Menu

“O candidato é o Alysson, não existe plano B no Progressistas”, diz Socorro Neri

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A presidente do diretório municipal do PP, deputada federal Socorro Neri, que é quem vai comandar no partido as eleições municipais deste ano na capital, disse hoje (4) ao BLOG de que o nome de Alysson está solidificado no partido para ser o candidato a prefeito e que, não existe nenhum Plano B, que passe pela substituição do nome ou a hipótese de Alysson vir a ser o vice na chapa do prefeito Tião Bocalom. Revelou que o projeto montado para cumprir etapas na candidatura do Alysson está sendo cumprido, e o que decide uma eleição é uma campanha, e ela não começou. “Estive conversando com o Alysson, ele está muito animado”, falou Neri ao BLOG. Descartou qualquer cenário que implique na retirada do Alysson para uma aliança com o prefeito Bocalom. “O Bocalom destruiu a ponte com o PP, quando na campanha tratou o Gladson como corrupto, quando passou bom tempo atacando a minha honra e não ter apoiado a chapa em que estava a vice-governadora Mailza Assis”, destacou Socorro Neri. E, concluiu dizendo que tudo o que falarem contrário, não passa de boato falso e sem sentido.


SOCORRO TEM RAZÃO
A presidente do PP, deputada federal Socorro Neri, não está errada na sua posição, o que decide uma eleição não são as pesquisas pré-eleitorais, mas o que acontece numa campanha.


MUITO LONGE
E, ainda estamos longe, muito longe, da campanha começar. A campanha se sabe como começa, mas não se sabe como ela termina. O jogo é jogado.


ERRO DE ESTRATÉGIA
A decisão do governador Gladson de recorrer ao STF contra a decisão da ministra Nancy Andrighi que vetou sua viagem para a China, foi um erro de estratégia jurídica. É um direito seu o recurso, mas passa a ideia de confronto com aquela que será a Relatora do seu caso na Operação Ptolomeu. E, fazer um cabo-de-guerra jurídico com a Relatora da ação que pede seu afastamento do cargo, não o ajudará em nada. Mesmo porque a sua viagem para a China não vai transformar o Acre num Estado de primeiro mundo.


NÃO É DE BRIGADEIRO
E quando a ministra Nancy Andrighi proíbe sua viagem para a China, a dedução que se faz é que o céu não está de brigadeiro para ele, no STJ.


NÃO VAI DEIXAR EM PAZ
O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, trate de fazer o seu sucessor, porque se o deputado federal Gerlen Diniz (PP) for eleito, com certeza, vai transformar sua vida num inferno, num mar de denúncias para lhe prejudicar. Não tenho nenhuma dúvida que ocorra.


FATO INUSITADO
A ser verdadeiro o comentário que se ouve de que a mais bela das primeiras damas do Gladson Cameli (hoje ex), Ana Paula, poderá disputar o Senado, seria um fato inusitado, novo, e que mexeria com o quadro eleitoral. Uma ex-primeira-dama disputando o mesmo cargo com o ex-marido seria um cenário que, com certeza, se transformaria num fato que dominaria as manchetes.


TEM O DEDO
Volto a repetir, se a notícia for verdadeira, por enquanto é boato, por certo tem o dedo do deputado Emerson Jarude (NOVO), novo companheiro da Ana Paula.


NÃO CONSEGUI
Tentei de todas as maneiras ontem falar com o deputado Emerson Jarude (NOVO), mas não consegui. O espaço fica aberto para falar sobre o fato.


PESQUISAS DE MAIO
Pesquisas sobre as candidaturas para a PMRB, que vão começar do mês de maio em diante, é que vão começar a dar um melhor balizamento sobre a aceitação de cada candidato a prefeito de Rio Branco. Até lá, muita água ainda vai rolar. A eleição não se decide de véspera.


ATENTADO CONTRA A VIDA
Sempre respeitei as opiniões, por mais polêmicas que fossem, vindas do deputado federal Roberto Duarte (REPUBLICANOS). Mas não posso ter o mínimo respeito por uma decisão que atenta contra a ciência quando assina um requerimento impedindo a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19 em crianças no calendário nacional, algo que se insurge contra a ciência e contra vidas. Será que o Duarte já imaginou quantas crianças vão morrer de Covid, por não estarem imunizadas? E tudo isso em cima de uma ideologia de extrema-direita que não reconhece nem que a terra é redonda? Não estamos mais na Idade Média, mas na era da tecnologia na ciência, meu caro Roberto.


QUANDO FOI DEPUTADA
A época em que o Juruá foi mais bem representado na Câmara Federal, foi quando a Jéssica Sales (MDB) foi deputada federal. Produzia sempre fatos de interesse da coletividade.


CALOTE
Nada que é acertado no governo é cumprido na sua integralidade por alguns secretários, é a reclamação que mais ouço não só de políticos, mas de terceiro que têm negócios com o governo. Isso se chama calote.


É DANDO QUE SE RECEBE
O prefeito Tião Bocalom está aplicando com os vereadores de Rio Branco a teoria de São Francisco, do é dando que se recebe. Acaba de criar e entupir os gabinetes dos vereadores de mais cargos de confiança.


NUNCA CONVERSAMOS
“Quem disse que conversei com o governador Gladson sobre cargos no governo, está mentindo. Nem ele me procurou para conversar e nem eu vou lhe procurar”. A afirmação foi feita ontem ao BLOG pelo senador Sérgio Petecão (PSD). O que há é muita marola e conversa fiada sobre a aliança do Petecão com o Gladson.


FATOS ISOLADOS
No PSD, quem de fato tem aliança com o Gladson e cargos de confiança no governo, são os deputados Bregense (PSD) e Eduardo Ribeiro (PSD), por decisões pessoais e não partidárias. São fatos isolados. O PSD, como partido, não tem aliança.


PATRIOTAS NÃO! BANDIDOS, SIM!
A revelação ontem na mídia dos planos dos bolsonaristas radicais para matar o ministro Alexandre de Moraes, mostra que os que invadiram as sedes três poderes, em Brasília, não é era uma horda de vândalos, nem de Patriotas, mas sim de bandidos que atentaram contra a democracia e pela volta da ditadura. Isso ficou muito claro. Mas, a democracia venceu.


GRANDE ARTICULADOR
O grande articulador político do grupo dos Gomes, em Senador Guiomard, sempre foi o ex-prefeito James Gomes, e não a vice-governadora Mailza Assis, como alguns imaginam.


NEM TUDO SÃO FLORES
Nem tudo são flores no governo do Gladson, as brigas internas são muitas, e entre grupos bem divididos, para saber quem manda mais e seja o preferido do governador. Briga de foice.


GOLPE VELHO
Quando grupos dão corda para o secretário de Educação, Aberson Carvalho, ser o Plano B do PP para a PMRB, é porque estão de olho no seu cargo. Só que o Aberson não é ingênuo de cair nessa armadilha.


FRASE MARCANTE
“As grandes dores são mudas”. Ditado francês.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.