Conecte-se agora

Chevrolet Onix: ideal para o dia a dia

Publicado

em

O Chevrolet Onix é o carro mais vendido do Brasil, emplacando aproximadamente 53.000 unidades só no primeiro semestre de 2020,  segundo um levantamento feito pela Fenabrave. Mas, o que faz com que seus concorrentes não alcançam tanto sucesso? Nos baseamos na versão LTZ hatch com câmbio manual de 6 marchas para fazer este artigo. Afinal, este modelo tem sido o ideal para muitos compradores.

A versão LTZ manual do Onix, tinha como intenção desenvolver um o carro mais equipado, com bancos revestidos a couro, ar-condicionado digital,assistente de partida em rampa e os controles de estabilidade e tração, seis airbags, entre outros itens essenciais, como a pintura da lataria em duas tonalidades.  Afinal, foi partir da versão LT, que o Onix ganhou faróis de neblina, rodas de liga leve de 15”, sistema de Wi-Fi, assistência e segurança sistema OnStar. Ainda na versão LTZ manual, é incluído também partida sem chave, carregador sem fio, câmera de ré e sensor vespertino. Já na versão Premier, inclui rodas de liga leve aro 16”, farol projetor, lanternas de LED e bancos com acabamento de couro, possui também ar-condicionado digital, alerta para ponto cego, assistente de estacionamento automático e outros itens.

O Onix sempre foi reconhecido pelo seu visual moderno, independente das críticas vindas de alguns de seus consumidores. E a nova geração do hatch da Chevrolet mantém a tradição, pois vem se destacando mais dentre os seus rivais do que o seu antes que possuía mais detalhes atrativos, como o friso cromado que passava pela grade dianteira, unindo-os aos faróis. Além disso, na sua nova versão a linha de cintura ficou mais elevada, fazendo o carro ficar mais robusto, afinal sua traseira ganhou mais detalhes e um estilo mais esportivo, além das rodas de 16”. Com 25 cm a mais que o modelo anterior, o novo Onix possui mais presença, embora seu entre-eixos não tenha sido aumentado, passando a ter 2,55m.

Na sua parte externa, o que chama atenção são os retrovisores posicionados em um lugar onde obtém um ótimo ângulo de visão, a Chevrolet pecou em não acionar recolhimento automático, técnica bastante útil para adentrar vagas apertadas estacionamentos e que alguns de seus rivais têm, como: o Hyundai HB20 versão Diamond Plus. Já na sua parte interior, fica evidente o quanto o Novo Onix inovou nessa nova geração. Levando a sério a questão da segurança e confortabilidade de seus passageiros, com aviso de cinto colocado incorretamente para todos os ocupantes, airbags de cortina, frontais e laterais, controle de estabilidade e tração, sistema ISOFIX para cadeirinha infantil, assentos dianteiros com encostos de cabeças agrupados ao banco, faróis com refletores duplos, dentre outros equipamentos de segurança.

A central multimídia foi o que levou o primeiro Onix a ser o mais vendido dos compactos e, nessa nova geração, ele passa a ter uma das melhores centrais multimídias do mercado automotivo. Isso porque sua tela é de alta resolução e, dentre outros recursos, possui acesso à internet a bordo, graças à parceria da Chevrolet com a Claro. Os planos chegam até 20 GB de capacidade para conexão.

O bagageiro da versão LTZ possui 280L mantendo a média do segmento de hatches, lembrando aqueles que apreciam o Onix e desejam mais espaço para suas bagagens, a versão Onix Plus oferece 469L.

O Onix LTZ vem com o novo motor 1.0, de 3 cilindros, turbo, que rende 117 cvs e ótimos 16,9 kgfm a 2.000 rpm. É moderno e ideal, com variável de fase na admissão e no escape, o que faz total diferença quando você o mantém na faixa essencial de utilização. Abaixo dos 2.000 rpm, falta potência. Segundo o Inmetro, a versão  LTZ manual do Onix faz 13,8 km/l em ambiente urbano e 17,1 km/l em rodovias a gasolina, além de 9,7 km/l em ambiente urbano e 12,3 km/l em rodovias com etanol.

Sua suspensão, é confortável quando necessária e firme nas curvas, aguenta mais que a geração anterior, com o ponto H em seus assentos onde deveriam estar. O volante de três raios possui uma  boa empunhadura e sua direção precisa são as vantagens do modelo, além disso, é leve para manobrar e ganha peso de acordo com o aumento de velocidade. Além dos tambores no eixo de trás, os freios do são necessários e sucessivos usado fácil. Ou seja, é fácil de conduzir e levá-lo ao seu ponto ideal. Já a sua embreagem é leve e evita que o motorista canse ao estar em meio ao trânsito. Outro ponto positivo está no seu trambulador, que possui engate macio e impulsiona, junto a sua força, uma condução mais esportiva. Mas vale ressaltar que, ainda sim, o Onix LTZ com câmbio manual não é desenvolvido para esse tipo de atividade. Por fim, qualidades é o que não falta para o Chevrolet Onix se manter no topo do ranking dos modelos hatches compactos mais vendidos do Brasil.

Ficha técnica

Preço: Aproximadamente R$ 63.500 câmbio manual;

Motor: 1.0, 3 cilindros, turbo flex;

Potência : 117 cvs a 5.600 rpm;

Torque: 16,7 kgfm a etanol / 16,4 a gasolina a 2.000 rpm;

Transmissão: Manual, 6 marchas e tração dianteira;

Suspensão: Independente na dianteira e traseira;

Freios: A discos ventilados na dianteira e tambores na traseira;

Pneu: 195/55 R16;

Dimensões: 4,17 m de comprimento / 1,75 m de largura / 1,48 m de altura, 2,56 m de entre-eixos;

Tanque : 45L;

Porta-malas: 280L;

Consumo: 13,7 km/l na cidade) / 17 km/l  na estrada a gasolina

de 0 a 100 km/h em 10,0 segs;

Velocidade máxima: 187 km/h.

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre porque o Onix é o carro ideal para o dia a dia!

Fonte: Chevrolet

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas