Conecte-se agora

Vítimas do DDT merecem respeito, diz Petecão

Publicado

em

Num plenário lotado, a Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal  realizou esta terça-feira (25), em Brasília, a audiência pública sobre as vítimas do DDT. Solicitada pelo senador Sérgio Petecão (PSD), a reunião serviu para ex-funcionários da antiga Sucam de todo o país, e em particular da Amazônia, denunciarem  uma vez mais as mazelas enfrentadas pela contaminação do inseticida no combate às endemias rurais.

Os relatos emocionaram os presentes que fizeram um minuto de silêncio pelas vítimas mortas na luta contra as doenças, principalmente no interior do país.”Foi uma chance de exigir uma tomada de posição definitiva do Governo brasileiro”, disse Petecão.

A audiência contou com a participação de representantes do Ministério da Saúde, da Fundação Nacional de Saúde(Funasa) e Associação das Vítimas do DDT do Acre, além de sindicalistas ligados à luta em defesa dos contaminados pelo DDT.

Um dos momentos mais tocantes  ficou por conta da exposição de fotos dos atingidos pelo DDT, onde muitos ex-funcionários da Sucam colocaram à mostra suas seqüelas em virtude da contaminação.

Encaminhamento
No final da reunião, Petecão sugeriu um encaminhamento adequado para que o problema não ficasse apenas no terreno vago das discussões . Ficou decidida a formação de uma comissão mista de deputados e senadores que deverá se reunir na próxima quinta-feira (27) para consolidar a formação de um Frente Parlamentar e ainda tratar de reivindicações como a formação de um banco de dados, a realização de exames obrigatórios para os contaminados  pelo DDT, a garantia de equipamentos para o combate das atuais endemias e  a questão da indenização aos atingidos.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas