Conecte-se agora

Rosana alega que governo está devendo servidores da Educação

Publicado

em

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, usou as redes sociais para reclamar que o governo está devendo pagamentos de horas extras aos professores e funcionários da rede pública do Acre.

“O Estado é quem está devendo horas extras aos professores e não os professores devendo carga horária”, declarou.

Rosana reclamou também, que os representantes do governo do Acre não realizaram a elaboração de um projeto de atendimento aos estudantes carentes, com metodologias inclusivas e interativas. Segundo ela, o Estado não tem objetivo de melhorar a qualidade do ensino público. “O objetivo do Estado e Município é cumprir o calendário escolar, mesmo que a aprendizagem e a formação não sejam priorizadas”, ressaltou.

A representante do sindicato solicitou ao Ministério Público do Acre que possa tomar providências no sentido de cobrar dos governos (Estado e Município) políticas públicas que atendam aos estudantes e profissionais.

Além disso, Rosana frisou que os profissionais necessitam da ajuda do governo em disponibilizar parcerias com operadoras de telefonia para assegurar a internet, ou bônus de créditos para os professores e alunos, já que muitos estudantes apesar do celular, não possuem conectividade para acesso às aulas on-line, bem como, disponibilidade de atendimento psicológico aos professores que estão estressados, emotivos, abalados psicologicamente por tantas perdas de profissionais da educação no Acre. “Os trabalhadores em Educação tem sido a maior vítima do vírus”, explicou.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas