Conecte-se agora

Mal de Alzheimer pode ser detectado 20 anos antes dos sintomas em exame de sangue

Publicado

em

Pesquisadores desenvolveram um novo exame de sangue que pode detectar a doença 20 anos antes dos sintomas. O estudo foi publicado na revista científica Journal of Experimental Medicine e apresentado na Conferência Internacional da Associação de Alzheimer em Chicago.

Para ser usada clinicamente, a técnica desenvolvida precisa de mais pesquisas e testes. Mas a estimativa é de que esses exames possam estar disponíveis em até três anos.

(New York Times)

Destaque 3

Ministro do TCU entrega a Fachin lista com quase sete mil nomes com contas julgadas irregulares

Publicado

em

O ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União, entregou nesta quarta-feira (10), ao ministro Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, uma lista de pessoas que tiveram as contas julgadas irregulares. Cabe à Justiça Eleitoral declarar ou não a inelegibilidade dos possíveis candidatos das eleições.

O documento tem 6.804 nomes. O TCU fará a atualização diária dos dados até o dia 31 de dezembro. Na prática, candidatos que tenham as contas barradas pelo TCU podem ficar impedidos de continuar tentando um cargo eletivo, com base na Lei da Ficha Limpa.

Segundo a Corte, 16 pessoas que estão no exterior tiveram as contas julgadas irregulares. O tribunal divulgou também que a região Nordeste é a com o maior número de agentes públicos com as contas julgadas irregulares – foram registrados 2.710 casos. Em seguida vem o Sudeste, com 1.552 casos; o Norte, com 1.201; o Centro-Oeste, com 712; e o Sul, com 600.

Segundo a Lei de Inelegibilidades, o responsável que tiver as contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa e por decisão irrecorrível do órgão competente não pode candidatar-se a cargo eletivo nas eleições que se realizarem nos oito anos seguintes, contados a partir da data da decisão. O interessado pode concorrer apenas se essa decisão tiver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário.

De acordo com o TSE, candidatos, partidos políticos ou coligações podem utilizar as informações contidas na lista do TCU para impugnar o pedido de registro de candidatura de possíveis concorrentes no prazo de cinco dias contados da publicação do edital do pedido de registro.

Continuar lendo

Destaque 3

Jorge Viana ainda não apresentou plano de governo no site da Justiça Eleitoral

Publicado

em

O candidato do PT ao governo do estado, Jorge Viana, registrou a sua candidatura no site da Justiça Eleitoral nesta terça-feira (9). No entanto, na documentação apresentada ainda não consta o plano de governo.

Compõem a chapa majoritária da Federação Brasil da Esperança – Fé Brasil(PT/PCdoB/PV), o ex-prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, como vice, e a ex-vice-governadora Nazareth Araújo concorrendo ao Senado da República.

Jorge Viana

Aos 62 anos, Jorge Ney Viana Macedo Neves é acreano de Rio Branco, formado em Engenharia Florestal pela Universidade de Brasília (UnB). Foi prefeito de Rio Branco de 1993 a 1996; governador do estado de 1999 a 2006 e senador de 2011 a 2019.

Marcus Alexandre

O candidato a vice-governador na chapa de Jorge Viana foi o 31º prefeito de Rio Branco, no período de 1º de janeiro de 2013 a 6 de abril de 2018, quando renunciou para disputar as eleições ao governo em outubro do mesmo ano. Chegou ao Acre em 1999, onde já assumiu diversos cargos do poder público, com destaque para a direção-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre (Deracre) de 2007 a 2012, cargo que lhe deu notabilidade para se eleger prefeito.

Nazareth Araújo

A filha do primeiro governador eleito do Acre, José Augusto de Araújo, ainda não registrou a sua candidatura ao Senado no site da Justiça Eleitoral. Aos 55 anos, ela procuradora-geral do Acre no período de 2007 a 2010, foi subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil do Acre entre 2011 e 2014, e foi eleita vice-governadora do Acre na chapa encabeçada por Tião Viana, em 2014. Em 2018, foi suplente na chapa derrotada do então senador Jorge Viana.

O prazo para os registros de candidaturas se encerra no próximo dia 15.

Continuar lendo

Destaque 3

Após Bocalom declarar apoio à Márcia, Mãe de Gladson diz que prefeito “é um revoltado”

Publicado

em

A mãe do governador Gladson Cameli, Linda Cameli, conhecida por ser ativa nas redes sociais e não economizar na defesa do filho, fez mais um comentário que gerou repercussão. Ao comentar nesta terça-feira, 9, no Instagram do ac24horas a matéria onde o prefeito Tião Bocalom declarou apoio à candidatura de Márcia Bittar (PL) ao Senado da República, dona Linda afirmou que o prefeito da capital acreana não merece nem resposta e é um revoltado.

A relação entre Gladson e Bocalom se tornou estremecida desde a campanha das últimas eleições municipais, quando o atual governador fez uma aliança com a então candidata Socorro Neri e não apoiou o atual prefeito, que é de seu mesmo partido. Depois disso, os dois já protagonizaram alguns episódios que evidenciam que as mágoas não foram superadas, com destaque para a visita do presidente Jair Bolsonaro ao Acre em maio deste ano quando Gladson tornou pública a reclamação de Bocalom de que a “turma” do governo seria a responsável pelas vaias durante a solenidade.

Continuar lendo

Destaque 3

Candidata a vice de Gladson, senadora Mailza declara ter apenas R$ 11 mil em bens

Publicado

em

A senadora Mailza Gomes (Progressistas), que concorre às eleições de 2022 como vice-governador de Gladson Cameli, declarou ao Tribunal Superior Eleitoral ter apenas R$ 11 mil em bens. A informação consta no Portal DivulgaCand, que mostra os registros oficiais e contas eleitorais das eleições de 2022.

De acordo com a declaração de bens, a candidata a vice na chapa Progressista de um ativo financeiro no valor de R$ 8.248,81 e um veículo automotor no valor de R$ 3 mil.

Na eleição de 2014, quando concorreu como primeira suplente de Gladson Cameli ao senado, Mailza declarou não ter nenhum bem. Ela assumiu o cargo de senadora da república logo após Cameli assumir a cadeira de governador em 2019.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!