Conecte-se agora

Rodrigues Alves confirma três casos de coronavírus no município

Publicado

em

Rodrigues Alves, uma das cinco cidades do Vale do Juruá confirmou três casos de Covid-19. O resultado veio por meio de teste rápido realizado sábado, 9.

Os três infectados, duas mulheres e um homem, trabalham na lotérica da cidade, onde muita gente esteve nos últimos dias recebendo o Auxílio do governo federal . Os três estão isolados em casa.

O secretário Municipal de Saúde, Júlio Martins, disse que nesta segunda, 11, vai anunciar novas medidas restritivas na cidade.

Anúncios

Na rede

Covid-19 mata seis pessoas em 24 horas em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Foto: Marcos Santos/Secom

O número de mortes por Covid-19  no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul não para de subir. Seis pessoas vítimas da  doença  morreram no local  de sexta- feira,  26, até a manhã deste sábado (27). Uma das vítimas foi levada para Mâncio Lima,  4 foram enterrados no Cemitério Jardim da Paz em Cruzeiro no início da noite de ontem e 1 na manhã de hoje.

O administrador do cemitério Jardim da Paz em Cruzeiro do Sul, Auricélio Lima, confirma os enterros. “Nós enterramos 4 à boca da noite de sexta  e por volta das 3 da madrugada já de hoje,  sábado, nos acionaram novamente, mas fizemos o enterro agora cedo porque a equipe estava muito cansada”, contou.

No  final de semana passado,  8 pessoas morreram por coronavírus  no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul.

Na  segunda onda da doença no município, o número de mortes é maior. No dia 12 de abril do ano passado foi  descoberto o primeiro caso de Covid-19 em Cruzeiro e no dia 13 de maio, houve a  primeira morte no Hospital do Juruá.  Era uma idosa de 84 anos de Tarauacá,   que teve de ser enterrada  em Cruzeiro devido à proibição de traslado de corpos para cidades distantes.

Para cidades próximas,  como Mâncio Lima e Rodrgues Alves,  também já houve proibição de traslado,  medida que não está mais em vigor.

Até o último  dia 12 de fevereiro, haviam  158 corpos enterrados na ala Covid-19 do Cemitério Jardim da Paz. A área  do cemitério é de 5 hectares  e foi comprada e implantada pelo ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro.

Continuar lendo

Na rede

Duas comunidades de Cruzeiro do Sul ganham pontos de banda larga via satélite

Publicado

em

A cidade de Cruzeiro do Sul, uma das regiões atingidas pelas fortes chuvas e enchentes dos últimos dias, recebeu na última quarta-feira, 24 de fevereiro, dois pontos de conexão de internet banda larga via satélite do programa Wi-Fi Brasil.

A instalação foi feita durante visita do presidente Jair Bolsonaro ao Estado. Na ocasião, o presidente entregou ainda 13,5 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford, recém chegadas da Índia, e sobrevoou as áreas atingidas. Outras 8,4 mil doses da Sinovac também foram enviadas ao Acre.

Os pontos vão beneficiar mais de 5 mil habitantes que vivem nas regiões de Vila Santa Luzia e Comunidade Santa Rosa. Sensibilizado pela situação que enfrenta o estado do Acre, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, determinou o envio dos pontos do programa que já está presente em todos os estados do Brasil com mais de 13 mil pontos de internet. As antenas foram instaladas no Centro Multiuso, na comunidade Santa Rosa; e, na Unidade de Saúde da Vila Santa Luiza, instalada com sinal livre de internet de alta velocidade e gratuita.

Com 4.500 habitantes, a região da Vila Santa Luzia é, até agora, a área mais populosa atendida pelo programa Wi-Fi Brasil Livre em todo o país. A conexão vai beneficiar ainda a agricultura familiar, principal atividade econômica da região de Santa Rosa. No Acre, o programa Wi-Fi Brasil já instalou 276 pontos de internet.

“Os locais são isolados e de difícil acesso. Só para se ter uma ideia, parte do trajeto até o local da instalação foi feita de barco pelas equipes da Telebras, que é parceira do MCom no projeto. Com a visita do presidente à região, enviamos ainda doses da vacina AstraZeneca/Oxford e, claro, o nosso total apoio e sensibilidade ao estado que vivencia uma situação bastante delicada neste momento”, ponderou o ministro Fábio Faria.

Atualmente, há cerca de 13 mil pontos do programa espalhados por quase 2.900 cidades brasileiras. Os equipamentos públicos mais atendidos são as escolas, onde estão instaladas mais de 9.600 antenas, especialmente em regiões rurais, além de postos de saúde, com 1.200 unidades. O programa atende também aldeias indígenas, quilombos, telecentros, postos de fronteira, entre outros.

Continuar lendo

Na rede

Acreano com Covid-19 e dengue morre pouco depois de time do coração ser campeão

Publicado

em

O agricultor aposentado José Cardoso da Silva, 81 anos, conhecido como Zé Gonzaga, morreu na noite dessa quinta-feira, 25, na clínica do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, após ficar internado com infecção do novo coronavírus. Ele também estava diagnosticado com dengue e tinha outras comorbidades.

O idoso foi internado na última terça-feira. Seu neto, Caio Campos, conta que o avô era flamenguista fanático e pouco antes de morrer soube da vitória do time no Campeonato Brasileiro e ficou feliz. “Ele estava ansioso que chegasse o último jogo do Flamengo para ver ele sendo campeão. Quando o meu tio falou que o Flamengo ganhou, logo após, ele morreu. Morreu sabendo que o seu time foi campeão”, relata Caio, destacando que o avô estava aparentemente bem e tinha muita fé que ficaria curado.

“Ele era nervoso, mas tinha muita fé. Quando íamos saindo do hospital de campanha, na quarta, ele olhou para minha mãe com os olhos cheios de lágrimas e essa foi a última vez que o vi”, conta o neto emocionado, que faz um apelo às pessoas sobre a necessidade das regras sanitárias e de distanciamento.

“Vidas importam. Muitos só darão importância à prevenção, evitando aglomerações, quando a vítima for um ente querido. A covid não é brincadeira, e todos são responsáveis pela saúde dos seus familiares. As pessoas podem estar sendo os transmissores dentro da sua casa”, desabafa. Seu Zé Gonzaga deixa 11 filhos, 16 netos e 10 bisnetos.

Hospital de Campanha

A única morte registrada nas últimas 24 horas no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul foi do aposentado Zé Gonzaga. Na unidade hospitalar há um total de 83 pacientes internados, sendo 63 na clínica e 20 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os pacientes da UTI são de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Ipixuna (no Amazonas), Tarauacá, Santa Rosa do Purus, e Marechal Thaumaturgo. Nas últimas 24 horas foram dadas 4 altas hospitalares e feitas 2 transferência para a clínica médica.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul é o primeiro município a receber recursos da Defesa Civil Nacional

Publicado

em

Cruzeiro do Sul já recebeu R$ 3,1 milhões do Governo Federal, através da Secretaria Nacional de Defesa Civil, para execução das ações de assistência às famílias atingidas pela enchente do Rio Juruá e para o período pós vazante. A informação é do prefeito Zequinha Lima, que está em Brasília reunido com o secretário nacional da Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas.

O gestor exaltou o fato de Cruzeiro do Sul ser a primeira cidade do Acre a ter os recursos liberados. Zequinha conta que durante a visita ao gabinete do secretário nacional, conseguiu adequar o projeto às reais necessidades de Cruzeiro do Sul, conseguindo a liberação mais rapidamente do recurso. “Fizemos alguns ajustes de acordo com a nossa realidade e se precisar de mais ajuda certamente iremos procurar. Vamos honrar para que esses recursos cheguem em quem realmente precisa”, pontuou o prefeito.

O secretário nacional, Coronel Alexandre Lucas, que esteve em Cruzeiro do Sul, parabenizou o empenho da gestão. “Estamos felizes por hoje liberar os recursos para as ações de assistência humanitária em Cruzeiro do Sul. Agradeço a visita do prefeito, o que possibilitou os ajustes para realmente empregar os recursos conforme a necessidade da cidade. O prefeito está de parabéns por essa atitude, e estamos à disposição”, concluiu o militar.

A enchente do Rio Juruá atingiu cerca de 40 mil pessoas . Depois de alcançar a marca histórica de 14.36 metros o manancial está com 13.74 nesta quinta feira, 25, mas as famílias que estão nos abrigos públicos só deverão voltar para casa quando o rio estiver com 11 metros.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas