Conecte-se agora

Roubos com mortes crescem 200% no Acre em 2021, diz Observatório de Análise do MP

Publicado

em

O Observatório de Análise Criminal do Ministério Público Estadual compara algumas modalidades de violência ocorridas no primeiro trimestre de 2020 com igual período de 2021. Divulgados nesta segunda semana de abril, os números mostram que as mortes violentas intencionais aumentaram 300% em Feijó no período analisado.

No entanto, segundo sugerem os dados, Feijó é um ponto fora da curva no período e no contexto, uma vez que em todos os municípios investigados, 16 no total, houve queda em MVI. Rio Branco, epicentro dos confrontos entre organizações criminosas no Acre, a redução foi de 42,7%. Cruzeiro do Sul reduziu 60%.

Em nível de Estado, a queda média chegou a 36,1%, mas das cinco modalidades de MVI analisadas, o latrocínio (roubo seguido de morte) cresceu 200%.

“Ressalta‐se que Rio Branco, no 1° trimestre de 2021, concentrou70,5% do total de MVI ocorridos em todo o estado. No que tange ao interior, o município de Feijó apresenta 8 MVI e, em seguida,vem Cruzeiro do Sul com 2 vítimas e mais 8 municípios com apenas 1 vítima, sendo que os 5 municípios restantes não registraram vítimas até a presente data. Importante ressaltar o significante aumento de MVI em Feijó”, diz o OAC no informativo acessado pelo ac24horas.

Devido aos confrontos internos e externos nas facções, o derramamento de sangue é maior entre os jovens. Segundo o OAC 47,5% das vítimas MVI, ocorridas no 1° trimestre de 2021, encontravam‐se na faixa de idade compreendida entre 15 e 29 anos.

O Observatório também analisou os os roubos. Historicamente, a grande maioria dos roubos registados em Rio Branco ocorre no período entre as 18 e 22 horas. No 1º trimestre de 2021, as horas de maior incidência de roubos foram, pelo período da manhã, às 6 horas, pelo período da tarde, às 13h às 16h e às 17h e, pelo período da noite, das 18 horas às 22h.

No 1° trimestre de 2021 os roubos ocorreram com mais frequência na 1ª Regional: na quarta e sexta‐feira; na 2ª Regional: na sexta‐feira e quarta‐feira; e na 3ª Regional de forma significativa nos dias de sexta‐feira.

Bosque, Belo Jardim e Cidade do Povo, além do Loteamento Santa Luzia lideram os casos de roubos na capital.

Em, geral os números são favoráveis ao trabalho da polícia. O trabalho integrado das polícias, militar, penal e civil, da Regional Purus é percebido na grande rA Regional Purus, composta pelos municípios de Sena Madureira, Manoel Urbano e Santa Rosa do Purus, teve uma redução de 66,7% nos crimes violentos. “O resultado positivo apresentado é fruto do trabalho integrado das duas polícias, bem como, da parceria destas com os demais órgãos ligados à justiça criminal, através do Poder Judiciário, Ministério Público, além da integração que as polícias têm tido com o Instituto Penitenciário do Estado”, informou o 8o Batalhão de Polícia Militar.

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas