Menu

A batalha decisiva por Rio Branco

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

ATÉ DOMINGO, os candidatos a governador e a senador ainda vão arriscar campanhas em municípios do interior, mas a partir de segunda-feira até o dia da eleição, vão todos centralizar as suas agendas em Rio Branco. 


Não há outra estratégia, por ser a capital a detentora do maior e mais expressivo colégio eleitoral. Ganhar bem em Rio Branco, pode ser um passo importante para a vitória. E perder na capital, é um passo gigante para a derrota. Os grotões da capital costumam ser decisivos em eleições majoritárias; quando guiam numa direção, é como água de morro abaixo, ninguém segura.


Tudo pode acontecer nos poucos dias que antecedem a votação; ou também não acontecer nada, e se confirmar os resultados das pesquisas. Não há outra saída a não ser a de esperar o que vai dizer sua senhoria, a urna.


VOZ GERAL


CONVERSO muito com amigos políticos do Juruá, e todos afirmam que a entrada do Orleilson Cameli (PDT) de candidato a deputado federal de última hora, trouxe prejuízos à candidatura do Zezinho Barbary (PP), para a Câmara Federal, no reduto do Juruá, que se dividiu.


ROMANO GOUVEIA


É UM NOME que não aparece em muitos radares da política, mas não o coloquem fora da disputa por uma das vagas de deputado estadual, na chapa do PSD.


ESTÁ NA BRIGA


Não tirem deputada Meire Serafim (União Brasil) da briga por uma das vagas de deputada federal. Seu marido, prefeito Mazinho Serafim, sabe como poucos armar campanha para chegar no auge no dia da eleição.


PODE SER A GRATA SURPRESA


A jornalista Vânia Pinheiro (PL), conseguiu dar um cunho de amplitude à sua campanha a deputada estadual, e pode vir a ser a grata surpresa dentro da chapa do PL.


MDB NÃO FARÁ MAIS PESQUISA


O BLOG tem informação de que o partido não fará mais pesquisas para governador e senador, e vai concentrar os esforços financeiros para eleger deputados federais.


OUTRO QUE SE ARTICULOU


OUTRO que articulou bem a sua campanha, foi o ex-deputado Heitor Junior (PSD), que não se se reelegeu na eleição passada por causa da legenda, pois, teve uma votação expressiva. E, Heitor foi um bom parlamentar.


NEM OS MAIS OTIMISTAS


NEM o mais otimista da federação PT-PV-PCdoB ainda crê que a chapa poderá eleger dois deputados federais. A conta pragmática é eleger um para a Câmara Federal.


ELE QUER VOLTAR


QUEM quer voltar para a ALEAC é o ex-deputado Tarcísio Pinheiro (União Brasil), que desta feita montou uma campanha que o coloca brigando na chapa.  


AGORA É PARA VALER


A CANDIDATA a deputada, vereadora Michelle Melo (PDT), e Orleilson Cameli (PDT); que disputa uma vaga de deputado federal, são citados por quem conhece o colégio eleitoral de Plácido de Castro, como os mais votados nesta eleição no município. Ambos têm o apoio do prefeito Camilo, e ao que parece, agora é para valer.


LEVE E SOLTA


O CANDIDATO ao governo pela federação PT-PV-PCdoB, Jorge Viana, disse ontem ao BLOG fazer uma campanha alegre, leve e solta; e que, ele estará no segundo turno.


CAMPANHA DIVIDIDA


A SUA CAMPANHA foi dividida. Enquanto o JV faz campanha no interior, seu vice Marcus Alexandre (PT) faz uma varredura nos bairros da capital. Marcus é com sobra, o vice que mais soma votos nesta eleição.


MEU PIRÃO PRIMEIRO


EXPERIENTE de muitas campanhas, o deputado federal Flaviano Melo (MDB) diz ser esta a campanha mais enigmática e calada das quais participou. Falou que, nesta reta final cuida só de buscar votos à reeleição.


PERTINHO DE SABER


ESTAMOS bem pertinho de acabar a celeuma entre oposição e situação, sobre a eleição para governador, se decidir no primeiro ou no segundo turno.


CABEÇA POR CABEÇA


O CANDIDATO a deputado federal, José Adriano (PP), briga cabeça com cabeça pela provável segunda vaga para a Câmara Federal dentro do seu partido.


NÃO JOGARAM A TOALHA


NEY AMORIM (PODEMOS), Márcia Bittar (PL) e Vanda Milani (PROS), que possuem estruturas fortes, não jogaram a toalha e aumentaram a campanha para nesta reta de chegada, passar do líder das pesquisas, Alan Rick (União Brasil). A disputa será dura, até o dia da eleição.


CORRENDO POR FORA


CORRENDO por fora e com a convicção que pode ser a grande surpresa para o Senado, o candidato Jenilson Leite (PSB), aposta no voto surpresa para lhe eleger.


ENCERRAMENTO EMOCIONANTE


O CERTO é que teremos desta feita, uma disputa das mais emocionantes das últimas eleições para senador.


NÃO ENTRO NA DISCUSSÃO


Não entro na discussão se haverá ou não segundo turno para a disputa do governo, porque as urnas já estão entrando na passarela, para acabar de vez com a discussão que tomou conta desta eleição. E, também para dizer se as pesquisas eram certas ou fajutas.


DIFICILMENTE NÃO SERÁ


UMA DAS vagas de deputado federal no REPUBLICANOS, dificilmente, não ficará com o candidato Israel Milani, que chega nesta reta final com uma campanha redonda.


BOA OPORTUNIDADE


O ELEITOR terá mais uma boa oportunidade para avaliar o que os candidatos a governador pensam para o Acre, no debate da TV-GAZETA, no próximo dia 23. 


CAMPANHA COLADA


O CANDIDATO a deputado pelo PSD, Jeferson Pururuca, faz uma campanha colada com Raphael Bastos (MDB) a deputado federal e Márcia Bittar (PL) para o Senado.


NÃO SERÁ FUNDAMENTAL


A antecipação do início da votação para às 6 horas pode não ser tão fundamental, para diminuir o número de votantes. Quem está disposto, sairá de casa para votar.


VOZ DA EXPERIÊNCIA


O PROFESSOR Carlos Coelho, que coordenou várias candidaturas vencedoras, disse ontem ao BLOG não ter nenhuma dúvida que a eleição irá ao segundo turno.


COMPETÊNCIA TEM DE SOBRA


O ADVOGADO Sanderson Moura (PSOL), é um dos candidatos mais qualificados para o Senado. O seu adversário foi não estar em um partido que tivesse capilaridade em todo estado. Mas, enaltece a política.


FRASE MARCANTE


“Escreve na areia as faltas do teu amigo”. Pitágoras.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.