Conecte-se agora

Consórcio de Estados intermedia compra de 700 mil doses da vacina russa para o Acre

Publicado

em

Para não ter que esperar por vacinas por parte do governo federal, um consórcio formado por Estados da região Norte, Nordeste e Centro-Oeste tentam negociar a compra de milhões de doses da vacina Sputnik V produzida por um laboratório ligado ao governo da Rússia.

Mesmo ainda não tendo autorização para fazer a compra direta, os Estados ingressaram com uma ação no Supremo Tribunal Federal visando ter aval para aquisição já que o governo federal tem exclusividade na compra e distribuição da CoronoVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan, no Estado de São Paulo.

Como a distribuição da vacina paulista produzida em parceria com o laboratório chinês Sinovac tem sido lenta devido aos trâmites burocráticos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e também da dificuldade de trazer insumos de outros países para produção em larga escala, os governos estaduais negociam por fora até ter uma autorização judicial.

Na tarde desta quarta-feira, 10, Cameli revelou ao ac24horas que repassou ao consórcio que o Acre tem interesse de adquirir 700 mil doses, quantidade suficiente para imunizar 350 mil habitantes, dos 860 mil que residem no Estado.

“Estamos trabalhando numa forma de acelerar. Existe a ação no Supremo e os governos estão trabalhando numa saída”, disse Cameli.

O ac24horas apurou que o governador Flávio Dino, do Estado do Maranhão, é quem intermedia junto os russos a logística da compra. Num grupo de WhatsApp formado por governadores da Amazônia Legal, Dino afirmou que já iria negociar preços e prazos com os russos.

Acre

FIEAC, Mulheres da Indústria e primeira-dama discutem apoio a casas de passagem

Situação crítica de entidades de apoio a pessoas em tratamento na capital sensibiliza ala feminina do setor produtivo

Publicado

em

Sensibilizados pelas condições financeiras e até sanitárias de algumas casas de passagem de Rio Branco, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), José Adriano, e o Grupo de Mulheres da Indústria estiveram reunidos com a primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli, e a secretária de Estado de Assistência Social, Ana Paula Lima, na tarde desta quarta-feira, 23 de junho. O encontro foi realizado na Sala de Reuniões do Palácio Rio Branco, com objetivo de buscar soluções para que tais entidades não fechem as portas, deixando de atender pacientes que vêm de diversos municípios para a capital, tratamento.

“É uma situação muito preocupante e urgente. As pessoas que trabalham nesses lugares são verdadeiros anjos que se colocam à disposição de outras que estão em sofrimento. Os três municípios que mais demandam essas casas de passagem são Cruzeiro do Sul, Feijó e Tarauacá, a maioria dessas pessoas com problemas cardíacos, câncer e até a parte de dependentes químicos”, resumiu Adriano. “Por menor que seja o trabalho feito em solidariedade a essa situação, significará muito a essas pessoas que estão sem perspectivas sequer de alimento”, complementou.

O Grupo acenou com a possibilidade de o Gabinete da Primeira-Dama intervir junto aos parlamentares para auxiliar o trabalho dessas entidades ou a criação de um programa emergencial de solidariedade e apadrinhamento, unindo outras instituições. A secretária Ana Paula Lima se colocou à disposição para auxiliar, alertando que as entidades precisam regularizar sua documentação. “Nós ficamos tristes porque, muitas vezes, esbarramos nesse problema. Vamos conversar com o secretário de Saúde, Alysson Bestene, para sugerir que as pastas se unam e, assim, podermos fazer mais por essas entidades, um grande mutirão”, garantiu. 

Pelo Grupo de Mulheres da Indústria, a empresária Zulene Oliveira se comprometeu em fazer um levantamento da real situação documental das casas de apoio. “Também gostaríamos de trazer representantes das casas em situação mais emergenciais para uma segunda reunião”, sugeriu. Por sua vez, a primeira-dama Ana Paula Cameli informou que o Ministério Público Estadual fará uma doação em dinheiro para a área social, indo ao encontro das necessidades emergenciais apresentadas na reunião. “Então, passaremos uma lista dessas entidades para a Procuradoria-Geral do Ministério Público e contamos com o apoio de vocês para fazer esse levantamento”, finalizou.

Continuar lendo

Destaque 4

Representantes do FBI e DEA devem ministrar cursos para forças de Segurança do Acre em julho

Publicado

em

O secretário de Segurança Pública, coronel Paulo César, declarou ao ac24horas na tarde desta quarta-feira (23), que se reuniu com a embaixada americana para tratar de assuntos relacionados à melhoria e aperfeiçoamento da segurança pública.

No encontro, ficou estabelecido que membros do FBI – Federal Bureau of Investigation ou Departamento Federal de Investigação e a Drug Enforcement Administration que é um órgão de Polícia Federal do Departamento de Justiça dos Estados Unidos devem fazer uma visita técnica ao Acre no mês de julho. “Seis membros da embaixada devem vir ao Acre nos dias 19 a 22 de julho o FBI e DEA e devem estar reunidos com as forças de segurança do estado afim de levantar as demandas e ofertarem uma série de cursos e equipamentos de tecnologia de informações no sentido de melhorar o combate ao narcotráfico”, declarou.

O coronel ressaltou que a reunião ocorrida na embaixada serviu para tratar de assuntos referentes a migração ilegal, atuação de grupos terroristas na região amazônica e, principalmente, em combate ao narconegócio na região do Alto Acre e Vale do Juruá

César ponderou que na ocasião foram feitas algumas tratativas, como por exemplo, capacitação de profissionais, recursos e banco de dados de reconhecimento de pessoas e documentos falsos.

Continuar lendo

Destaque 4

Voo de R$ 6 mil para o Acre faz Marcelo Bimbi chamar parlamentares de ‘vergonha’

Publicado

em

O modelo acreano Marcelo Bimbi, que ficou conhecido nacionalmente após participar do reality show A Fazenda, na Record, e engatar romance com a também modelo Nicole Bahls, fez uma publicação de desabafo em suas redes sociais nesta terça-feira, 22, após verificar o preço de R$ 6.174 num único bilhete de ida partido do Rio de Janeiro para o Acre. Por isso, questionou o trabalho dos parlamentares acreanos na Câmara e no Senado Federal.

“Senadores e deputados federais do Acre, os senhores são uma vergonha. Pra quê usam o plenário da câmara e do senado? Só para benefício próprio?”, questionou ao publicar uma fotografia constando um único bilhete de avião custando mais de R$ 6 mil em voo para o Acre.

“Os senhores estão aí, para lutar pelos interesses do povo acreano, sejam eles quais forem. Vocês deveriam fiscalizar esses preços abusivos. A pandemia está acabando. Aproveitem e voltem a trabalhar. Já que nesses mais de 1 ano nessa pandemia, vocês não ajudaram em nada o governador Gladson Cameli e nem o povo do Acre”, completou.

Para Bimbi, o valor elevado nas passagens de avião ao estado faz com que piadas e falta de turismo envolvam o Acre. “Por essas e outras que dizem que o Acre não existe! Quem vai pagar mais de 6 mil reais apenas num bilhete de ida, pro Acre?”, finalizou.

Continuar lendo

Destaque 4

PMs teriam sido agredidos por abordar homem com criança em moto sem capacete

Publicado

em

Após a repercussão de um vídeo que mostra a agressão de um homem a dois policiais militares no município de Acrelândia, a Polícia Militar do Acre divulgou uma nota ao ac24horas nesta terça-feira, 22, esclarecendo a situação. Segundo a instituição, a confusão começou quando o homem que aparece nas imagens teria sido abordado pelos militares por estar com uma motocicleta ligada e uma criança de 4 anos na garupa, sem o capacete.

A situação aconteceu no dia 20 de junho, enquanto a equipe realizava abordagem de trânsito a outro condutor. “Outro cidadão [ o que aparece no vídeo, estava] em uma motocicleta ligada, com uma criança de, aproximadamente, 4 anos na garupa, o que está em desacordo com a Lei 14.071/20, que só permite a condução de crianças em motocicletas a partir de 10 anos. Agravava a situação o fato da criança estar sem capacete”, diz a PM em nota.

Foi então que os policiais garantem ter se aproximado com a intenção de orientar o condutor para resguardar a vida da criança, “mas ele negou-se a apresentar a documentação solicitada e ofendeu um dos policiais militares com palavras de baixo calão. Em ato contínuo, o condutor tentou evadir-se com a motocicleta e foi impedido por um dos policiais”, afirmam.

A partir de então, o homem teria iniciado a agressão a um dos policiais no rosto e se armou com uma “ripa”, agredindo os dois policiais militares com diversos golpes. “Posteriormente, ao entrar em sua residência, o homem usou de uma vassoura para ameaçar a guarnição, desferindo alguns golpes nos agentes da segurança pública. Os policiais, antes de qualquer tentativa de utilização de instrumento menos que letal (spark), tentaram dialogar com o abordado para que se entregasse”, garantem.

Por fim, o homem cessou os atos de agressão e foi para a delegacia com a guarnição. A PM salienta que nenhum policial revidou a ação violenta do cidadão, que foi encaminhado à delegacia com sua integridade física preservada. “O homem, com suas ações, causou lesões e hematomas nas mãos, braços, ombros, punhos e lombar dos policiais, e foi preso em flagrante pelos crimes de lesão corporal, desacato, resistência à prisão e periclitação da vida e da saúde”, enfatiza a nota;

A instituição afirma que irá buscar junto aos órgãos competentes a aplicação de justiça, com punição pelos atos praticados contra os agentes estatais.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas