Conecte-se agora

Covid-19 volta a acelerar em Xapuri e Secretaria de Saúde promete endurecer medidas

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde de Xapuri (Semusa) anunciou na noite desta terça-feira, 28, que vai tomar medidas mais rígidas contra a disseminação do novo coronavírus no município. No entanto, não foram explicadas quais as ações que serão efetivamente adotadas.

A informação foi dada em pronunciamento feito em vídeo publicado na página da prefeitura no Facebook pelo titular da pasta municipal da Saúde, Wagner Soares Menezes, ao atualizar o Boletim Municipal da Covid-19 com o acréscimo de 18 novos casos positivos depois de 10 registros ocorridos no dia anterior.

“Nós temos uma observação a fazer para a população. Muitas pessoas já não estão mais tendo os cuidados devidos que foram tidos dias atrás, nós estamos observando isso. Muitas pessoas estão saindo nas ruas sem máscara, o que é proibido, então a secretaria vai fazer uma atuação mais dura”, disse.

Com os novos diagnósticos, Xapuri chegou a 421 casos confirmados de covid-19, com 17 exames em análise, 407 pessoas sob monitoramento, 292 altas médicas, 2 internações e 5 óbitos registrados desde o dia 27 de abril, marco inicial da pandemia no município.

O ac24horas apurou que uma das prováveis ações da Semusa diante da instabilidade da curva de contágios é a de pôr em prática uma medida que, por enquanto, está apenas no decreto: a aplicação de multas contra pessoas que insistem em desrespeitar as normas estabelecidas pela saúde municipal.

Curva de contágios

A respeito da oscilação de casos que vem ocorrendo em Xapuri desde a metade do mês de junho, o enfermeiro Francisco Andrade, coordenador da equipe de enfrentamento à pandemia no município, disse que uma das razões é a quantidade de testes que vem sendo realizada até agora.

“Estamos testando muito, ainda não enfrentamos a falta de testes. Já fizemos mais de 900 testes e dificilmente alguém sai da unidade sem ser testado. Até alertei a Secretaria sobre pessoas de outras cidades buscando atendimento aqui, alegando facilidade”, explicou.

Atendimento na zona rural

O funcionamento de duas unidades de saúde na zona rural de Xapuri, localizadas no Assentamento Tupá e no seringal Cachoeira, é uma esperança de que a demanda sobre a unidade de referência Félix Bestene Neto seja desafogada. Contudo, a Secretaria de Saúde ainda não confirmou se essas equipes farão atendimento para covid-19.

Para o fortalecimento dessas unidades do interior, a prefeitura convocou recentemente 3 enfermeiras e 3 técnicas em enfermagem. As profissionais foram aprovadas em concurso público realizado em 2018, destinado a selecionar candidatos para assumir vagas efetivas na área de saúde do município.

Outros 6 profissionais foram aprovados em processo simplificado na área de apoio – 3 agentes de portaria e 3 auxiliares de serviços gerais. Para a área médica, o município abriu vagas para três clínicos gerais, mas o primeiro prazo de inscrições venceu sem que surgisse candidatos interessados. O certame foi prorrogado.

Até a última atualização do Boletim Municipal, 26 localidades rurais de Xapuri tinham casos registrados de coronavírus, com um total de 77 pessoas infectadas. Dos 18 casos confirmados nesta terça-feira, 3 são trabalhadores rurais.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas