Conecte-se agora

Covid-19 avança entre profissionais da saúde e pode faltar médicos

Publicado

em

FOTO: ODAIR LEAL

Na luta contra o novo coronavírus, profissionais de saúde no Acre têm pagado um alto preço: mais de vinte foram infectados. Não há registro de óbitos no quadro, mas com o avanço na contaminação entre enfermeiros e médicos, pode ocorrer falta de servidores para o enfrentamento a pandemia.

Segundo o que a reportagem apurou, no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), um médico foi infectado. O profissional cumpre isolamento social e apresenta sintomas leves da doença.

Sem um levantamento específico, a Secretaria de Estado de Saúde (SESACRE) não informou se a contaminação dos profissionais se deu pela chamada carga viral – alta concentração de vírus – a qual os profissionais estão mais expostos pelo ofício.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma pessoa infectada com o novo coronavírus transmite o patógeno para até três pessoas. Mas um paciente em atendimento em um hospital da cidade chinesa de Wuhan, por exemplo, passou o vírus para ao menos 14 profissionais de saúde antes mesmo de ter febre.

A luz vermelha ascendeu na SESACRE devido aos pedidos de afastamentos dos profissionais que tiveram contato com os já contaminados. Embora oficialmente ninguém fale sobre o assunto, o Comitê de Crise do governo do Acre já colocou o assunto em pauta.

Orientado pela bancada federal, o governo do Estado tenta com outros chefes de executivo do nordeste, a antecipação do Revalida, que pode disponibilizar milhares de profissionais habilitados em medicina no exterior. O Ministério da Educação não deu nenhuma resposta.

No documento os governadores estabelecem que os profissionais possam atuar em caráter de urgência e supervisionados e que o processo de validação dos diplomas seria feito por meio de programa de complementação curricular na modalidade ensino-serviço por meio das universidades públicas.

O Conselho Regional de Medicina no Acre já se manifestou contrário aos argumentos dos governadores. Para a instituição, qualquer liberação nesse sentido seria ilegal. A situação levantou o debate sobre distribuição de médicos no país.

Segundo o boletim da Covid-19 desta sexta-feira, 234 pessoas confirmaram positivamente para a doença. 11 são o número de mortos e mais de 500 casos estão sendo analisados.

Anúncios

Acre

No Acre, mais de 20 mil candidatos faltaram no 1º dia de Enem

Publicado

em

Em coletiva na tarde deste domingo, 17, após a realização do primeiro dia de Exame do Enem, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que a realização do exame em meio à pandemia foi “algo vitorioso”. O índice de abstenção ficou em 51,5%.

Embora seja preliminar, o número já indica o maior percentual de abstenção em toda a história do Enem. O maior índice havia sido registrado em 2009, com 37,7%. Em 2019, o índice do primeiro dia ficou próximo a 23%, segundo o ministro.

No Acre, segundo dados do Ministério da Educação, dos 40.674 inscritos, compareceram apenas 19.721, ou seja 48,5%. O Acre seguiu a média nacional, e registrou o maior índice de abstenção da história com 51,5%, registrando 20.953 faltosos.

O tema da redação do Enem 2020 foi ‘O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira’. No Acre, a abertura dos portões ocorreu como nas edições anteriores: às 9h30 (horário local) até às 11h (horário local).

Em Rio Branco, a Prefeitura colocou 47 coletivos para realizar o transporte dos estudantes neste domingo (17). No Acre, 17 municípios foram escolhidos para aplicação das provas, dos quais foram escolhidos 148 locais de provas e 1.677 salas.

Continuar lendo

Acre

Polícia prende padrasto que estuprou enteada de 8 anos

Publicado

em

As polícias Civil e Militar do município de Mâncio Lima, prenderam em flagrante neste sábado, 16, um homem identificado por Antônio, que teria estuprado a enteada de apenas 8 anos de idade. Logo depois do estupro, sangrando muito, a garota foi levada ao hospital por parentes. O médico que a atendeu, desconfiou da situação e acionou a polícia, que prendeu o homem. O caso aconteceu na casa da própria família.

De acordo com o delegado José Obetânio, o exame de conjunção carnal confirmou o estupro. Como a garota está internada, deverá ser ouvida na segunda ou terça-feira, dia 18.

O homem já está no Complexo Penitenciário Manoel Neri em Cruzeiro do Sul. Na última quinta-feira, 14, outro estuprador foi preso em Mâncio Lima.

Continuar lendo

Acre

Acre registra mais um óbito e 146 novos casos da Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) registrou neste domingo, 17, 146 novos casos de infecção por coronavírus, sendo todos resultados de exames de RT-PCR. O número de infectados subiu de 44.621 para 44.767 nas últimas 24 horas.

Até o momento, o Acre registra 126.532 notificações de contaminação pela doença, sendo que 81.319 casos foram descartados e 446 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 38.970 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 136 pessoas seguem internadas.

Mais uma notificação de óbito foi registrada neste domingo, 17, sendo do sexo feminino, cujas iniciais são: M. S. S., de 75 anos. Moradora Epitaciolândia, a idosa deu entrada no dia 13 de janeiro, no Hospital Raimundo Chaar, em Brasiléia, vindo a falecer no dia seguinte, 14, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 836 em todo o estado.

Continuar lendo

Acre

Alto Acre tem lotação 66,7% de leitos de enfermarias Covid, diz boletim

Publicado

em

Os dados divulgados diariamente pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) sobre a evolução da pandemia de Covid-19 no Acre não são animadores, apesar de o estado ser o único no momento com média móvel de mortes em queda no país, de acordo com o Ministério da Saúde.

Apenas neste sábado, 16, foram 465 novos casos de infecção pelo novo coronavírus no estado. Até o momento, o Acre registra 44.621 casos de Covid-19 com 835 óbitos decorrentes de complicações da doença. No Alto Acre, os números também são preocupantes, com os quatro municípios acumulando quase 5 mil casos.

Os números mais altos são de Xapuri e Assis Brasil, os dois municípios de maior incidência da doença no estado. Entre os dois últimos Boletins Sesacre, houve um acréscimo de mais 128 casos positivos na regional – 66 em Xapuri, 42 em Assis Brasil, 17 em Brasiléia e 3 em Epitaciolândia.

Em Assis Brasil, o prefeito Jerry Correia baixou decreto na última sexta-feira, 15, determinando o fechamento de bares, clubes de festas, boates e proibindo a aglomeração de pessoas em espaços públicos. A medida foi tomada após reuniões com as polícias Civil e Militar e Ministério Público Estadual.

De acordo com o Boletim Sesacre deste sábado, 16, a taxa de lotação dos leitos de enfermaria para pacientes de Covid-19 disponíveis na regional do Alto Acre era de 66,7% – de 18 leitos disponíveis, 12 estavam ocupados, com 8 dos pacientes tendo testado positivo para a Covid-19.

No Hospital Regional de Brasiléia, que recebe pacientes encaminhados dos demais municípios da regional, os dias da semana passada foram de lotação total da unidade em razão de um surto de dengue que agravou o caos já existente por conta do agravamento da pandemia de Covid-19.

Neste domingo, 17, a gerente de Assistência do Hospital Regional de Brasiléia, Joelma Pontes, confirmou que as enfermarias para Covid-19 estão todas lotadas e que os novos pacientes estão sendo transferidos para o Into, em Rio Branco. Na noite deste sábado, 16, três pacientes demandavam transferência para a capital.

Em Xapuri, tanto no hospital Epaminondas Jácome quanto na Unidade de Referência, a semana foi de intensa movimentação de pessoas apresentando sintomas do coronavírus e de dengue. Neste sábado, 16, o município registrou o recorde de novos casos diários, com 50 confirmações feitas em um período de 24 horas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas