Conecte-se agora

Pauta ambiental e agronegócio marcam debate antes de suspensão de transmissão

Publicado

em

Embora tenha sido suspenso por decisão judicial na noite desta terça-feira, 28, o debate entre candidatos ao governo do Acre ocorrido na Rede Amazônica ainda rendeu dois blocos: um de perguntas e respostas com temas livres e outro envolvendo temas pré-selecionados, incluindo infraestrutura, crise humanitária, sistema penitenciário, administração, diversidade e segurança pública.

Assim como em encontros anteriores de debate e sabatinas, a discussão principal e mais marcante entre os discursos dos candidatos girou em torno de dois assuntos, sendo eles meio ambiente e agronegócio. O governador e candidato à reeleição, Gladson Cameli (Progressistas), abriu a rodada de perguntas dirigindo ao candidato Marcio Bittar (União Brasil).

Cameli abordou a temática de geração de emprego e renda e Bittar argumentou que não há outra maneira de gerar riqueza se não for utilizando os recursos naturais. “Precisamos destravar o empreendedor, ou vamos nos eternizar pobres”, enfatizou. Na réplica, Gladson afirmou que sua nova proposta é reduzir o desemprego no Acre através da infraestrutura e conclusão de obras.

Marcio Bittar foi um dos que levantou a questão ambiental ao questionar o candidato Sérgio Petecão (PDT) se a preocupação ambiental não acaba travando o potencial acreano. Petecão disse que até faz sentido, mas que é um tema que precisa, de fato, de uma atenção especial. “Houve exageros, mas acredito que é preciso se preocupar com o meio ambiente. Por isso investir em tecnologia para que os produtores possam fortalecer esse meio”.

Petecão indagou a candidata Mara Rocha (PSDB) sobre a agricultura. Rocha respondeu que irá, caso eleita, abraçar a produção rural e garantir a compra da produção familiar baseada em três pilares: agronegócio, regularização fundiária e assistência técnica.

Mara perguntou para o candidato do PSOL, Nilson Euclides, o que o mesmo achava da gestão de saúde no atual governo. O candidato rebateu: “o eleitor tem que avaliar. Acredito que o governo Gladson é desastroso. Não há uma área em que o governo tenha se destacado”. O professor seguiu retrucando a afirmação de Mara sobre o agronegócio e comunismo. “Um discurso ultrapassado, do século XX. Floresta não traz pobreza, a gente tem que se livrar de ideologias que nunca trouxeram melhorias para o Acre”.

O candidato do PT, Jorge Viana, pediu avaliação da produção sobre um possível erro na condução do primeiro bloco, onde ele não respondeu perguntas de nenhum concorrente. Em sua fala, aproveitou para questionar Nilson Euclides sobre educação. Para Viana, a educação do Acre virou caso de polícia no atual governo.

Segundo bloco

O primeiro tema sorteado foi o de infraestrutura. Gladson perguntou para Petecão quais as propostas para recuperar estradas e rodovias do estado. Petecão garantiu que seu plano é construir 2 mil casas populares, criar a coordenação central de recursos a projetos e um programa de construção de pontes de alvenaria.

A crise humanitária foi a segunda temática sorteada, onde Nilson se direcionou à Mara Rocha, que aproveitou para alfinetar o comunismo e a crise na Venezuela. “Não respondeu minha pergunta”, retrucou o professor.

Sobre o sistema penitenciário, o candidato Gladson foi questionado por Mara. Para ele, sua gestão trabalhou como pôde nesse quesito. “Temos a reforma da unidade penal de Tarauacá, estamos criando serviço de trazer o preso para a sociedade novamente, renovando toda a frota penal e elaborando concursos públicos”.

No tema acerca de administração, Jorge Viana questionou Marcio Bittar sobre recursos federais vindos para o Acre. “Para onde foi o dinheiro que disseram que vinha para cá?”. Bittar respondeu: “qual a dificuldade de ver que as obras estão sendo feitas?”.

No assunto diversidade, Petecão se dirigiu à Nilson, que alegou ser um tema de relevância. “O governo tem que ter políticas educacionais e projetos que envolvam as comunidades em defesa do direito de ser livre da forma que quiser”.

No último tema abordado antes da suspensão do debate, que foi sobre segurança pública, Bittar perguntou para Jorge Viana, que disse: “a violência chegou a propriedades rurais. Não tem mais paz para ninguém. Tem de ter paz de novo nas famílias”. Em sua réplica, Bittar disse acreditar na punição para coibir a criminalidade.

Cotidiano

Com dor no quadril, Alex Sandro desfalca seleção brasileira contra Camarões

Publicado

em

Por

A CBF informou nesta terça-feira (29) que o lateral-esquerdo Alex Sandro desfalcará o Brasil na partida contra Camarões, pela 3ª rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. Titular da equipe comandada pelo técnico Tite, o jogador apresentou dores no quadril depois da vitória por 1 a 0 diante da Suíça.

O quadro clínico de Alex Sandro foi informado pelo médico Rodrigo Lasmar, que trabalha na comissão técnica da seleção brasileira. Lasmar revelou que foi solicitado um exame de imagem para avaliar a dor apresentada pelo lateral-esquerdo.

“Sobre o jogo de ontem, Alex Sandro sentiu dores no quadril esquerdo, ele não teve condições de continuar na partida. Hoje pela manhã foi reavaliado, nós pedimos exame de imagem, uma ressonância magnética. Ela evidenciou lesão muscular no músculo do quadril esquerdo. O atleta não terá condições na próxima partida contra Camarões. Ele segue em tratamento para que a gente possa recuperá-lo o quanto antes”, disse o médico Rodrigo Lasmar.

Com a baixa, a Canarinho tem três desfalques no momento – além do camisa 6, o lateral-direito Danilo e o meia-atacante Neymar estão fora da equipe no momento. Sem Alex Sandro, o técnico Tite deve utilizar Alex Telles na lateral-esquerda do Brasil. Nesta sexta-feira (2), a seleção brasileira encara Camarões em duelo que vale a ponta do Grupo G para a equipe comandada pelo técnico Tite.

Continuar lendo

Cotidiano

Prefeituras do Acre recebem nesta quarta (30) último repasse de novembro do FPM

Publicado

em

Os cofres municipais recebem na próxima quarta-feira, 30 de novembro, o último decêndio do mês referente ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM). São R$20.234.467,82 a serem partilhados entre as 22 prefeituras do Acre.

No País, o total será repassado o valor de R$ 2.827.493.952,31, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de R$ 3.534.367.440,39.

Comparado ao mesmo período do ano anterior, o montante apresenta um crescimento de 18,84%, levando em conta os efeitos da inflação. Já o acumulado do mês, comparado ao mesmo período do ano anterior, também apresentou crescimento de 16,46%.

Quando o valor do repasse é deflacionado, retirando-se o efeito da inflação no período, o crescimento comparado ao mesmo período do ano anterior foi de 12,68%. O mês fechou em crescimento de 10,42% frente a outubro de 2021.

Continuar lendo

Cotidiano

Semana do Judiciário no Juruá terá casamento de cem casais no Projeto Cidadão

Publicado

em

Desta terça-feira, 29, até sexta, 1º de dezembro, as ações administrativas, bem como as sessões do 2º grau do Tribunal de Justiça do Acre, serão realizadas em Cruzeiro do Sul.

É a primeira vez na história do Poder Judiciário do Acre que a sede administrativa da Justiça acreana será transferida da capital, Rio Branco, para a segunda maior cidade do Acre.

“Uma semana diferente e repleta de atividades marcam esse feito”, cita a Assessoria de Comunicação do TJAC.

Nesta terça-feira, 29, a abertura da Semana do Judiciário no Juruá foi realizada direto da Cidade da Justiça de Cruzeiro do Sul em formato híbrido, sob o comando da presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargadora Waldirene Cordeiro.

Na quarta-feira, 30, 11 desembargadores realizarão a sessão do Tribunal Pleno Jurisdicional, presencialmente. Às 16 horas será realizado o Casamento Coletivo do Projeto Cidadão, quando 100 casais estarão se unindo, no Teatro dos Náuas.

Na quinta-feira, 1°, haverá a entrega da revitalização do Centro Cultural do Judiciário, o antigo fórum de Cruzeiro do Sul, prédio mais antigo do Acre, erguido em 1909.

“Com a agenda de atividades realizadas no Juruá, o TJAC busca se aproximar da população descentralizando suas ações e iniciativas para atender todas as comarcas”, diz a Assessoria de Comunicação do Tribunal.

Agenda de atividades

30/11 (quarta-feira):

9h – Pleno Jurisdicional, na Cidade da Justiça de Cruzeiro do Sul

16h – Casamento Coletivo, Teatro dos Náuas

01/12 (quinta-feira):

9h – 1ª Câmara Cível, na Cidade da Justiça de Cruzeiro do Sul

11h – Câmara Criminal, na Cidade da Justiça de Cruzeiro do Sul

17h – Entrega da revitalização do Centro Cultural do Judiciário

Continuar lendo

Cotidiano

Senegal vence, elimina seleção do Equador em jogo duro e fica com segunda vaga do Grupo A

Publicado

em

Por

A seleção senegalesa venceu o Equador por 2 a 1 nesta terça-feira (29), no estádio Khalifa, pela 3ª rodada do Grupo A da Copa do Mundo, e se classificou para as oitavas de final do torneio. A vitória da equipe africana foi conquistada com gols de Ismaila Sarr e Koulibaly, enquanto os equatorianos conseguiram balançar a rede com Moisés Caicedo. Com a classificação, Senegal volta a colocar a África no mata-mata da Copa depois do fracasso do continente no Mundial da Rússia.

A seleção senegalesa, que está no torneio sem Mané, principal jogador do país, conseguiu se classificar com seis pontos no Grupo A. A equipe comandada por Aliou Cissé avançou no segundo lugar da chave. Com sete pontos, a Holanda encerrou a fase classificatória na primeira posição do grupo.

Com a vaga carimbada, Senegal voltará a disputar o mata-mata da Copa do Mundo pela segunda vez no século. Em 2002, a seleção africana foi até as quartas de final da Copa sediada por Japão e Coreia do Sul. Nas oitavas, Senegal deve enfrentar a Inglaterra, favorita para avançar na primeira posição do Grupo B.

O jogo

Necessitando do resultado, Senegal partiu para cima da seleção equatoriana desde os primeiros instantes. A equipe africana chegou logo aos dois minutos com Gana Gueye, que teve boa chance e chutou para fora. Boulaye Dia, cinco minutos depois, também desperdiçou outra oportunidade da seleção senegalesa. A pressão africana seguiu, e o Equador foi se fechando cada vez mais no campo de defesa.

Insistente, a seleção senegalesa foi premiada aos 41 minutos do primeiro tempo, quando Ismaila Sarr foi derrubado por Hincapié na área. Pênalti. Na cobrança, o próprio Ismaila Sarr deslocou o goleiro Galíndez para deixar Senegal em vantagem no fim do primeiro tempo.

A seleção equatoriana voltou para a etapa final com mais atitude no campo de ataque. Com mudanças, o técnico Gustavo Alfaro levou o time à frente e conseguiu mudar o panorama do duelo. Aos 21 minutos, o meia Moisés Caicedo aproveitou desvio em cobrança de escanteio e deixou tudo igual, colocando a vaga nas mãos da equipe sul-americana novamente.

Entretanto, a comemoração do Equador durou pouco. Dois minutos depois, Senegal cobrou falta para área e a bola sobrou para Koulibaly, que bateu bem para deixar os africanos em vantagem novamente. O novo gol sofrido fez com que os equatorianos entrassem em desespero. Com o placar mantido, os senegaleses escreveram história de novo. Senegal nas oitavas da Copa do Catar.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS:

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.