Conecte-se agora

Sine/AC oferta 74 vagas de emprego para Rio Branco

Publicado

em

O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine), está ofertando nesta segunda-feira (16), 74 vagas de emprego para diversas áreas. Os interessados devem comparecer pessoalmente à Sede do órgão, localizada na Avenida Getúlio Vargas, , n°1670 e levar em mãos carteira de trabalho, RG, CPF, Titulo de Eleitor, comprovante de escolaridade e de endereço.

Vagas Ofertadas no dia 16/9/2013

Armador de ferros: 5
Assistente administrativo: 1
Auxiliar de depósito: 1
Auxiliar de linha de produção: 8
Auxiliar de manutenção predial: 2
Conferente de carga e descarga: 1
Conferente de serviços bancários: 1
Cozinheiro do serviço doméstico: 1
Cozinheiro geral: 1
Digitador: 1
Empregado doméstico nos serviços gerais: 4
Encanador: 3
Encanador industrial: 2
Forneiro em olaria: 3
Manicure: 1
Masseiro (massas alimentícias): 1
Mecânico de automóveis e caminhões: 1
Mecânico de injeção eletrônica: 1
Mecânico de manutenção e eletricista: 1
Mecânico de refrigeração: 1
Mecânico de veículos: 1
Motoboy: 1
Oficial de serviços diversos na manutenção de edificações: 1
Oleiro (fabricação de tijolos): 3
Operador de empilhadeira: 1
Operador de retro-escavadeira: 1
Operador de supermercados: 2
Operador patroleiro: 1
Pedreiro: 9
Pintor industrial: 1
Repositor de mercadorias: 7
Soldador: 2
Vendedor de serviços: 3
Vendedor pracista: 1

Anúncios

Acre 01

Justiça acata pedido do governo federal para retirar imigrantes da ponte entre Acre e Peru

Publicado

em

A Justiça Federal acatou nesta segunda-feira, 8, o pedido do Governo Federal para a reintegração de posse contra os imigrantes que estão acampados na Ponte da Integração, que liga a cidade de Assis Brasil (AC) a Iñapari, no Peru.

Na decisão, o juiz federal Herley da Luz Brasil pontuou que a reivindicação de abertura das fronteiras com o Peru não pode ser atendida pelo Brasil em respeito à soberania estatal e que foram propostas ações conciliatórias, mas os imigrantes se negaram a aceitar qualquer acordo.

A ponte foi ocupada por pelo mais de 300 imigrantes, a maioria haitianos. Uma parte deles permanece na ponte e outra em abrigos, em Assis Brasil. O juiz autorizou o uso de força policial, devendo a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, a Força Nacional de Segurança Pública e Polícia Militar do Acre cumprirem a ordem judicial e resguardarem a ordem e a segurança no local. O magistrado também autorizou a prisão em flagrante daqueles que se negaram a cumprir a ordem judicial.

“Disso se verifica que a livre manifestação perde seu caráter de lícita e legítima até porque é impossível ao governo brasileiro atender ao pleito, transborda da razoabilidade e proporcionalidade e passa a configurar, na realidade, indevida ocupação de bem público, evidente abuso do direito constitucionalmente garantido, em detrimento da ordem pública e econômica, da garantia do direito de ir e vir e de outros direitos humanos envolvidos”, destacou.

Ainda conforme o magistrado, o bloqueio na ponte da integração traz diversos prejuízos econômicos aos dois países e alertou para o prejuízo dos caminhões de insumos que estão tanto do lado peruano e brasileiro. “Assim, a manifestação acabou por impor desordem, inviabilizando o tráfego na região e acarretando ou podendo acarretar o desabastecimento de produtos e insumos no Brasil, no Peru e na Bolívia, revelando-se legítima e premente a pretensão da União”, pontuou.

Nesse domingo, 7, o diretor do Sindicato das Indústrias de Frigoríficos e Matadouros do Estado do Acre, Nenê Junqueira, diz que o bloqueio na ponte da integração impede no momento a passagem de 100 caminhões com carga que estão do lado peruano e outros 30 que estão em território acreano.

“Será que se esse bloqueio ocorresse no Porto de Santos as autoridades já não teriam solucionado? Como estamos distantes dos grandes centros, em uma fronteira com menor circulação, não tem sido dada a necessária atenção para essa situação grave”, indagou.

Continuar lendo

Cotidiano

Começa nesta segunda-feira a 17ª Semana Justiça pela Paz em Casa, de 8 a 12 de março

Publicado

em

Começa nesta segunda-feira, 8, e segue até o dia 12 de março a realização da 17ª Semana Justiça pela Paz em Casa. Essa é a primeira edição da campanha em 2021, criada pelo Conselho Nacional da Justiça. No Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) a atividade será mantida dentro das condições propícias de trabalho em que o órgão vem atuando devido às crises simultâneas pela qual passa o Estado do Acre em decorrência da COVID-19, surto de dengue, enchentes em dez municípios e crise migratória na fronteira com o Peru.

No período de campanha, magistrados e magistradas deverão priorizar o andamento dos processos judiciais de violência doméstica, em especial de sentenças, despachos e decisões e, quando possível, a realização virtual de audiências para atender os protocolos de segurança sanitária de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.

A atividade será aberta às 16h com a palestra “Patriarcado e Racismo: descontruindo a violência de gênero”, pela professora mestre Claudia Marques. No restante da Semana os serviços serão focados na designação de audiências virtuais de justificação, instrução e julgamento de processos judiciais, em matéria de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher bem como de prolatação de despachos e sentenças, prioridade nos processos de réus presos, medidas de proteção.

Fonte: Ascom/TJAC

Continuar lendo

Extra Total

Uma em cada três pessoas que morreram de Covid-19 no Acre não tinha comorbidade

Publicado

em

Dados do boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) divulgados nesse domingo, 08, mostram que um em cada três óbitos em decorrência da Covid-19 não possuíam histórico de comorbidades, ou seja, eram pessoas relativamente saudáveis.

Das 1.063 mortes pela pandemia no estado, 421 foram de pacientes saudáveis antes da infecção com o vírus, ou seja, 35,4%. Do total de vítimas, 70,7% foram pessoas acima de 60 anos, que também pertencem ao grupo de risco. De acordo com o sexo, 629 óbitos eram do sexo masculino e 434 feminino.

O Estado do Acre apresenta um coeficiente de mortalidade (óbitos por 100 mil habitantes) de 118,8 e de letalidade de 1,8%, sendo que o maior coeficiente de mortalidade é do município de Assis Brasil 199,1/100 mil habitantes e de letalidade em Capixaba com 2,9%.
De acordo com a cor da pele, a maior proporção de casos positivos é de pessoas pardas (43,5%), entretanto, verifica-se que 35,5% dos casos confirmados não possuem o registro desta informação.

Do total que testou positivo, 27.364 (45,4%) são do sexo masculino e 32.924 (54,6%) do sexo feminino. Quanto à faixa etária, a maior proporção encontra-se entre 30 a 39 anos, em ambos os sexos.

Continuar lendo

Destaque 3

Apenas duas cidades acreanas aderiram ao consórcio nacional para compra de vacinas

Publicado

em

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) está estimulando a adesão ao Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar), mas no Acre, somente Rio Branco e Cruzeiro do Sul estão na lista das 1.703 cidades interessadas em participar do colegiado que comprará vacinas contra a Covid-19.

O Conectar reúne mais de 1.70 municípios interessados, incluindo 24 capitais, um grupo que representa mais de 125 milhões de brasileiros.

Segundo a FNP, a proposta de constituir um consórcio público para aquisição de vacinas, medicamentos, insumos e equipamentos de saúde está fundamentada na Lei nº. 11.107/2005.

De acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI), em vigência desde 1973, a obrigação de adquirir imunizantes para a população é do governo federal. No entanto, diante da situação de extrema urgência em vacinar brasileiros e brasileiras para a retomada segura das atividades e da economia, o consórcio público, amparado na segurança jurídica oferecida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), torna-se uma possibilidade de acelerar esse processo.

No âmbito estadual, o governo do Acre está envolvido em colegiados para aquisição direta da vacina.

Veja a lista completa dos municípios que participam do consórcio: https://twitter.com/FNPrefeitos/status/1367855508032544770

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas