Conecte-se agora

Disputa pela prefeitura de Xapuri caminha para ter quatro candidaturas em 2020

Publicado

em

A exemplo do que aconteceu na eleição municipal passada, em 2016, vencida pelo petista Ubiracy Vasconcelos, Xapuri caminha para mais uma vez ter quatro nomes concorrendo à cadeira de prefeito. Com o prazo para as convenções se encerrando no próximo dia 16, as últimas esperanças de os partidos de oposição no município se unirem para a disputa deste ano estão quase que esgotadas.

A expectativa por um acordo de última hora entre as siglas que fizeram parte do grupo que ajudou o governador Gladson Cameli a se eleger em 2018 – MDB, PSD e DEM – esfriou de vez depois que o mandatário maior do estado apareceu em um vídeo divulgado no Facebook manifestando apoio à pré-candidatura de Carla Mendonça (PP), esposa do deputado estadual Antônio Pedro, do Democratas.

Mesmo que Carla pertença ao partido pelo qual Cameli chegou ao Palácio Rio Branco e do qual se afastou há pouco tempo, os dirigentes municipais do MDB e do PSD esperavam pela neutralidade do governador diante da situação de impasse que se criou no município para essa eleição. Todos os envolvidos sabem da importância da aliança numa disputa contra o PT, mas ninguém abre mão da cabeça de chapa.

Um motivo a mais para o descontentamento dos supostos aliados de oposição é que a pré-candidatura da mulher do deputado democrata sequer existia no cenário eleitoral local. Ela nasceu da desistência do filho de Antônio Pedro, Aílson Mendonça, de sua pré-candidatura pelo DEM, depois de ser engolido pelos altos índices de rejeição demonstrados em consultas de consumo interno, segundo fonte ligada ao grupo.

De acordo com a mesma fonte, as últimas semanas têm sido marcadas por tentativas infrutíferas do grupo oficialmente liderado por Antônio Pedro, mas conduzido na prática por Aílson, para cooptar o apoio da direção do MDB no município em favor do nome de Carla Mendonça. Com o aval dos caciques estaduais, os emedebistas em Xapuri realizarão a sua convenção no próximo dia 10 e devem oficializar uma chapa puro sangue.

Há três nomes cotados para compor a chapa do MDB com advogado Carlos Venícius. O também advogado e policial federal aposentado Eden Mota, a médica Raíssa Ferraz, filha do presidente da Câmara de Vereadores, Ronaldo Ferraz, e a professora Marlene Cândido, popularmente conhecido como Rosa do Trajano. Entre os três, Rosa leva vantagem por abrir espaço a Carlos Venícius em um segmento importante, o dos trabalhadores em educação.

O PSD, do pré-candidato Gessi Capelão, que é dissidente do MDB, marcou a convenção para o dia 8 e afirma que trabalha a composição da chapa dentro do próprio partido. O nome mais cotado para disputar o cargo de vice-prefeito era o do pastor Josimar, da igreja Batista Filadélfia, mas ele não se desincompatibilizou de suas funções na instituição religiosa em tempo hábil para concorrer.

No camarote petista, o atual prefeito Ubiracy Vasconcelos acompanha o desenrolar da novela da oposição e deve torcer para que o desfecho seja mesmo o que se desenha até o momento, com base na crença de muita gente de que quanto mais candidatos na disputa melhor para o PT. Fato é que nem sempre isso se confirmou nas urnas, analisando-se os resultados das duas últimas eleições municipais.

Em 2016, Bira Vasconcelos foi eleito contra outras três candidaturas, de Aílson Mendonça (DEM), Erivélton Soares (MDB) e Vanderley Viana (PROS). O petista obteve naquela oportunidade 3.854 votos (41,39% do total válido). Já quatro anos antes, em 2012, quem se beneficiou de quatro candidaturas não foi o PT, mas o PSDB de Marcinho Miranda, que venceu a eleição com 4.203 votos (47,94% do total válido) contra as chapas de Bira (PT), Wagner Menezes (PSB) e João Jorge (PV).

No entanto, um dado relevante chama a atenção quando são analisados os números dos dois últimos pleitos municipais. Em Ambos, Ubiracy Vasconcelos obteve o mesmo percentual de votos, 41% arredondando o número. Foram 3.610 (41,18%) em 2012 e 3.854 (41,39%) em 2016. Caso mantenha essa densidade eleitoral em 2020, dificilmente será derrotado em um cenário com quatro candidaturas. A não ser que algum dos concorrentes repita o feito de Marcinho, há 8 anos, quando alcançou quase 50% dos votos válidos.

Voltando para as convenções, o PT faz a sua no próximo dia 11 e ao que tudo indica não haverá mudanças na composição da chapa majoritária, que deverá continuar tendo como companheira de Ubiracy Vasconcelos a atual vice-prefeita, Maria Auxiliadora (PSB). Caso o nome da esposa do deputado estadual Manoel Moraes não seja confirmado, a alternativa é o advogado Maxsuel Maia, também dos quadros do Partido Socialista Brasileiro.

Anúncios

Cidades

Hospital de Brasiléia atingiu capacidade máxima de pacientes da ala Covid-19, diz vereadora

Publicado

em

A vereadora Neiva Badotti (PSB) usou as redes sociais na noite desta quinta-feira, 21, para denunciar o descaso da Sesacre em relação à falta de profissionais no Hospital Regional de Brasileia (AC).

Segundo a parlamentar, somente nesta quinta-feira, 21, três profissionais da linha de frente do hospital testaram positivo para covid-19 Ela conta que o hospital se encontra o caos, desde leitos de enfermaria lotados até profissionais de saúde saturados e cansados.

“Não tem mais leitos de enfermaria a ala covid-19 tá lotada. Não tem SAMU aqui. Teve um paciente aqui que teve que ser transferido daqui pelo SAMU de Capixaba. A gente pede que o governo do estado tome uma providência”, salientou a vereadora.

Continuar lendo

Cidades

Mailza Gomes entrega Vade Mecum gratuito para estudantes de Direito e instituições

Publicado

em

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC) iniciou a distribuição de exemplares de Vade Mecum gratuito para estudantes de Direito, coordenadores de curso, servidores do judiciário e Secretarias de Estado. A obra escolhida pela senadora e produzida pela gráfica do Senado Federal vem escrita para apoiar profissionais da área e traz conteúdos das principais legislações: Constituição Federal, Código Civil, Código Penal, Lei Maria Da Penha, Estatuto da Igualdade Racial, dentre outras leis do âmbito jurídico.

A senadora explica que essa distribuição é também fruto de um desejo de compartilhar conhecimento e informar. “Estamos distribuindo nas secretarias, deixando com coordenadores de curso da área jurídica e em várias bibliotecas das universidades para facilitar o acesso às obras, que é de extrema relevância, tendo em vista que os alunos muitas vezes necessitam fazer uma pesquisa rápida e atualizada, onde o material escrito está revisado e atualizado por grandes juristas brasileiros”, enfatizou.

Nas redes sociais, a parlamentar comemorou o sucesso da entrega. “Fico muito feliz por proporcionar esses livros com apoio do Senado de forma gratuita para nossa gente e nossos alunos”, escreveu.

Exemplares já foram entregues à Secretaria Estadual de Fazenda (SEFAZ), Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre), Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (IEPTEC), Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (SEPLAG), Tribunal de Justiça, dentre outras instituições.

Mailza falou que contribuição é de fundamental importância para melhor atender aos profissionais das secretarias, onde material vai ficar disponível, para fornecer consultas imediatas.

O que é um Vade Mecum?

Vade Mecum é uma expressão em latim que significa “vai comigo”. E indica bem por quê os alunos de Direito levam esse livro para todos os lugares. O livro reúne as principais leis brasileiras. Para os estudiosos do Direito, o Vade Mecum é essencial para consultar as leis mais importantes, como a Constituição Federal, o Código Civil, as Leis Trabalhistas e muitos outros.

Continuar lendo

Cidades

Prefeitura impõe novas medidas contra aglomerações no município de Xapuri

Publicado

em

Durante ato de abertura da vacinação contra o coronavírus no município, ocorrido na manhã desta quinta-feira, 21, o prefeito Ubiracy Vasconcelos assinou um novo decreto (045/2021) com medidas de prevenção no combate à Covid-19, que vem se agravando na cidade.

Nas últimas duas semanas, Xapuri voltou a apresentar números altos de novas contaminações, registrando recordes de confirmações diárias de novos infectados desde o início da pandemia, que fez os primeiros casos no município em 27 de abril do ano passado.

Com mais de 2 mil casos confirmados e 16 mortos, a cidade não tem contido as aglomerações desde a campanha eleitoral passada. Eventos em bares que promovem som ao vivo, entre outras atividades, têm causado ajuntamentos constantes de pessoas em espaços mínimos.

Em outros espaços, como supermercados ou mesmo locais públicos, o rigor com medidas consideradas como essenciais pelas autoridades em saúde para a prevenção de contaminações, como o uso de máscaras e o afastamento social, tem sido flagrantemente deixados de lado pela população.

Com as novas medidas, o funcionamento de atividade econômicas segue sendo regido pelo que dispõe o Pacto Acre sem Covid, mas lanchonetes, bares, restaurantes e distribuidoras poderão funcionar apenas até às 21 horas, sob pena de multa de R$ 250 em caso de desobediência.

Outra determinação importante é a proibição da permanência de pessoas em locais públicos, como ruas, praças e calçadas, entre às 10 horas da noite e às 5 horas da manhã seguinte. Fora desses horários, aglomerações com mais de 5 pessoas deverão ser dispersas pela polícia ou agentes de saúde.

Continuar lendo

Cidades

Fernanda Hassem recebe técnicos da Amac para ajustes em projeto de urbanização

Publicado

em

Uma equipe da Associação dos Municípios do Acre (AMAC) composta pela coordenadora de projetos Micaelle Maia e pela arquiteta Thaís Paz esteve em Brasiléia nesta quarta-feira, 20, para fazer ajustes em um projeto de urbanização do município, que será encaminhado ao Ministério do Turismo.

O projeto, segundo a prefeita Fernanda Hassem, prevê três etapas que consistem na urbanização da rotatória de entrada da cidade, para quem vem de Assis Brasil, até o residencial Jatobá, com pavimentação, iluminação e paisagismo.

Do residencial Jatobá até o Hospital Regional, será construído um passeio público, com pavimentação, bancos e luminárias. O projeto prevê ainda uma pista de caminhada e uma ciclovia, com iluminação e paisagismo, na BR-317, sentido a Assis Brasil, até o km 4, nas proximidades do santuário de São Francisco de Assis.

Fernanda Hassem informou que a deputada federal Vanda Milani (Solidariedade) é parceira do município na viabilização dos recursos para o projeto.

“Estamos bastante otimistas com esse projeto. A previsão é que as obras iniciem ainda esse ano de 2021”, disse a prefeita em sua página do Facebook.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas