Conecte-se agora

Gelada

Publicado

em

Nelson_coluna_cabeça

O deputado federal Taumaturgo Lima (PT) virou pauta da grande imprensa. Uma matéria publicada pelo repórter de O Globo, Jailton de Carvalho relaciona o parlamentar acreano com a emissão de notas para justificar despesas à Câmara Federal.  O total das notas soma R$ 77 mil. As empresas que emitiram as notas, em 20111, MC e Gold Incorporação são alvos de investigação da Polícia Federal por lavagem de dinheiro.

Doleiro famoso

taumaturgoO estranho é que segundo a matéria publicada por O Globo o proprietário das empresas é um doleiro muito conhecido no país, Fayed Traboulsi , acostumado a frequentar manchetes relacionadas a crimes de “colarinho branco”. Será que Taumaturgo não tinha conhecimento do passado do “empresário”?

Estranho

Mais estranho ainda é justificativa dos serviços prestados ao deputado acreano. Veja o que diz a reportagem: “Taumaturgo Lima confirma que contratou serviços das duas empresas, uma para fazer o site dele na internet, e outra pelo aluguel de dois carros.”

De fora é melhor

Será que não existe nenhuma empresa capaz de elaborar um site para o mandato de Taumaturgo Lima no Acre? Eu poderia indicar ao deputado pelo menos uma dezenas de webs designers acreanos altamente competentes.

Colonizados

Aliás, é muito comum os nossos parlamentares, de situação e de oposição, serem eleitos com o voto dos acreanos, mas fazerem todos os serviços com profissionais de fora. Não fica nada aqui. Será uma mentalidade colonizada ou má fé?

O passado os condena

O deputado federal Márcio Bittar (PSDB-AC) também já foi acusado pela imprensa nacional, Correio Brasiliense, de restituir despesas na Câmara Federal, usando “notas frias” da empresa Marca Texto, no começo de 2013. Outra vez serviços relacionados a comunicação social.

Vergonha

Os dois casos ainda estão sob investigação e não houve condenações. Mas só a suspeição e a divulgação a nível nacional representam um escárnio com a cara dos eleitores acreanos.

Importantes

O deputado federal Márcio Bittar (PSDB) é pré-candidato ao Governo do Acre e, primeiro secretário da mesa diretora da Câmara Federal. Já Taumaturgo Lima (PT) é pré-candidato à reeleição e irmão do secretário estadual de fazenda, Mâncio Cordeiro.

Silêncio

O caso que relaciona Márcio Bittar com a empresa Marca Texto foi manchete em todos os jornais do Estado. Por enquanto, não li nada na imprensa acreana sobre Taumaturgo Lima. Só num blog que republicou a matéria de O Globo.

Jogado às feras

Mas tenho certeza que o espaço político onde Taumaturgo Lima receberá maior condenação será entre os seus companheiros do PT. Taumaturgo não se manifestou a favor dos envolvidos no escândalo do G 7, por exemplo. Será que agora algum “companheiro” irá defende-lo?

Momento difícil

Uma parte significativa do PT do Juruá não apoiará a reeleição de Taumaturgo Lima. O grupo majoritário de petistas da região marchará com Marcelo Siqueira (PT), candidato a vice prefeito da FPA, em Cruzeiro do Sul, em 2012.

Prefeito parceiro

No entanto, Taumaturgo Lima deverá contar com o apoio do prefeito Burica (PT) de Rodrigues Alves. Segundo colocado nas eleições de 2012, que ganhou o mandato no “tapetão”.   

Água na fervura

Taumaturgo Lima se lançou candidato à presidência do PT. Depois passou a bola para seu companheiro deputado federal Sibá Machado (PT). Não acredito que os dois cheguem ao final da disputa pela presidência do partido no próximo dia 10 de novembro.

Espaço aberto

Aliás, os caminhos para a disputa das cadeiras à Câmara Federal estão mais abertos do que para os postulantes da Aleac. Com as candidaturas majoritárias de Henrique Afonso (PV-AC), Gladson Cameli (PP-AC) e Perpétua Almeida (PC do B- AC) a possibilidade de renovação da bancada é grande.

Direito de resposta

Desde já abro espaço nesta coluna para a defesa dos deputados federais Taumaturgo Lima (PT) e Márcio Bittar (PSDB), caso queiram fazer alguma justificativa desses dois casos aos leitores. A democracia pressupõe o debate de ideias e os direitos de análise dos fatos publicados pela imprensa nacional, mas também de defesa daqueles que se sentirem injustiçado. Escrevo essas notas com a intenção de informar os leitores e não com o intuito de agredir ou denegrir quem quer que seja. No entanto, as duas notícias são muito graves e os parlamentares envolvidos devem se justificar à população acreana que os colocou no Congresso Nacional como representantes das aspirações de transformações da nossa sociedade.  

 

Acre 01

Filho de Edmundo Pinto repudia documentário e diz que pai foi vítima de queima de arquivo

Publicado

em

A morte do ex-governador do Acre Edmundo Pinto, assassinado em maio de 1992 continua sem elucidação e gerando discussão. O filho, o ex-vereador Rodrigo Pinto, atualmente em Dubai, usou as redes sociais para repudiar um documentário exibido sobre o pai, no plataforma do YouTube, denominado de Operação Policial, onde exibe investigações criminais dos principais assassinatos do país.

“Um documentário onde a narrativa segue apenas a investigação policial, não houve entrevista com a viúva, filhos, populares além de pessoas ligadas diretamente ao governo Edmundo Pinto. Repudiamos totalmente esse tipo de manipulação”, declarou.

A reportagem destaca que em uma viagem de negócios, o governador do Acre, Edmundo Pinto, se hospedou no mesmo lugar que sempre se instalava em São Paulo. Porém, o governador é surpreendido, no quarto, por assaltantes que além de roubar dinheiro, executaram Edmundo.

O assassinato do governador ocorreu menos de 48 horas antes da CPI do Congresso que investigava corrupções no governo. “Como comprovar que o crime não ocorreu por motivos políticos? Conheça o trabalho dos investigadores que mostram que esse caso não passou de um infortúnio latrocínio”, diz a sinopse do programa.

Entretanto, além de repudiar a reportagem, Rodrigo contesta a avaliação dos investigadores. “Não foi crime de latrocínio, foi executado sumária, queima de arquivo. Edmundo iria a CPI não porque foi convocado ele se ofereceu para fazer uma declaração bombástica e denunciar a corrupção, pagamento de propina que vimos hoje atualmente nas páginas policiais do Brasil”, ressaltou.

O filho do ex-chefe do executivo, supõe que empresas de grande porte podem estar envolvidas no crime. “Empresas envolvidas: Odebretch”, revelou.

Continuar lendo

Cotidiano

Novo posto da PRF em Xapuri deve ter inauguração anunciada em breve

Publicado

em

As obras de reforma e ampliação da Unidade Operacional (UOP 02) de Fiscalização de Xapuri, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão em fase de conclusão, segundo a assessoria da força de segurança e a inauguração deverá ser anunciada em breve.

Localizada no entroncamento da BR-317 com a AC-485 (Estrada da Borracha), na entrada para Xapuri, a unidade deixou de funcionar permanentemente há mais de três anos, no governo do ex-presidente Michel Temer, por falta de contingente.

O posto policial não chegou a ser desativado, mas o policiamento permanente naquele ponto estratégico da rodovia federal foi deixando paulatinamente de existir, apesar de equipes terem sido mantidas na rodovia, segundo a PRF.

“A obra está em fase de conclusão. Divulgaremos com antecedência a inauguração. Durante todo o período de obras, mantivemos equipes na BR-317”, disse a Assessoria de Comunicação da PRF em resposta a email enviado pelo ac24horas”.

A presença intermitente de patrulheiros no Posto do Entroncamento resultou no aumento da sensação de insegurança na região, principalmente em razão da proximidade com a área de fronteira e a constância das ocorrências envolvendo o tráfico de drogas e assaltos em propriedades rurais.

As obras começaram em setembro do ano passado. Naquela ocasião, a instituição disse que objetivo era tornar o prédio mais funcional para melhor atender à sociedade, proporcionar um local moderno e ergonômico para o labor dos servidores e reforçar o ponto de referência da PRF na região de fronteira.

Continuar lendo

Destaque 4

Xapuri comemora 5 mil doses aplicadas e leva vacinação à faixa dos 35 aos 39 anos

Publicado

em

O município de Xapuri inicia nesta segunda-feira, 21, mais uma etapa da campanha de imunização contra a Covid-19 para a população em geral – sem comorbidades.

Depois de ampliar a campanha para a faixa etária entre os 40 e os 49 anos, no decorrer da última semana, agora o município vai vacinar o público entre 35 e 39 anos de idade.

A Secretaria Municipal de Saúde de Xapuri (Semusa) já está divulgando a convocação para a vacinação desse grupo, por meio das redes sociais e outros veículos de comunicação.

Os locais de atendimento são a tenda instalada na praça central da cidade, nas imediações da igreja de São Sebastião, e na Unidade Básica de Saúde Raimundo Francisco da Silva, no bairro Sibéria.

As pessoas que buscarem o atendimento deverão estar munidas do cartão do SUS, comprovante de endereço, CPF ou documento de identificação e caderneta de vacinação.

A Semusa também informou que já foram aplicadas mais de 5 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Atualmente, a população em geral está sendo imunizada com a vacina da AstraZeneca.

Continuar lendo

Acre 01

Jovem faz campanha para colocar carro de som na rua e informar sobre vacinação da Covid-19

Publicado

em

O analista de redes Rodrigo Nonato Ramos, de 26 anos, lançou uma ideia nesta semana para tentar aumentar as informações sobre a vacinação da Covid-19 na capital acreana. Ao levar a mãe de 43 anos para tomar a vacina, percebeu que muitos moradores ainda desconheciam a faixa etária e os grupos que estavam sendo vacinados. Com isso, convidou alguns amigos e parceiros para fazer um carro de som transitar pelas ruas dando detalhes da imunização.

O projeto acredita que quanto mais pessoas informadas, mais pessoas serão vacinadas e menos terão chance de luto. A ideia consiste em pagar o proprietário do carro de som por hora, que faz um chamamento de vacinação pelos bairros.

Desde essa sexta-feira, 19, o veículo está nas ruas fazendo o papel de informar os cidadãos. Rodrigo também tem pagado impressão de panfletos para entregar aos pedestres em locais públicos. “Temos que divulgar mais sobre a vacinação e os locais em que estão sendo aplicadas, pois tem muitos pontos que estão em procura ou com baixa adesão para a imunização”, disse Ramos ao ac24horas.

Em cerca de dois dias de campanha de arrecadação, o projeto já conseguiu cerca de R$ 1 mil. Neste domingo, 20, já foram pagos ao carro de som um serviço de 9 horas de divulgação. A ideia é que a campanha perdure até a conclusão do ciclo de imunização na capital.

Para ajudar, basta enviar um Pix para o número (68) 9 8110-5532, ao Rodrigo Nonato Ramos. Ele e os demais participantes do projeto irão fazer prestação de contas das doações por meio das redes sociais.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas