Conecte-se agora

Manutenção da BR-364 no Acre pode ser suspensa por falta de dinheiro, diz empresário

Empresário alega que dinheiro recebido até o momento não é suficiente para suprir a semana de serviços da rodovia

Publicado

em

As condições de trafegabilidade da BR-364 entre Cruzeiro do Sul e Rio Branco, que aumentaram em mais de 3 horas as viagens entre as duas maiores cidades do Acre, poderão piorar ainda mais com a paralisação dos serviços de manutenção. Os buracos e as erosões na lateral são os maiores problemas da rodovia federal.

Dos R$ 200 milhões de contrato que tem com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes – DNIT para manutenção da BR, o empresário Jarbas Soster disse que recebeu R$ 30 milhões no final de janeiro e R$ 10 milhões agora em maio e avisa que se não houver uma suplementação, poderá desmobilizar as equipes e suspender o trabalho.

“Pelo volume de trabalho e do valor dos dois contratos, o valor liberado, R$ 40 milhões, não são suficientes, até porque investi em uma usina de asfalto e um canteiros novos. Sem dinheiro eu não tenho como trabalhar e terei que desmobilizar toda a estrutura até julho. Mas dada a importância dessa estrada, não acredito que o Dnit deixe isso acontecer”, pontua o empresário.

Soster diz que espera agora por uma liberação de R$ 100 milhões que o Dnit poderá fazer para as BR’s 364 e 317 no Acre.

“Essa é apenas uma expectativa, mas não há previsão de data nem nada certo”, relata afirmando que o grande problema da BR- 364 se deu no início da obra. “Os governos que fizeram essa obra escolheram materiais impróprios e inservíveis para a base. Tem muita tabatinga e solo mole em aterros, por exemplo”, critica.

A empresa MSM atua em dois trechos da BR-364, entre Rio Branco e o Riozinho do Andirá e de Sena Madureira a Feijó.

O superintende do Dnit no Acre, Carlos Moraes, diz que não pode dar declarações sobre os recursos da BR-364 e que somente a assessoria de comunicação do órgão, na sede em Brasília, pode dar informações. O ac24horas não conseguiu retorno pelo número de WhatsApp nem pelo e-mail repassado.

No último dia 24 de maio em Brasília, o governador do Acre, Gladson Cameli, esteve com o ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, e acertaram que Estado e União vão trabalhar juntos para garantir a trafegabilidade e assegurar serviços definitivos na BR-364. Cameli colocou a estrutura do governo “à disposição para ajudar no que for preciso para garantir melhorias nessa rodovia”.

Na ocasião, Marcelo Sampaio citou problemas financeiros do Ministério, mas garantiu empenho na questão da BR-364, destacando “a importância da parceria com o governo do Acre para a realização dos investimentos e serviços necessários na rodovia”.

Escritório do DNIT não foi instalado em Cruzeiro do Sul

Em fevereiro deste ano o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Dnit, general Santos Filho, garantiu ao governador Gladson Cameli e à parte das bancadas federal e estadual, a instalação do escritório do Departamento em Cruzeiro do Sul, no mês de maio, o que não aconteceu.

O superintende do Dnit no Acre, Carlos Moraes, disse que houve problemas locação do imóvel. “O processo é burocrático e quando estávamos terminando o proprietário desistiu de alugar o imóvel. Aí estamos começando da estaca zero novamente. Vamos ter que procurar o imóvel novamente, instruir o processo, que vai passar na AGU, DNIT/SEDE e Ministério da Economia, então é difícil estimar uma prazo”, explicou.

Na rede

Zequinha Lima quer lançar a esposa como suplente de Ney Amorim

Publicado

em

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima (PP) articula uma aliança para que sua esposa, Lurdinha Lima, seja a suplente na chapa de Ney Amorim para o senado.

“É justo. O Ney de lá e a Lurdinha aqui do Vale do Juruá”, citou Zequinha, que constrói essa aliança junto ao governador Gladson Cameli desde o final de semana.

Lurdinha é pedagoga e lidera o Grupo Permanente de Trabalho e Apoio ao Serviço Humanitário de Cruzeiro do Sul, que abriga as coordenações de Combate à Violência Contra a Mulher e de Combate à Discriminação Racial. É a primeira vez em 117 anos de fundação que Cruzeiro do Sul tem essas estruturas de políticas afirmativas de gênero e raça.

Continuar lendo

Na rede

Inaugurado há um ano, Mercado Municipal de Rodrigues Alves continua fechado

Publicado

em

O Mercado Municipal de Rodrigues Alves, inaugurado em julho do ano passado pelo prefeito Jailson Amorim, segue fechado sob protesto dos moradores e donos de concessão do local. “Ganhei a concessão, peguei a chave, mas até agora nada da gente poder abrir, vender e tocar a vida”, reclamou uma mulher, que pediu para não ser identificada com medo de perder o ponto.

A estrutura de dois pisos que abriga cerca de 30 boxes, plataforma de elevação para proporcionar acessibilidade, além de banheiros e praça de alimentação foi construída por meio de emenda parlamentar da deputada Jéssica Sales no valor de R$1,5 milhão. A ideia é que o Mercado funcione como um mini shopping, com lojas, lanchonete, barbearia, além da venda de produtos regionais e agrícolas, fomentando a produção local.

No dia 29 de outubro do ano passado, o prefeito entregou as chaves para as 34 famílias que desenvolverão atividades comerciais no local e a data de início das atividades estava marcada para 20 de novembro.

“Há toda uma expectativa pelo funcionamento do mercado, que será um verdadeiro centro comercial. Esperamos que a nossa comunidade valorize essa conquista e prestigie o comércio local, priorizando a realização de suas compras aqui mesmo, sempre que possível. Isso gerará mais renda para o município, fazendo com que a economia se fortaleça”, afirmou o prefeito à época.

A Assessoria de Comunicação da prefeitura não soube informar o motivo do Mercado não estar funcionando ainda, o que só deverá ocorrer em outubro deste ano.

Continuar lendo

Na rede

Novenário de Nossa Senhora da Glória é aberto em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Com uma missa e hasteamento de bandeiras, foi aberto na noite desta sexta-feira, 5, em Cruzeiro do Sul,  o 104° Novenário de Nossa Senhora da Glória, a maior festa religiosa do Acre.

O bispo Dom Flávio Giovenale comemorou a grande presença de fiéis que deixaram a Catedral Nossa Senhora da Glória lotada.

“Ficamos felizes com a igreja lotada e neste sábado já teremos cadeiras lá fora bem como telões. As pessoas também podem vir de dia que teremos padres para as confissões e momentos mais calmos de oração. Convidamos para que todos participem do Novenário e que rezem por si e por quem não pode vir mas precisa de uma força especial de Deus”, conclamou o líder religioso.

Já a partir deste sábado, 6, além das atividades religiosas terão início as vendas de alimentos, artesanato e outros itens, além de bingos.

O ponto alto do Novenário será a Procissão de Nossa Senhora da Glória, que este ano terá 3 quilômetros.

Arrecadação de leite em pó

Como acontece anualmente, categorias profissionais são homenageadas pela Diocese de Cruzeiro do Sul durante o Novenário de Nossa Senhora da Glória. Este ano os jornalistas uma das profissões lembradas, resolveram criar uma campanha de arrecadação de leite em pó que será destinado a crianças pobres atendidas pela Diocese. Há pontos de arrecadação do leite pó nas rádios Juruá, Integração e Verdes Florestas, no Supermercados Cameli Avenida, no Shopping Copacabana, Distribuidora Cristal e Cerâmica Terças.

O leite será entregue à Diocese de Cruzeiro do Sul na Missa da noite de 12 de agosto.

Continuar lendo

Na rede

Diocese está com tudo pronto para Novenário com mais de 40 mil pessoas em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

As barracas já estão montadas no pátio e na frente da Catedral Nossa Senhora da Glória em Cruzeiro do Sul para o 104 ° Novenário em homenagem à santa padroeira de Cruzeiro do Sul, que terá início nesta sexta-feira, 5, sendo concluído no dia 15 com a Procissão em honra à Santa. 57 empreendedores vão vender vários itens durante o evento religioso e que movimenta a economia local.

A coordenadora do evento Lizane Negreiros, diz que na sexta às 19 horas uma Missa abre a programação e em seguida haverá o hasteamento dos pavilhões. Já no dia 6 à noite, logo após a Novena e Missa, terá início a parte comercial do Novenário com vendas de alimentos, artesanato, confecções e veículos.

No dia 11 a Ordem dos Advogados do Brasil vai prestar assessoria jurídica gratuita e um laboratório particular vai ofertar exames para a população.

Em cada noite uma categoria profissional será homenageada pela Diocese e no dia 12 será a vez dos bancários e jornalistas, que lideram uma campanha de arrecadação de leite para doação a famílias pobres da Diocese.

No dia 14 será a vez da Corrida Pedestre com apoio da Polícia Militar, que já conta com 119 inscritos. Como será Dia dos Pais haverá show do Conservatório de Música.

Já no dia 15, a Procissão de Nossa Senhora da Glória terá início às e em vez de 2,5 quilômetros terá 3 quilômetros com duas subidas e duas descidas. Na chegada à Catedral haverá a Missa Campal e o Show do Frei Renan, de Rio Branco.

“Nós ainda temos vagas para quem quiser expor seus produtos no Novenário é só procurar a secretaria da Diocese. A inscrição da corrida é feita em um link das redes sociais da Diocese”, explica Lizane.

A última Procissão de Nossa Senhora da Glória antes da pandemia, em 2019, atraiu cerca de 40 mil pessoas. Este ano, como o Novenário abrangerá as 12 cidades que compõem a Diocese, e é ano político, um número maior é esperado.

Mas o bispo Dom Flávio Giovanele já avisou que não haverá referência à candidaturas nos eventos religiosos. “Nós acolhemos a todos os que estiverem na Procissão como cristãos e os que aproveitarem a situação para encontrar com o povo, mas não haverá campanha eleitoral”, destacou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!