Conecte-se agora

Fecomércio do Acre doa mais 500 sacolões para famílias pobres da Bolívia

Publicado

em

Durante a pandemia de coronavírus, 14 mil cestas básicas foram doadas a famílias carentes pela Federação do Comércio do Acre.

E na última quinta-feira, 14 de agosto, mais 500 cestas foram entregues à população de Cobija, cidade fronteiriça com o Acre pelo município de Brasiléia.

Por estar distantes aproximadamente 1.000 quilômetros de outro grande centro comercial boliviano a obtenção de recursos básicos pela população de Cobija se dá por Brasília ou pela capital do Acre.

Com o fechamento do comércio local, da fronteira com o Brasil e o agravamento da pandemia, presidente do Sindicato dos Comerciantes de Brasiléia (Sincobras), José Luiz Revollo Júnior, solicitou ajuda a Fecomércio. “Acionamos a Federação do Comércio e prontamente eles se sensibilizaram com a situação de Cobija e acionaram o Mesa Brasil do Sesc, e hoje estamos com um total de mil cestas básicas distribuídas”.

A vice-governadora de Pando, Paola Terrazas, disse o sentimento é de gratidão pelas doações recebidas. “Queremos agradecer ao Mesa Brasil e à Federação do Comércio pelo trabalho solidário. Estamos muitos gratos por ser um dos beneficiários deste programa. Isso é amor ao próximo”.

Anúncios

Cotidiano

Enfermeira acreana que atuava em Pauini, no Amazonas, é mais uma vítima da Covid-19

Publicado

em

A enfermeira Viviane Aparecida Cavalcante, de 43 anos, morreu em Rio Branco, na madrugada desta quarta-feira, 27, em decorrência de complicações da Covid-19 depois de ser transferida do Amazonas para o Acre, segundo informações prestadas por fonte ligada à família.

Filha do casal Cícero Tenório Cavalcante e de dona Ziza, pessoas muito conhecidas em Xapuri, onde viveram e mantiveram negócios por vários anos, e em Epitaciolândia, onde a família se radicou posteriormente, Viviane havia cursado enfermagem na Universidade Amazônica de Pando.

De acordo com as informações postadas em sua página no Facebook, a enfermeira atuava em uma unidade da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) no município de Pauini desde o ano de 2017. Anteriormente, ela havia trabalhado na Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).

Ainda na manhã desta quarta-feira, o prefeito e o vice-prefeito de Epitaciolândia, Sérgio Lopes e Antônio Soares, prestaram, por meio de veículos de comunicação, condolências aos familiares de Viviane, que era irmã de dois servidores daquela municipalidade, Fábio e Liliane Tenório.

Continuar lendo

Cotidiano

Após polêmica, escola e prefeitura se manifestam por remoção de árvore no Bosque

Publicado

em

Desde que a prefeitura de Rio Banco anunciou que iria remover a árvore histórica localizada nas dependências da Escola Dom Giocondo Maria Grotti, situada no bairro Bosque, o município vem tentando explicar o que motivou a retirada da planta de grande porte e que fazia parte da região. Nessa terça-feira, uma nota de esclarecimento foi emitida pela Secretaria Municipal de Educação (SEME).

O órgão do município afirma que recebeu um ofício no dia 17 de fevereiro de 2020 solicitando a poda da árvore Apuí com urgência. “A poda já está sendo concluída. Contudo, a árvore ainda continua oferendo riscos como relata a gestão da escola”, garante.

A secretária de Educação, Nabiha Bestene, diz que a SEME se preocupa com a integridade física dos alunos, profissionais da escola e pedestres que por ali circulam. “[…] Que as devidas medidas sejam tomadas o mais breve possível, respeitando a legislação aplicável”, comunicou.

Em nota, a direção da escola garante que todo solicita a poda da árvore, pois

sempre tem galhos e troncos podres e ocos que caem com frequência no pátio e na calçada da escola. No entanto, após avaliação e Laudo Técnico, ficou decidida a necessidade de retirar a árvore, pois além dos galhos grandes que caem, o muro da escola estava rachado e prestes a cair.

“Nós sentimos pela retirada da árvore de nossa escola, não temos o intuito da maldade ou desrespeito com a natureza, mas antes que algo grave aconteça é melhor que decisões assertivas sejam tomadas, pois se um acidente acontecer, as críticas serão outras: por que a escola não tomou providência se sabiam dos riscos”, explica.

A escola avisa que tem como meta incluir em suas ações educacionais o plantio de espécies de árvores adequadas para o local, envolvendo professores, alunos e comunidade, planejamento a ser desenvolvido em momento oportuno.

Continuar lendo

Cotidiano

Divulgado pelo Inep o gabarito oficial das provas objetivas do Enem 2020

Publicado

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulga hoje, 27, os gabaritos oficiais das provas objetivas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Os participantes poderão conferir as respostas corretas do exame no site do Inep e no aplicativo do Enem.

O Enem impresso foi aplicado nos dois últimos domingos, dias 17 e 24 de janeiro. Os participantes resolveram questões objetivas de matemática, ciências da natureza, ciências humanas e linguagens. Fizeram também a prova de redação, a única subjetiva do exame.

A previsão para a divulgação dos resultados finais é dia 29 de março. Nessa data os participantes saberão também quanto tiraram na redação. Mas, apenas depois da divulgação do resultado, em data ainda a ser definida, os candidatos terão acesso à correção detalhada da prova de redação.

Continuar lendo

Cotidiano

Justiça do Acre inicia operação do Juízo 100% Digital, projeto instituído pelo CNJ

Publicado

em

O TJAC é 20º tribunal a aderir ao Juízo 100% Digital

Instituído pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o projeto viabiliza a execução de todos os atos processuais exclusivamente por meio eletrônico e remoto. A medida segue um dos principais eixos definidos pela gestão do ministro Luiz Fux no CNJ, voltada para o incentivo à inovação tecnológica, eficiência na prestação do serviço jurisdicional e a redução de custos do Judiciário.

No Acre, o Juízo 100% Digital começa a ser aplicado como projeto piloto em 4 unidades em Rio Branco: 1ª e 4ª Vara Cível, 1ª Vara da Fazenda Pública e Vara de Execuções Fiscais. Com a iniciativa, o TJAC pretende dar mais acesso à população, que terá condições de ingressar nos serviços judiciários por meios eletrônicos, além de tornar a tramitação de processos mais célere e eficaz.

Essa inovação foi implantada no Poder Judiciário do Acre em dezembro de 2020. Nesta terça-feira, 26, a presidência do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) junto com a Corregedoria-Geral da Justiça (Coger) apresentou a iniciativa para a comitiva do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que está realizando visita institucional à Justiça acreana.

O conselheiro do CNJ Marcos Vinícius Jardim Rodrigues, que foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC), participou do encontro e ressaltou a vanguarda do Poder Judiciário acreano. “Tivemos o desafio de manter os serviços jurisdicionais diante do isolamento social e as tecnologias foram amigas, foram essenciais para isso. Os tribunais que investiram em tecnologia conseguiram. Por isso, agradeço e parabenizo o Tribunal de Justiça do Acre pela vanguarda ao aderir esse projeto.”

Para o presidente do TJAC, desembargador Francisco Djalma, é importante continuar avançando no uso da tecnologia. “Essas medidas vêm e precisamos adotar. Se não tivéssemos com o processo eletrônico quando começou a pandemia, teríamos parado. Por isso, acredito que as tecnologias vêm para melhorar e facilitar a prestação dos serviços.”

Por meio do projeto de Justiça digital, todos os atos processuais, como audiências e sessões, são exclusivamente realizados por videoconferência. As audiências são gravadas em áudio e vídeo, inseridas no processo e têm valor jurídico equivalente às presenciais, asseguradas a publicidade dos atos praticados e as prerrogativas processuais de advogados e partes. O atendimento da unidade judiciária a operadores de Direito e à sociedade é também realizado por meios eletrônicos, que são divulgados nos portais dos tribunais.

O modelo digital é optativo e não implica alteração de competência das unidades judiciárias. Para um processo tramitar no Juízo 100% Digital, a parte demandante deve aderir à modalidade no momento da distribuição da ação, podendo o demandado opor-se a essa modalidade de realização de atos processuais até o momento da contestação.

Com informações da Agência CNJ de Notícias e do Portal do Tribunal de Justiça do Acre.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas