uma das promessas de governo durante a campanha eleitoral do governador em 2018.

A validade do concurso da PM era de seis meses, a contar da divulgação do resultado final do certame, que ocorreu em junho de 2018. Porém, o prazo foi prorrogado por mais dois anos no mesmo mês, menos de dez dias depois.

Continuar lendo

Cotidiano

Sem previsão de chuvas, segunda será de dia ensolarado e com poucas nuvens, diz Sipam

Publicado

em

De acordo com o Serviço de Proteção da Amazônia (Sipam), esta segunda-feira, 2, será de dia ensolarado em todo o Acre com poucas nuvens se formando e sem previsão de chuva. Segundo o boletim, faz calor em todas as áreas, mas ainda teremos temperaturas amenas durante a noite e madrugada.

Confira as temperaturas em todas as regiões:

Alto Acre

Em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas oscilam entre a mínima de 18°C e a máxima de 31ºC.

Baixo Acre

Mínima de 18°C e máxima de 33ºC são as temperaturas registradas em Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco.

Vale do Juruá

Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves os termômetros ficam entre 19ºC e 33°C.

Vale do Purus

Em Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira faz entre 19º C e 33°C.

Vale do Tarauacá/Envira

Por fim, em Feijó, Jordão e Tarauacá a variação de temperatura fica entre a mínima de 19°C e a máxima de 33°C.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2021 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados