Conecte-se agora

Operaçao contra pirangueiros prendeu sargento da PM e até funcionária do Detran

Publicado

em

Jairo Barbosa – jbjurua@gmail.com

Não houve corporativismo. Os agentes de trânsito cumpriram à risca o que determina a legislação  e retiraram das ruas da capital setenta e seis veículos, entre carros e motos, que faziam o transporte clandestino de passageiros na capital do Acre.

No final da tarde desta sexta feira (1), o delegado Robert Alencar, da delegacia itinerante divulgou um balanço extra oficial da operação “Cumprido a Lei II”, e revelou que foram cerca de setenta e seis veículos apreendidos no poder de pessoas que transportavam ilegalmente passageiros.

A operação foi o resultado de uma investigação de mapeamento de áreas e identificação de veículos, que levou tres meses para ser concluído. Desta vez, a polícia possuía fotografias e vídeos onde aparecia a maioria dos carros e motos apreendidos, transportando passageiros dos bairros para o centro da cidade.

Só na região da Sobral, dezoito motocicletas foram apreendidas. Uma delas, pertence a uma funcionária do Detran/AC, e estava sendo usada na clandestinidade para o transporte de passageiros. A policia também flagrou um sargento da  reserva da Polícia Militar dirigindo um carro e cobrando R$ 2,50 por cada pessoa transportada.

Durante todo o dia, os detidos tiveram que prestar depoimento na delegacia onde foram autuados por exercício ilegal da profissão, tiveram os veículos apreendidos e irão responder a procedimento judicial, tendo ainda que pagar uma pesada multa para reaver o bem.

O delegado Robert Alencar disse que a fiscalização contra o transporte clandestino vai continuar e que o mapeamento de áreas onde atuam os pirangueiros também será intensificado.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas