Conecte-se agora

Acusado de jogar namorada do carro sai da prisão e deve casar com denunciante no Acre

Publicado

em

Cerca de seis meses depois, o casal que gerou revolta nas redes sociais ao aparecer em situação de agressão, assumiu que reatou o romance. Após passar 119 dias preso, Lucas de Oliveira Bezerra, de 27 anos, acusado pela própria namorada de tê-la jogado para fora do carro durante discussão, deve se casar com a denunciante do caso, Emely Lima, de 22 anos.

O ac24horas recebeu a informação de que os dois reataram o relacionamento e devem mesmo se casar. Uma fonte próxima ao casal, que prefere não se identificar, confirmou a informação. “Eles reataram sim. A Emely, inclusive, enviou uma carta à justiça onde inocenta Lucas, o que contribuiu para que ele fosse solto”, afirma.

LEIA MAIS
Vídeo: terceirizado do governo é acusado de jogar namorada de carro em movimento

O casal reativou as redes sociais onde existe vários registros dos dois, com direito a declaração de amor e diversos momentos românticos. A reportagem tentou falar com Lucas e Emely, mas os dois preferiram não se pronunciar.

Lucas comemorou aniversário de 27 anos na noite dessa sexta-feira, 17, e publicou uma fotografia ao lado de Emely, que comentou a publicação com emoji de coração.

Entenda o caso

Lucas foi filmado enquanto sua namorada caia de um veículo em movimento. Ele não parou para prestar socorro. A suposta agressão que ocorreu na Avenida Antônio da Rocha Viana teria sido motivada por ciúmes e foi filmada por câmeras de segurança.

Na época, Emely registrou um Boletim de Ocorrências e foi procurada pela reportagem para falar sobre o caso. Lucas foi preso em dezembro e passou 119 dias preso. A jovem contou ao ac24horas como tudo teria acontecido e denunciou que foi jogada do carro após uma discussão por ciúmes.

“Eu e o Lucas estávamos na casa de um amigo do meu pai, ele começou falar que eu estava indo muitas vezes no banheiro com meu celular e pediu meu celular, pediu pra eu colocar a senha, eu falei que não ia dar, e saímos de lá. Quando entramos no carro, começou uma discussão que não acabava porque ele queria meu celular, então eu comecei pedir para ele parar o carro, e ele continuava, ele começou diminuir a velocidade como se fosse parar, foi quando eu abri a porta do carro, ele acelerou muito e eu senti o empurrão”, conta a estudante.

O ac24horas conversou com Lucas Bezerra, que enviou um áudio de seu advogado, Fábio Santos, que contesta a versão de Emely. “Essas imagens do vídeo estão aceleradas. Se tem a impressão de que o carro está em alta velocidade, o que não é verdade, até porque ali próximo já existe uma rotatória. O Lucas conta que a Emely vinha ameaçando se jogar do carro desde a outra pista e nega que a tenha empurrada. Há outras imagens que coadunam com essa versão e vamos nos manifestar em juízo. A justiça já emitiu uma medida protetiva, mas o Lucas alega inocência em todo o momento e vai contribuir com a autoridade policial assim que for intimado. Ele informa ainda que ela estava bastante alcoolizada e que ele só não ficou para prestar socorro porque no momento em que ele voltou, pessoas o hostilizaram dizendo que ele tinha a empurrado”, disse o advogado.

Destaque 4

Secretaria de Bocalom diz governo é “ineficiente” ao gerenciar crise de superlotação no PS

Publicado

em

A secretária de saúde do município de Rio Branco, Sheila Andrade, emitiu uma nota na tarde deste sábado, 25, rebatendo as declarações da direção do Pronto-Socorro, onde alegava que a gestão municipal não vem realizando o trabalho nos postos de saúde -causando superlotação no maior hospital de urgência e emergência do Estado.

Na visão da Semsa, o governo de Gladson Cameli quer jogar os problemas da saúde pública para debaixo do tapete. “A que a Direção do PS quer atribuir a superlotação do PS a gestão do prefeito Bocalom, é querer jogar para debaixo do tapete a ineficiência da SESACRE na gestão da Saúde de média e alta complexidade que é responsabilidade do estado”, declarou.

LEIA TAMBÉM:

>>>”Dar dó de ver os pacientes no PS”, diz Bocalom ao comentar caso de Ailton Oliveira

>>>Mesmo com nova ala inaugurada, PS volta a ter pacientes espalhados pelos corredores

>>>Direção do PS culpa prefeitura por superlotação em corredores do Pronto-Socorro

A gestão de Bocalom fez um desafio ao governo, visando identificar se os pacientes espalhados pelo corredor do Pronto-Socorro são da atenção primária do município. “Se estão internados e em observação é porque, de acordo com a responsabilidade tripartite da saúde, são pacientes de média e alta complexidade, portanto, de responsabilidade do estado”, comentou.

Andrade lembrou ainda que cabe ao município o programa de saúde da família, que faz parte da saúde preventiva e as consultas médicas ambulatoriais e essa responsabilidade a equipe da SEMSA. “Desde que o prefeito Bocalom assumiu a gestão, vem trabalhando um forte planejamento e a execução de todos os programas da saúde preventiva em Rio Branco”.

Ao responder a direção do PS, a saúde de Rio Branco alfinetou a gestão de Sesacre e da Fundação Hospital do Estado do Acre (Fundacre). “Infelizmente não é o que a população do Acre vê da Sesacre! Falta planejamento e ações coordenadas para melhorar o atendimento da saúde do povo, prova disso são as intermináveis filas de cirurgias da fundação hospitalar que só cresce a cada dia. Seria mais fácil a diretora do PS dizer que a maior unidade de saúde do Acre, passa por dificuldade por falta de planejamento, compromisso da Sesacre e do Governo”, ressaltou.

Continuando os ataques, Sheila disse ainda que o governo fechou mais de 100 leitos de UTIs, Semi-Intensivas e Enfermarias no INTO no mês de abril, momento em que já havia pacientes no corredor do PS. “Os pediatras já alertavam para a ineficiência de leitos no hospital da Criança, com o crescimento da Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG, isso é falta de compromisso com a saúde da população! Vale lembrar que o governo e a Sesacre, só abriu um punhado de UTIs no INTO, depois da morte de nove crianças e a própria diretora do PS gritar em áudio para a secretária de saúde que tá insuportável e não tem mais o que fazer com a falta de condições para a assistência às crianças, com falta de UTIs e Semi-Intensivas, enquanto o INTO permanecia fechado”.

A administração da saúde municipal colocou a estrutura da Semsa à disposição do governo. “Como forma de colaboração para diminuir o sofrimento do povo acreano, estamos colocando a nossa equipe técnica da SEMSA, à disposição da diretora do PS e da Sesacre, para ajudar a fazer um planejamento sério para tirar a Sesacre e o PS da crise”, afirmou.

A prefeitura esclarece que na próxima semana deverá fazer uma campanha de conscientização a população da capital. “Iniciaremos uma grande campanha tentando informar a população para não deixar se agravar os casos e procurar uma unidade de nossas unidades de saúde básica”.

Continuar lendo

Destaque 4

Direção do PS culpa prefeitura por superlotação em corredores do Pronto-Socorro

Publicado

em

A diretora do Hospital Geral de Clínicas de Rio Branco (Pronto-Socorro), Dora Vitorino, emitiu uma nota culpando a prefeitura de Rio Branco de Tião Bocalom (Progressistas) pela suposta lotação do Pronto-Socorro de Rio Branco divulgado pelo ac24horas.

LEIA TAMBÉM:

“Dar dó de ver os pacientes no PS”, diz Bocalom ao comentar caso de Ailton Oliveira

Mesmo com nova ala inaugurada, PS volta a ter pacientes espalhados pelos corredores

Vitorino contou que o Pronto-Socorro de Rio Branco é referência nos atendimentos de Urgência e Emergência, porém, diante da necessidade da comunidade acaba realizando o atendimento de pacientes que deveriam ser atendidos na atenção primária, nas Unidades Básicas de Saúde, UBS e URAPs do município. “Muitas vezes esse atendimento primário em área de urgência e emergência termina, por consequência, superlotando a unidade, mas não é uma prática comum. E seria fácil de evitar não fosse a necessidade de atendimento aos pacientes das UBS e URAPs do município”, declarou.

A direção afirmou ainda que a unidade é porta de entrada dos atendimentos do SAMU e dispõe de médicos 24h por dia, com três médicos na Emergência, quatro cirurgiões na Sala de Emergência Traumática e dois médicos para realizar a triagem dos pacientes na porta de entrada da unidade.

Dora disse ainda que até o mês de abril de 2022, a equipe do Pronto-Socorro realizou mensalmente, cerca de 3.230 atendimentos ambulatoriais (consultório adulto), totalizando até abril 12.920 atendimentos. Atendeu no total 1.417 pacientes na Sala de Emergência Clínica, e realizou 1.924 cirurgias. “O Pronto-Socorro preza pela transparência e respeito a todos os pacientes e comunidade e continuará prestando todos os esclarecimentos necessários, para demonstrar a lisura na condução de suas atividades”, argumentou.

Continuar lendo

Destaque 4

Após decisão da justiça de impedir shows, prefeitura cancela 4ª Edição da Expo Tarauacá

Publicado

em

Atendendo a um pedido do Ministério Público Estadual (MP-AC) que solicitou à Justiça a imediata suspensão dos shows dupla Thaeme e Thiago e dos cantores Kelvin Araújo e Eros Biondini no município de Tarauacá, a prefeitura comunicou na sexta-feira, 25, que decidiu cancelar a 4ª Edição Agro Expo na região do abacaxi.

De acordo com a nota assinada por Raimundo Maranguape, prefeito em exercício, após a divulgação da decisão judicial, inúmeros empreendedores desistiram de ocupar as barracas da Secretaria de Cultura, os quais venderiam bebidas e comidas, uma vez que a ausência de atração nacional não atrairá público suficiente e compatível ao investimento feito por cada um dos pequenos empreendedores. “Esse comportamento dos comerciantes plenamente compreensível para o momento, traz como consequência, a evasão da quase totalidade dos demais comerciantes que atuariam na feira, sobretudo dos segmentos do agronegócio e indústria (veículos), ocasionando um profundo prejuízo à Organização do Evento e, não diferente, à sua realização”, diz trecho da nota.

A prefeitura destaca que as atrações locais não deveriam suprir a falta dos cantores nacionais e garantir o público esperado ao evento. “Embora tenhamos grandes e valorosos artistas locais, estas apresentações não seriam suficientes, em vista dos eventos anteriormente realizados, para garantir o público antes esperado. É importante destacar que a equipe da Prefeitura esteve dedicada, dia após dia, em proporcionar um evento à altura do esperado pela população de nosso Município, e até do Estado, tendo sido adotados todos os meios legais e moralmente legítimos para tanto”, comentou.

A Expo Tarauacá 2022 estava programada para ocorrer entre 30 de junho e 3 de julho no Estádio Naborzão. Além dos shows nacionais e locais, o evento teria também rodeio, ato ecumênico e outras atrações.

Continuar lendo

Destaque 4

“Dar dó de ver os pacientes no PS”, diz Bocalom ao comentar caso de Ailton Oliveira

Publicado

em

O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom comentou a situação da saúde estadual ao ac24horas na manhã desta sexta-feira, 24, após visitar o secretário de comunicação da prefeitura, Ailton Oliveira, que sofreu um infarto e se encontra à espera de uma vaga no Santa Juliana para passar por um processo de cateterismo.

LEIA TAMBÉM: Secretário de Comunicação da prefeitura sofre infarto e esposa reclama de atendimento no PS

O gestor da capital acreana se disse assustado com o que viu no pronto-socorro da capital acreana e não poupou críticas à saúde do Acre. “Desde ontem à noite venho acompanhando a situação do Ailton, estive lá hoje pela manhã e vi que a situação está muito deficitária, com um quantidade enorme de pessoas pelos corredores. Fizeram uma nova obra, inauguraram novos leitos, mas a situação é desumana, dar dó de ver os pacientes naquela situação. Espero que o próximo governador resolva essa situação de construir um novo pronto-socorro. Uma pessoa não pode esperar por um cateterismo porque pode ir à óbito”, disse Bocalom.

Bocalom também comentou sobre as mortes dos bebês na unidade de saúde. “Essa questão dos bebês é a prova de que faltou um pouco mais de dedicação da saúde por parte do estado, de ter os respiradores. Não pode acontecer isso depois que o governo federal mandou tanto dinheiro para comprar respiradores”, disse o prefeito.

O gestor da capital acreana contou que o município deve realizar a contratação de novos médicos e dentistas nos próximos meses. “Corrigimos o salário dos médicos e agora vamos fazer um concurso para contratar 48 novos médicos e 64 dentistas para melhorar o atendimento à nossa população”, relatou Bocalom.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!