Conecte-se agora

Beth Cameli diz que se Orleir Cameli estivesse vivo, ajudaria Gladson no combate a pandemia

Publicado

em

Para marcar os 8 anos da morte do ex-governador Orleir Cameli, uma missa será celebrada neste sábado, 8, às 19h30min na Catedral Nossa Senhora da Glória, em Cruzeiro do Sul, terra natal do ex-gestor.

Durante o dia, a viúva Beatriz Cameli, o filho Linker e alguns funcionários foram ao túmulo dele no cemitério Jardim da Paz para fazer orações.

Orleir, que é tio do governador Gladson Cameli, morreu no dia 8 de maio de 2013, aos 64 anos, vítima de câncer no intestino. Ele foi eleito prefeito de Cruzeiro do Sul em 1992, permanecendo  no cargo 15 meses. Deixou o executivo municipal para se candidatar ao Governo do Acre e foi eleito em 1994, sendo governador entre 1995 a 1999. Não se candidatou à reeleição.

A ex-primeira dama de Cruzeiro do Sul e do Acre, Beatriz Cameli, lembra da contribuição dele para o desenvolvimento do Acre. Ela avalia, que se ele estivesse vivo, auxiliaria o sobrinho, no combate à pandemia de coronavírus. Ele estaria feliz com a inauguração da Ponte do Rio Madeira, que liga o Acre ao restante do país.

“Durante a história do desenvolvimento acreano, os gestores deram sua contribuição de uma ou outra maneira de acordo as necessidades de cada época. Orleir demonstrou uma extraordinária força para exercer trabalhos nos setores da educação, saúde, segurança e infraestrutura, como por a exemplo a BR-364 e na BR-317, que uniria quase todos os 22 municípios da federação. Se ele estivesse entre nós, lamentaria muito o momento dramático da pandemia, mas estaria unido a seu sobrinho governador Gladson Cameli, dando sugestões e fazendo parcerias para minorar tanta tristeza e desalento. Com a inauguração da Ponte sobre o Rio Madeira ocorrida ontem, dia 7 de maio no estado de Rondônia, para ele, como está sendo para todos os acreanos, seriam momentos de grande júbilo e esperança para futuros projetos e assim alavancar a economia tanto privada como estatal”, avalia.

Na rede

Parceria entre governo e Mâncio Lima investe mais de R$ 230 mil na agricultura familiar

Publicado

em

Uma parceria firmada entre a prefeitura de Mâncio Lima e governo do Estado nesta quarta-feira, 20, beneficiou a agricultura familiar do município com R$ 231 mil. Hoje, houve a última entrega de alimentos oriundos da produção local, que contemplou mais de 800 famílias com kits compostos por pouco mais de 16 itens bem como macaxeira, abóbora, farinha de tapioca, goma, farinha de mandioca, couve, alface, cebola, pimenta, banana, feijão, melancia dentre outros.

Os kits estão avaliados entre R$ 100 a R$ 120 reais. Só nesta última entrega, 200 famílias foram beneficiadas. O Programa de Subvenção à Aquisição de Alimentos é uma ação emergencial dos governo Estadual e Municipal com o objetivo de fornecer alimentos da agricultura familiar, visando a melhoria das condições de alimentação, nutrição e saúde e, uma alternativa de minimização dos impactos da Covid-19, distribuídos pela Secretaria Estadual de Produção Agropecuária – SEPA, com recursos do PDSA II/BID, Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres, Secretaria Municipal de Assistência Social.

“Mâncio Lima está se tornando um polo produtivo e, prova disso, são as famílias e instituições de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves que estão recebendo dos nossos produtores estes kits para subsidiar na alimentação das pessoas, que de maneira direta foram afetadas pela pandemia da Covid-19. Além de trazer segurança alimentar, o projeto aquece a economia local, diversifica a produção e traz um pouco de alento e auxílio para nossas famílias e as instituições que também estão sendo contempladas dentro do projeto”, disse Ângela Valente, prefeita em exercício.

Em Mâncio Lima, a execução foi feita pela Associação Santa Cruz, do Projeto de Assentamento Tonico Sena que ao comprar os produtos dos produtores rurais repassa à Secretaria de Assistência Social e, cabe ao Centro de Referência de Assistência Social identificar as famílias de baixa renda, CadÚnico, BPC, dentre outras em situação de vulnerabilidade social, devido a pandemia do novo coronavírus.

Foram investidos R$ 231 mil na zona rural, ao todo, 66 produtores participaram da distribuição dos alimentos, com valorização de 10 a 15% do produto que seria vendido em uma feira. Cada agricultor recebeu a quantia de R$ 3 mil, e foram realizadas de 2020 a 2021 quatro entregas de kits com alimentos em Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves.

“Este projeto oportunizou a comercialização dos produtos agrícolas de Mâncio Lima, garantindo renda e sustento às famílias da agricultura familiar. Ao mesmo tempo que estamos garantindo a venda dos produtos, estamos garantindo comida na mesa de mais de 800 famílias garantindo segurança alimentar”, destacou Ezio Pereira Júnior, Secretário Municipal de Produção.

Para Rodrigues Alves, durante a execução do Projeto, foram entregues 339 kits alimentícios, em Cruzeiro do Sul, instituições de acolhimento públicas e privadas, tais como abrigos Organizações da Sociedade Civil que atuam no acolhimento de idosos, crianças e demais públicos também foram contempladas. Algumas famílias, seguindo os critérios de renda e condição social, receberam o auxílio duas vezes.

Continuar lendo

Na rede

Idoso de 73 anos é condenado a quase 60 anos por estupro de três netas no Acre

Publicado

em

Um homem de 73 anos de idade foi condenado a 58 anos e oito meses de prisão, em regime inicial fechado, por abusar das três netas. A sentença é da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Cruzeiro do Sul.

Das três vítimas, uma foi abusada dos 6 até os 13 anos de idade, inclusive chegou a engravidar. As outras também foram abusadas bem novas, quando tinham 6 e a outra 9 anos de idade. O caso ocorreu entre os anos de 2015 e 2021, no Rio Juruá, Comunidade Triunfo, no município de Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre.

De acordo com a sentença, assinada pelo juiz de Direito Marlon Machado, as crianças eram ameaçadas de morte pelo avô caso denunciassem os abusos. A neta mais velha passou a morar com o avô depois que ele ficou viúvo.

Na audiência, a vítima esclareceu que até os 12 anos, o avô apenas passava a mão no corpo dela, mas que foi se intensificando e chegou a trancá-la no quarto dele e a enforcá-la para manter relação sexual. A denúncia foi feita quando ela fugiu da residência dele e relatou a situação à mãe, que a orientou a denunciar o caso. As duas irmãs também confessaram os abusos.

Em juízo, o réu confessou ter praticado relação sexual com a neta mais velha e que, após a morte da esposa, passou a ver nas vítimas o papel de mulher.

Ao estabelecer a pena em 58 anos e oito meses de prisão, o juiz enfatizou que o crime pelo qual o réu é condenado trata-se de fato gravíssimo e fixou, como reparação mínima, em favor de cada vítima, o valor de R$ 5 mil reais.

“Evidencia-se que esse delito tem representado perigo para crianças e adolescentes. Essa espécie de delito é por si só reprovável”, diz trecho da sentença.

Com informações da assessoria do TJ do Acre.

Continuar lendo

Na rede

Município de Rodrigues Alves começa a pavimentar ramais em comunidades rurais

Publicado

em

A prefeitura de Rodrigues Alves iniciou a obra de pavimentação do Ramal das comunidades 13 de Maio e Profeta. Este ano, segundo o prefeito Jailson Amorim, será feita a drenagem com a instalação de galerias e bueiros, terraplanagem e proteção superficial com camada vegetal.

No próximo ano, a estrada será asfaltada. Os recursos são de emenda parlamentar e da prefeitura de Rodrigues Alves. O objetivo segundo o gestor é entregar 6 km da via asfaltados e garantindo o tráfego de inverno a verão.

“Há cerca de 30 anos  essas duas comunidades alimentam o sonho de ter um ramal asfaltado. Quero agradecer ao ex-deputado federal Cesar Messias, que deixou uma emenda parlamentar de R$ 300 mil, garantindo o início da obra. Com recursos próprios, colocamos mais R$ 225 mil. No próximo ano continuaremos lutando e trabalhando para conseguir o restante dos recursos necessários para a  conclusão da obra”, explicou.

Continuar lendo

Na rede

Servidores de Porto Walter receberão salários nesta quinta-feira (21)

Publicado

em

A prefeitura de Porto Walter continua sendo a primeira do Estado a pagar os funcionários públicos municipais. O salário de outubro dos servidores efetivos, provisórios e comissionados começa a ser pago nesta quinta-feira (21).

Até o próximo dia 23, os salários estarão na conta de todos os servidores. “Estamos honrando o compromisso de antecipação do pagamento cumprindo a nossa a nossa obrigação constitucional, com isso valorizamos os servidores e aquecemos o comércio local, movimentando a economia dos setores que mais sofreram pela crise da pandemia da Covid-19”, enfatiza o prefeito Cézar Andrade.

Veja o calendário:

Dia 21 – Quinta-feira

Secretaria de Assistência Social;

Secretaria de Meio Ambiente;

Gabinete do vice-prefeito;

Secretaria de Administração;

Secretaria de Planejamento;

Secretaria de Agricultura;

Secretaria de Finanças;

Gabinete do Prefeito;

Conselho Tutelar;

Procuradoria;

Secretaria de Obras.

Dia 22 – Sexta-feira

Secretaria de Educação: Professores Efetivos;

Secretaria de Educação: Apoio Efetivos;

Professores Temporários.

Dia 23 – Sábado

Agentes de endemias;

Técnicos em Enfermagem;

Agentes Comunitários de Saúde;

Secretaria de Saúde: Efetivos;

Secretaria de Saúde: Comissionados.

Servidores do COVID-19.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas