Menu

Yes, teremos mulheres no parlamento, mas o Clube do Bolinha ainda continua majoritário

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O NÚMERO de mulheres candidatas na eleição que acabou recentemente, foi um dos mais altos já registrados. Mas, o resultado não foi o esperado. Mesmo sendo majoritárias no eleitorado acreano, voltou a se registrar o mantra de que, no Acre, mulher não gosta de votar em mulher. Pelo menos foi o que as urnas registraram.


Dos novos 24 deputados estaduais eleitos, apenas três são mulheres: Michelle Melo (PDT), Maria Antônia (PP) e Antônia Sales (MDB). Nas 8 cadeiras na Câmara Federal, também as mulheres serão minoritárias. Se elegeram apenas Antônia Lúcia (REPUBLICANOS), Meire Serafim (União Brasil) e Socorro Neri (PP). E, ponha nesta conta ainda a vice-governadora Mailza Gomes (PP). Pouco, muito pouco espaço. A representação política acreana nos parlamentos vai continuar sendo, majoritariamente, o Clube do Bolinha (formado por homens); as Luluzinhas continuarão sendo uma gritante minoria nas representações parlamentares do estado na ALEAC e na Câmara Federal. A se lamentar.


CONTESTANDO TRAIÇÃO


EM POSTAGEM enviada ao BLOG sobre a decisão do PSD de lhe expulsar do partido pela prática de infidelidade, o prefeito de Plácido de Castro, Camilo Silva, pontuou não ser traidor. Diz que antes da eleição o senador Sérgio Petecão (PSD) já tinha lhe ameaçado de expulsão, e que por conta da ameaça resolveu apoiar o governador Gladson Cameli; e que o dirigente do PSD, Carlos Coelho, não pode falar de infidelidade, porque na campanha municipal apoiou seu adversário. E que, agradece ao Petecão pelas emendas. Registrada a explicação.


NÃO QUER CONVERSA


O PREFEITO CAMILO pode dar a explicação que quiser dar para o fato, mas a ponte com o senador Sérgio Petecão (PSD) está quebrada, e não tem construtor que conserte. E, se for em Brasília, ele não será recebido.


MELHOR CAMINHO


O MELHOR CAMINHO para o prefeito Camilo trilhar é entrar com a sua desfiliação, porque a sua expulsão é inevitável. Não existe mais espaço para ele no PSD.


MARGEM ESTREITA


LULA continua na frente do Bolsonaro, mas a vantagem estreitou para quatro pontos, quase empate técnico. Será uma decisão a ser definida, nos últimos detalhes.


FAVOR NÃO CONVIDAR


NÃO CONVIDEM para o mesmo tacacá o senador Márcio Bittar (União Brasil) e o ex-candidato a deputado Federal, Fábio Rueda (União Brasil). Bittar é acusado de direcionar todo seu grupo na reta final para apoiar as candidaturas a federal do Roberto Duarte e do Eduardo Veloso. Rueda virou candidato por convite de Bittar.


ABANDONADO NO ALTAR


O Fábio Rueda ficou nesta história, como o noivo que foi abandonado no altar da igreja antes do casamento.


BOLA DENTRO


O PREFEITO Tião Bocalom deu uma bola dentro ao projetar a construção de unidades habitacionais para servidores municipais, com abatimento nos contratos.


SAIR DA BOLHA


O PREFEITO Bocalom está muito bem no funcionalismo municipal, por conta do reconhecimento da categoria no campo financeiro, mas tem de sair desta bolha, atuar na periferia; caso queira disputar a reeleição com sucesso.


CONSENSO NO PSB


HÁ UM CONSENSO no PSB de que, pelo fato do deputado Jenilson Leite (PSB) ter tido 35 mil votos na capital, é o candidato natural a prefeito em 2024.


RELAÇÃO ESPATIFADA


É improvável que o PSB e o PT voltem a estar no mesmo palanque, depois do afastamento de ambos na última eleição. O PT não perdoa o deputado Jenilson Leite (PSB); por não apoiar o Jorge Viana (PT) ao governo.


PRINCIPAL ENTRAVE


O ENTRAVE a ser superado pelo deputado Jenilson, caso queira ser candidato à PMRB, é encontrar meios para continuar na mídia, pois, ficará dois anos sem mandato.


NÃO QUER CONVERSA POLÍTICA


O GOVERNADOR Gladson Cameli não quer nenhuma conversa com o prefeito Bocalom, que implique em apoiar sua reeleição. Gladson terá candidato no PP, na próxima eleição na capital. Ouvi isso de uma boa fonte.


NADA ALÉM DA LEGENDA


O DEPUTADO Luiz Gonzaga (PSDB) não quer conversa com a direção do partido, revela quem com ele conversou. Conseguiu ser candidato a muito custo, contra a vontade do presidente do PSDB, Correinha.


FORA DE COGITAÇÃO


O EX-VEREADOR Joelson Pontes (PP), se quiser ser candidato a prefeito de Brasiléia, em 2024, não conte com o apoio do grupo da ex-deputada Leila Galvão, que não aceita nem conversar com ele sobre o assunto. 


GRANDE VENCEDOR


O PP saiu como o grande vencedor da última eleição. Fez o governador, a vice-governadora, três deputados federais e três deputados estaduais.


BUSCAR OUTRO PORTO


O PREFEITO Tião Bocalom precisa ir pensando na alternativa de ser candidato à reeleição, por um partido que não seja o PP. Por um motivo: o Gladson deverá ter outra candidatura do PP para a disputa da PMRB.


MUITA DIFICULDADE


PELA movimentação, acordos, que já estão acontecendo nos bastidores, não será nada fácil o deputado Luiz Tchê (PDT) emplacar sua candidatura à presidência da ALEAC.


NEM NO PDT


E, pelo que se sabe, o Tchê não tem nem o apoio total dos deputados do seu partido para entrar na disputa.


DUPLA QUE SE COMPLETA


A DEPUTADA Maria Antônia (PP), é o que se pode chamar na política de “boa de voto”. Foi reeleita com uma votação expressiva. Seu diferencial é que, ela não faz política só na eleição, mas trabalha o mandato inteiro. E, tem um craque na articulação: o marido Dêda.


VOTOS COM FOLGA


A BASE política do governador Gladson lhe dará uma margem de votos com folga, para aprovar os projetos que enviar á ALEAC. A oposição será minoritária.


NÃO QUER A PRESIDÊNCIA


O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, a maior liderança do MDB na região do Juruá, descarta disputar a presidência do partido, após o deputado federal Flaviano Melo (MDB) passar o bastão do comando.


NÃO ESTAVA NAS CONTAS


NÃO ESTAVA em nenhuma das contas políticas da eleição, que o MDB fracassaria ao ponto de não eleger um deputado federal. A única a cumprir a tarefa foi a Jéssica Sales (MDB), com quase 21 mil votos; mas a fraca votação da chapa, não atingiu o coeficiente para fazer um federal. A votação dos demais foi decepcionante.


FRASE MARCANTE


“Visite constantemente os seus amigos para que os matos e os espinhos não fechem o caminho”. Ditado do Burandi.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.