Conecte-se agora

Senador Jorge Viana é vítima de fake news que tenta colocá-lo contra os pobres; assista

Publicado

em

O senador Jorge Viana, candidato à reeleição pelo PT, vem sendo um dos políticos mais bombardeado pelas fake news no período eleitoral. Do início até a última semana de campanha eleitoral, Viana foi vítima de vídeos editados com frases de seus pronunciamentos e montagens fotográficas criadas para tentar influenciar o eleitor na hora de comparecer a urna para depositar o seu voto.

Um exemplo clássico que pode ser configurado como uma fake news foi a montagem de um vídeo de um pronunciamento de Jorge Viana onde ele faz uma fala destacando a intolerância de quem ele classifica como a elite brasileira com o pobre que nos governos petistas passou a ter maior poder aquisitivo e conseguiu finalmente comprar um veículo para dividir as ruas com os ricos brasileiros.

A parte inicial do pronunciamento que foi feito na tribuna do Senado é suprimida e fica como se Jorge Viana estivesse falando que ele seria intolerante com os pobres. O petista acredita que um vídeo desta natureza, em reta final de campanha, pode influenciar negativamente e até fazer com que os eleitores mudem o voto acreditando que a fala falseada pela montagem seja verdadeira.

Apesar do esforço da Justiça para combater a prática das fake news, a internet continua um território sem lei. As notícias falsas se multiplicam numa velocidade que se torna quase impossível combate-las. A reportagem disponibiliza o vídeo original e falso da fala de Jorge Viana, como exemplo do que pessoas mal intencionada podem fazer para tentar influenciar no resultado das eleições

Abaixo, o vídeo original e em seguida a edição que virou fake news:

[videopress OcnXN9aH]

[videopress 0H1zpT9E]

Acre 01

Gravando, Petecão alfineta: “eleição vai passar e não vai ter ninguém para disputar comigo”

Publicado

em

O candidato ao governo do Acre, Sérgio Petecão (PSD), anunciou nesta quinta-feira (4), em suas redes sociais, que mais da metade dos programas de televisão para o horário eleitoral de sua campanha já estão finalizados.

Petecão foi o primeiro candidato ao governo do Acre a formalizar uma aliança, finalizar o plano de governo e realizar a convenção partidária para as eleições de 2022. “Enquanto eles são incapazes de montar uma chapa, nós já estamos trabalhando a todo o vapor. Do jeito que está, a eleição vai passar e não vai ter ninguém para disputar comigo”, disse o candidato.

O plano de governo proposto por Sérgio Petecão foi entregue no último dia 2 de agosto ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), em um ato simbólico que contou a presença de seu candidato a vice-governador, João Tota Filho (PSD), da equipe que elaborou o plano, além de apoiadores da coligação “Com a Força do Povo”.

Em suas redes sociais, o candidato disse: “conseguimos antecipar tudo o que planejamos. O meu sentimento é de gratidão e estou muito feliz por termos avançado. 55% dos nossos programas de televisão já estão prontos. Isso significa dizer que já estamos na metade do caminho”, disse Sérgio Petecão.

Continuar lendo

Acre 01

Governador recebe representantes da indústria e comércio para debater retomada econômica

Publicado

em

Em agenda institucional, o governador Gladson Cameli recebeu na tarde desta quinta-feira, 4, a visita de representantes da indústria e do comércio acreano.

Durante o encontro, Cameli discutiu propostas para o desenvolvimento econômico do Acre, e para a superação dos desafios impostos pela pandemia há dois anos.

“O Estado precisa das federações para o desenvolvimento. São entidades que desempenham o seu papel institucional e buscam modernizar o Acre”, frisou o governador.

Na oportunidade, os representantes agradeceram ao Estado pelos investimentos nos setores industrial e empresarial, que geram oportunidades, empregos e fomentam a economia.

“A Expoacre este ano foi um exemplo, o Estado criou um ambiente propício para negócios e empreendimentos. Os shows movimentaram bastante a feira, e o setor produtivo de comércio, bens e serviços vai receber um bom volume financeiro”, explicou Leandro Domingos, presidente da Fecomércio.

Ciente do papel institucional do Poder Executivo, o governador afirma que a parceria com o setor empresarial é essencial para a geração de empregos.

“Estamos aqui para discutir a economia, é necessário trabalhar em prol das pessoas. A pandemia gerou um grande déficit ao nosso estado, e agora precisamos retomar as nossas atividades”, afirmou Gladson Cameli.

Participaram do encontro os representantes acreanos da Federação da Indústria, da Fecomércio, da Federação da Agricultura, da Federação das Associações Comerciais e Empresariais, da Associação Comercial, Industrial, de Serviço e Agrícola, da Associação dos Distribuidores e Atacadistas, do Sebrae, da Associação Brasileira de Hotéis, do Sindicato de Indústrias de Pavimentações e Estradas, do Sindicato das Indústrias de Sorvetes, do Sindicato das Indústrias de Cerâmicas, das Indústrias Gráficas, das Indústrias de Climatização, do Sindicato de Bares e Restaurantes, do Sindicato das Indústrias Moveleiras, do Sindicato das Indústrias de Confecções, do Sindicato das Empresas de Transportes, da Associação de Supermercados, bem como Assubanipal Mesquita, titular da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), e Edivan Azevedo, titular da Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (Sepa).

Continuar lendo

Acre 01

Blogueira se pronuncia após vídeo com suposto “loló”: “vítima de sociedade machista”

Publicado

em

Em publicação feita nas redes sociais, a digital influencer Ludmila Cavalcante comentou os últimos fatos envolvendo seu nome em relação a um vídeo em que aparece fazendo gestos de suposto uso de “loló”, entorpecente a base de clorofórmio e éter, conhecido também como lança perfume.

A blogueira cita violência contra a mulher e afirma que há três anos vem sendo perseguida por uma “sociedade machista”, indagando se caso a situação tivesse ocorrido com um homem, teria sido amplamente repercutida como foi com ela.

“Se fosse um homem, teria tido a mesma repercussão? Ele teria sofrido ameaça de morte ou até mesmo perdido trabalho?”, questiona.

Cavalcante ainda pergunta quais os objetivos do acontecimento, e diz que além de servirem para causar danos psicólogos e moral, também teria sido um ação desesperada de seu ex-companheiro, a qual trava uma batalha judicial.

“Foi apenas mais um ato narcisista do ex, querendo juntar provas em um processo violento que dura mais de um ano. E eu juntei documentos gravíssimos recentemente, mas ele não tem como se defender de um fato provado, que inclusive tem ameaça de morte no meio”, explicou.

VEJA O VÍDEO:

Continuar lendo

Acre 01

Jenilson terá candidatura isolada ao Senado após romper com o PT e não firmar com MDB

Publicado

em

O deputado Jenilson Leite (PSB) deverá participar da convenção de seu partido na próxima sexta-feira, 5, em Rio Branco, apenas com apoio do presidente da sigla e ex-deputado federal César Messias. Leite, que vinha nos últimos meses se articulando para ser candidato ao governo na Federação, formação política composta por PT, PV e PCdoB, nas últimas semanas acabou rompendo com o Partido dos Trabalhadores e se lançando pré-candidato ao senado, contrariando as articulações do senador Jorge Viana (PT), que até então não havia decidido disputar a cadeira de governador ou do senado.

Com o movimento de Jenilson, Viana foi obrigado a se antecipar e se lançar oficialmente pré-candidato à disputa do senado federal. Com isso, a Federação ficou sem candidato ao governo. Desde então o deputado mantinha conversas com o MDB do deputado federal Flaviano Melo, com objetivo de compor a chapa formada por Mara Rocha ao governo e provavelmente Fernando Zamora a vice.

Porém, nesta quarta-feira, 3, o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, afirmou ao jornalista Luis Carlos Moreia Jorge, do Blog do Crica, que o MDB decidiu recompor novamente com a família Bittar e que a professora Márcia Bittar, ex-esposa do senador licenciado Márcio Bittar, será candidata ao senado federal pela chapa, com a possibilidade até mesmo, dependendo da conjuntura, de ser a vice. O anúncio deverá ser confirmado em entrevista coletiva na quinta-feira, 4, um dia antes das convenções partidárias.

Com o MDB fechado com os Bittar, Jenilson deverá ter uma candidatura isolada ao senado, sem mesmo candidato ao governo. Procurado pelo ac24horas, o pré-candidato ao senado minimiza a movimentação do MDB. “Eu apenas fui convidado pelo Flaviano para conversar, nunca houve um aprofundamento sobre participar da chapa”, frisou o deputado.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!