Menu

Com curió em muda, Gladson não dá um pio e deixa Alysson sendo fritado ao sabor dos boatos

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Conheço o Alysson Bestene (PP) há muito tempo. Nunca fomos próximos, politicamente, mas sei ser um homem de bem. O que estão fazendo com a sua imagem é uma maldade, colocando a sua candidatura a prefeito de Rio Branco entregue para as feras e para as intrigas do poder, onde sofre um claro fogo amigo. O Alysson diz que é candidato. Mas, pelo que se sabe, há um claro boicote de forças que, aparentemente, ao invés de ajudar a sua candidatura, como Pilatos, lavam as mãos. Só quem pode acabar com essa onda de boatos da candidatura do secretário Alysson Bestene (PP), o seu “leitãozinho”, estar ou não rifada é o governador Gladson Cameli, que como curió em muda, não dá um pio, e não se manifesta sobre essa confusão que envolve o PP e seu próprio governo, que é o avalista da suposta candidatura. Enquanto o Gladson não se pronunciar, esse rapaz vai ficar sendo fritado. A confusão está formada, e quem era para dar a última palavra fica calado.


VENDO O BARCO PEGAR FOGO
Enquanto o PP vive esse impasse de ter ou não candidato a prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (MDB) e Tião Bocalom assistem de camarote, o barco do poder pegar fogo. Simples.


TIRO NO PÉ
O deputado federal Eduardo Veloso (UB) pode dar um tiro no pé se escolher mal o seu candidato a prefeito, para não provar o sabor da terrível viagem para Manacapuru.


ELEIÇÃO É PAROQUIAL
Não é a vinda do ex-presidente Bolsonaro ao Acre, que vai decidir a eleição para a prefeitura de Rio Branco. Estão enganados com a cor da chita, a eleição na capital sempre foi paroquial, descolada do humor nacional. Os exemplos são muitos.


SERÁ UM DESASTRE
O PP, que saiu gigante da última eleição municipal, pode nesta eleição virar um anão, se não tiver um candidato competitivo a prefeito de Rio Branco. Sua situação política não é boa nos dois maiores colégios eleitorais, Rio Branco e Cruzeiro do Sul. O PP parece que não sabe conviver com o poder.


PIOR QUE O SONETO
O PP não ter candidato próprio e virar puxadinho de um outro partido na disputa da prefeitura de Rio Branco, será uma emenda pior que o soneto.


CHAMA A SOCORRO
Forças de peso dentro do governo defendem que na hipótese da candidatura de Alysson Bestene (PP) não vingar, que se convide a deputada federal Socorro Neri (PP) para disputar a PMRB. É preciso saber se no cenário da desistência do Alysson, se a Socorro toparia este desafio.


O POVÃO TEM SEUS MISTÉRIOS
Já vi vários políticos extremamente queridos pelos eleitores, perderem a popularidade. O Gladson ponha na sua cabeça que, a sua popularidade, não é eterna. Já vi um senador altamente popular como o Nabor Júnior (MDB), ser derrotado, e perder a cadeira de senador para um desconhecido Geraldinho Mesquita, que era nada simpático. Se forem verdadeiros os números que estão falando, coloque a barba de molho.


CHAMADA NA GRANDE
Assessores do prefeito Tião Bocalom jogam as suas fichas na tese que a candidatura do deputado federal Roberto Duarte (REPUBLICANOS), não irá adiante, porque será chamado na grande a sair do páreo, pelo seu amigo e patrono, o empresário Marcelo Moura, que é hoje um dos cabos-eleitorais mais ativos do prefeito, atuando nos bastidores


DISPUTA DA COMPETÊNCIA
A eleição para a prefeitura da capital não será uma disputa da direita contra a esquerda, será uma disputa para ver quem terá mais competência para cair no gosto do povão. Isso é que decide.


MAL NA FITA
A vice-governadora Mailza Assis ficou mal na fita ao convidar sem ter a caneta na mão, o senador Sérgio Petecão (PSD) para ser aliado do governo na eleição municipal. As suas tratativas com o Petecão, ficaram como uma palavra ao vento.


JOGO DO MOMENTO
A polarização pode ser quebrada na campanha por um outro candidato, na política, o impossível é possível. Mas hoje, a disputa pela PMRB está centrada entre Marcus Alexandre (MDB) e o prefeito Tião Bocalom (vai para o PL). É o jogo do momento.


TEMPO CORRENDO
Dia 6 de abril é o último dia para candidatos a vereador e a prefeito, que ocupam cargos de confiança e demais interessados, se filiarem a um partido para disputar a eleição.


VAI ESTAR CHUTANDO
Quem disser que sabe o que passa pela cabeça do governador Gladson Cameli sobre a eleição para a PMRB, está chutando. Gladson é capaz de tomar decisões nada prováveis, ou não tomar decisão alguma. É um político na cota dos indecifráveis.


FOCO DO BITTAR
Se der certo, é como acertar na loteria. O senador Márcio Bittar (UB) joga todas as suas fichas na reeleição do prefeito Tião Bocalom, porque teria toda a máquina municipal trabalhando para a sua candidatura a novo mandato no Senado, na eleição de 2026. Se o Boca perder, seus planos irão de água abaixo. Bola ou búlica.


PERDA DE TEMPO
A prefeita de Tarauacá, Néia (PDT), passou o mandato brigando com o MP, e agora resolveu brigar com os vereadores. Isso só lhe prejudicou.


NÃO SE GANHA O QUE SE TEM
Todos os secretários municipais vão se filiar ao PL, juntos com o prefeito Tião Bocalom. Com essas filiações, o Boca não ganhará nada, porque não se ganha o que já se tem como subalterno. No caso, seus secretários.


NÃO É SÓ O GLADSON
Não é só o governador Gladson Cameli que está calado sobre a eleição para a PMRB, os dirigentes do PP, também, não se pronunciaram até aqui sobre o imbróglio, envolvendo a candidatura de Alysson Bestene. Estão naquela de que, se o chefe Gladson não fala, não somos nós que iremos falar. No que estão certos.


PAUTA VERDE
A deputada federal Socorro Neri (PP), no momento, está envolvida na Câmara Federal, nas discussões sobre a Pauta Verde para 2024, como entre outros pontos; os investimentos em energias limpas e não poluentes. A direita detesta este tipo de debates sobre o meio-ambiente. Apostam na devastação pela devastação.


TORCEM A CARA
O governador Gladson tem em suas falas tecido fartos elogios ao presidente Lula. Os bolsonaristas torcem a cara para sua postura pragmática.


CANDIDATURA DETONADA
O machismo no PP detonou a candidatura da vereadora Aparecida Rocha (PP) a prefeita do Bujari, para beneficiar o prefeito Padeiro (PDT), com a indicação do seu vice. Cantei aqui essa pedra, que iriam lhe queimar.


BOM DOMINGO
Um domingo de muita paz para todos.


FRASE MARCANTE
“Pecar pelo silêncio, quando se deveria protestar, transforma homens em covardes”. Abraham Lincoln.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.