Conecte-se agora

Aparelho quebrado no HC leva mãe ao desespero com medo de filho ficar cego

Publicado

em

Ray Melo,
da redação de ac24horas
raymelo.ac@gmail.com

Vivendo de favores há mais de 15 dias, na cidade de Rio Branco, a funcionária pública do município de Feijó, Elizangela da Silva Viana, 34, faz uma verdadeira peregrinação em busca de ajuda para o filho de quatro anos, que sofre de toxoplasmose.

Com passagens pagas pelo TFD, à servidora veio à capital em busca de um exame no Hospital das Clínicas, mas ao realizar a consulta e pegar os encaminhamentos, Elizangela da Silva foi comunicada que o aparelho que realizaria o procedimento estaria quebrado.

Segundo informações de oftalmologistas do HC, o mais importante para o diagnóstico da toxoplasmose ocular é o exame de fundo de olho com as pupilas dilatadas, quando o médico oftalmologista encontra a típica do toxoplasma. O exame é feito com o Oftalmoscópio.

O tratamento do J.E.A.S. só poderá ser iniciado após a realização do exame. A mãe da criança tomou conhecimento do estado de saúde de seu filho, há pouco mais de três meses. O medo da servidora é que a doença evolua e cause a cegueira no paciente.

Elizangela da Silva foi orientada a procurar a direção do HC, para saber quais as providências que seriam tomadas. De acordo com ela, os gestores do hospital colocaram seu nome numa lista, mas não deram previsão de quando o novo aparelho chegaria.

A fundoscopia ou oftalmoscopia é o exame em que se visualizam as estruturas do fundo de olho, dando atenção ao nervo óptico, os vasos retinianos, e a retina propriamente dita, especialmente sua região central denominada mácula.

Sem perspectivas, a servidora pública diz que não sabe o que fará, já que tem que voltar a cidade de Feijó, para assumir suas funções. “Estou assistindo ao sofrimento diário de meu filho sem poder fazer nada. Sinto-me impotente diante desta situação”, diz Elizangela.

Sem recursos para se manter em Rio Branco, a agente comunitária de saúde acredita que voltará a sua cidade sem que seu filho receba o atendimento adequado. “Fui informada que é um aparelho relativamente barato. Porque o hospital ainda não comprou um novo”, questiona.

De acordo com Elizangela, os funcionários do HC teriam informado que Oftalmoscópio estaria quebrado desde o ano passado. A servidora afirmou ainda, que dezenas de pessoas estariam na lista para realização de exames que dependem do mesmo aparelho.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas