Conecte-se agora

Uma eleição calada que não tem nome definido para 2º turno

Publicado

em

Pouca gente votando até o momento. Com as restrições da justiça eleitoral, a eleição deixou de ser uma festa sem bandeiras, batucadas, cabos-eleitorais, mas parece um velório.

PREFEITA HONRADA

A PREFEITA Socorro Neri (PSB) trava uma batalha pessoal com o candidato dos tucanos, professor Minoru Kinpara (PSDB), pelo segundo turno. Chega às urnas como uma prefeita honrada, sem uma mácula na gestão e com muitas pautas positivas nas mais diversas áreas de sua administração, e isso em apenas dois anos.

NÃO ERA O QUE ESPERAVA

OS DEFENSORES da candidatura do professor Minoru Kinpara (PSDB) não tinham na sua contabilidade que, este tivesse dificuldade para chegar ao segundo turno. Passou boa parte do tempo liderando a corrida eleitoral, e caiu na reta final, o que é perigoso. Não se nota tanto entusiasmo mais entre os tucanos.

APOSTANDO NA LEGENDA

QUANDO fui votar encontrei com uma figura de proa do PT, preocupada com a chapa de candidatos a vereador. Acham que só elegerão um, e assim mesmo se na chapa, fraca,  alguns dos candidatos surpreenderem com uma votação considerável.

FALTA DE FISCAIS

A ELEIÇÃO estava tão morna até às 10 horas que muitas das sessões nem fiscais de partidos tinha na totalidade. Na minha sessão tinha apenas uma representante do PSB. Tudo parado.

DISPUTA CENTRAL

O CANDIDATO Tião Bocalom (PP) já está garantido no segundo turno. E a batalha central está mesmo entre a prefeita Socorro e o Minoru Kinpara (PSDB), para ver quem enfrentará o Bocalom.

ACOMPANHANDO DE PERTO

Vamos acompanhando a eleição de perto e registrando os fatos.

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas