Conecte-se agora

Beth Cameli diz que se Orleir Cameli estivesse vivo, ajudaria Gladson no combate a pandemia

Publicado

em

Para marcar os 8 anos da morte do ex-governador Orleir Cameli, uma missa será celebrada neste sábado, 8, às 19h30min na Catedral Nossa Senhora da Glória, em Cruzeiro do Sul, terra natal do ex-gestor.

Durante o dia, a viúva Beatriz Cameli, o filho Linker e alguns funcionários foram ao túmulo dele no cemitério Jardim da Paz para fazer orações.

Orleir, que é tio do governador Gladson Cameli, morreu no dia 8 de maio de 2013, aos 64 anos, vítima de câncer no intestino. Ele foi eleito prefeito de Cruzeiro do Sul em 1992, permanecendo  no cargo 15 meses. Deixou o executivo municipal para se candidatar ao Governo do Acre e foi eleito em 1994, sendo governador entre 1995 a 1999. Não se candidatou à reeleição.

A ex-primeira dama de Cruzeiro do Sul e do Acre, Beatriz Cameli, lembra da contribuição dele para o desenvolvimento do Acre. Ela avalia, que se ele estivesse vivo, auxiliaria o sobrinho, no combate à pandemia de coronavírus. Ele estaria feliz com a inauguração da Ponte do Rio Madeira, que liga o Acre ao restante do país.

“Durante a história do desenvolvimento acreano, os gestores deram sua contribuição de uma ou outra maneira de acordo as necessidades de cada época. Orleir demonstrou uma extraordinária força para exercer trabalhos nos setores da educação, saúde, segurança e infraestrutura, como por a exemplo a BR-364 e na BR-317, que uniria quase todos os 22 municípios da federação. Se ele estivesse entre nós, lamentaria muito o momento dramático da pandemia, mas estaria unido a seu sobrinho governador Gladson Cameli, dando sugestões e fazendo parcerias para minorar tanta tristeza e desalento. Com a inauguração da Ponte sobre o Rio Madeira ocorrida ontem, dia 7 de maio no estado de Rondônia, para ele, como está sendo para todos os acreanos, seriam momentos de grande júbilo e esperança para futuros projetos e assim alavancar a economia tanto privada como estatal”, avalia.

Na rede

Assaltantes invadem casa em Cruzeiro do Sul mantém homem em cárcere privado

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 29, dois assaltantes, Quele Gomes de Souza e Carlos Eduardo, invadiram uma casa no bairro Formoso, em Cruzeiro do Sul, amarraram e amordaçaram o dono, Edmar Tomas da Silva, e tentaram levar pouco mais de R$ 1.000,00 da vítima. A dupla usava uma arma de pressão e um deles era monitorado pela Justiça, com o uso de tornozeleira eletrônica. A Polícia Militar agiu rápido, prendeu a dupla, recuperou o dinheiro e a moto usada pelos assaltantes.

“Os dois abordaram um cidadão ao sair de casa, amarraram e tentaram levar dinheiro e objetos de valor. Nossa guarnição conseguiu chegar no momento e impedir a continuidade do fato e os dois foram presos”, contou o comandante da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul tenente coronel Edivan Rogério.

Edmar contou à polícia que recebeu socos dos assaltantes e que foi ameaçado de morte para entregar o dinheiro. Durante a ação, quando a PM chegou ao local, após ser acionada por vizinhos da vítima, um dos assaltantes, Quele Gomes de Souza, se identificou como filho do dono da residencia, voltou para dentro da casa e nesse momento a dupla tentou fugir sendo presa em seguida.

A vítima passou mal e o Serviço Móvel de Urgência – SAMU, foi chamado e o homem foi levado para o Hospital do Juruá com a pressão alta.

Continuar lendo

Na rede

Trabalhadores de Cruzeiro do Sul não perdem jogo do Brasil

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 28, muitos funcionários de empresas que não fecharam na hora do jogo do Brasil assistiram à partida entre Brasil e Suíça em Cruzeiro do Sul, nos próprios locais de trabalho.

Na Rodoviária da cidade, os funcionários das empresas de transporte terrestre e demais estabelecimentos comerciais, se juntaram na hora da disputa para acompanhar os lances em uma televisão instalada no corredor.

Adão Aquino diz que foi bom estar com os colegas e não perder tempo no deslocamento da empresa pra casa e depois do jogo, na volta para o trabalho.

“Já estávamos aqui, vimos o jogo nos divertindo juntos e em seguida voltamos a trabalhar muito mais animados com a vitória do Brasil “, relata

A frentista de um posto de combustível, Beatriz Rocha, conta que quase não apareceram carros para abastecer e conseguiu ver a maior parte dos 90 minutos do jogo entre Brasil e Suíça. “Agora com a vitória até o trabalho ficou mais leve e animado”, destaca.

Continuar lendo

Na rede

Em Cruzeiro do Sul, Francesa e Chileno torcem para o Brasil na Copa

Publicado

em

Muitos estrangeiros que estão em busca de conhecer as terras indígenas e a Ayahuasca, passam e/ou moram em Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade do Acre. Na hora dos jogos da Copa do Mundo, 5 pessoas que moram juntas em Cruzeiro, incluindo um chileno e uma francesa, torcem pelo Brasil.

Nesta segunda-feira, 28, a taróloga francesa Clara Merazi, 26 anos, gostou do resultado 1 a 0 pro Brasil em cima da Suíça. “A França já é a atual campeã então eu torço pelo Brasil, que tão bem me acolheu “, conta ela, que está percorrendo vários lugares do mundo.

Já o chileno Guido Valenzuela Assis, 26, lamenta o fato do país dele não estar na Copa do Mundo 2022 no Catar. “Estou torcendo muito pelo Brasil, que é uma terra muito Hospitaleira e tem um futebol espetacular “, contou.

Continuar lendo

Na rede

Em Cruzeiro do Sul, resultado do concurso “Minha rua é louca pelo Brasil” será anunciado quarta

Publicado

em

Neste domingo, 27, a comissão organizadora do Concurso Minha Rua é Louca pelo Brasil de Cruzeiro do Sul, visitou as 8 vias que concorrem à premiação. A rua vencedora será divulgada na quarta-feira, 30, e os prêmios entregues na quinta-feira, 2 de dezembro, antes do jogo entre Brasil e Camarões.

“As avaliações foram feitas e na quarta faremos a contagem das notas. Vamos entregar a premiação das três primeiras colocadas na quinta-feira antes do terceiro jogo do Brasil”, ressalta o presidente da Associação Comercial do Alto Juruá, Luis Cunha.

O investimento na ornamentação é alto e além de tirar do bolso, em forma de cotas e individualmente, os moradores buscam patrocínios. Na Rua Mâncio Lima, no Bairro Aeroporto Velho, o investimento total chega a R$ 5 mil. Francisco Virgulino cita que os moradores fizeram uma cota de R$ 2.800, mas esta foi apenas uma parte do valor empregado na ornamentação. “Esses R$2.800 foi da cota geral. Além disso, tivemos as colaborações individuais e também conseguimos patrocínio. No total o investimento foi de cerca de R$ 5 mil”, relata Virgulino.

O trabalho dos moradores foi intenso para garantir a decoração da via com as cores do Brasil. Virgulino conta que estão todos com esperança na vitória. “Nós nos empenhamos muito e estamos na torcida pela vitória. Mas se não ganharmos o fato de termos ficado juntos em clima de muita animação já valeu a pena”, ressalta

Na Rua Antônio Costeira, nem as ladeiras impediram os vizinhos de enfeitar a via. “Trabalhamos todos juntos e foi muito boa essa confraternização entre os vizinho”, pontua João Dias, um dos moradores.

Além dos bairros Vila São Pedro e Liberdade, na zona rural de Cruzeiro do Sul, também buscam a premiação.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.